Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

O episódio 3 foi um tédio só. Quero dizer, foi metade do episódio com a Rin explicando pro Shirou o que significa participar da guerra pelo Santo Graal. Quem vencer tem o direito de fazer um pedido para ser atendido pelo poder infinito do cálice sagrado. Que são sete mestres e só um pode vencer no final, e que os servos são ferramentas para isso. São os servos que pegam o Graal, já que ambos têm natureza espiritual, mas é mais fácil derrotar os mestres porque os servos são fortes pra caramba. E que enquanto um mestre tiver selos de comando ele pode arranjar novos servos, caso sei lá, perca o seu ou se canse dele, eu acho, o que é mais razão ainda para matar os mestres. A outra metade do episódio eles gastam na igreja, onde o Kirei explica tudo isso pro Shirou de novo. Eles dão tanta ênfase na questão de ser mais fácil matar mestres do que servos e o Shirou é tão contra isso que se eu não soubesse melhor, teria certeza que andarão por aí matando mestres. O episódio 4 não foi muito cheio de eventos também, mas foi mais divertido.

Ler o artigo →