Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Sim, eu sou cretino, por isso o título idiota. E sim, eu não gosto de Monster Musume, mas eu reconheço um episódio decente quando eu vejo um. Mas veja bem: eu disse decente, não bom. Enfim, alguém está ameaçando o Kimihito (em um episódio decente ele até merece ser chamado pelo nome) caso ele atreva-se a casar com uma das garotas. Qualquer uma das cinco que ele tem em sua coleção (e aposto que vai aumentar). Foi um episódio inteiro sobre um só tema, o que vinha fazendo falta em Monster Musume, e nem por isso ficaram repetindo a mesma coisa o tempo todo. Bom, basicamente ficaram repetindo uma coisa em metade do episódio e na outra começaram outra que não se repetiu ainda por falta de tempo, mas irá se repetir no próximo. De todo modo, foi divertido. E a Suu continua sendo a melhor.

Curta o anime21 no facebook:

Foi por causa da ameaça que a Smith convidou o Kimihito para um “encontro”. Não era um encontro, naturalmente, embora se parecesse muito com um e ela não tenha se importado em contar isso para ninguém. Isso fez todo o harém (exceto a Rachnera) persegui-los por aí. É o clichê de perseguição a casal durante encontro comum em comédias românticas e em haréns, mas com monstros, o que trouxe diversão extra com suas peculiaridades. Para não serem descobertas elas precisam da ajuda da Suu, a limo metamorfa, e se as ideias de perseguição e disfarce já são ruins por natureza, a Suu consegue tornar as situações ainda mais hilárias. No final todas acabam exaustas e são descobertas, e só então Smith se dá ao trabalho de contar o que está acontecendo: enviaram uma carta ameaçando Kimihito caso ele se case com alguma de suas, er, “beldades”. Tem gosto pra tudo né?

Quem poderia reconhecê-las em disfarces tão perfeitos?

Quem poderia reconhecê-las em disfarces tão perfeitos?

Mas qual o problema, afinal? Ele não vai se casar com as cinco (certeza que não casa com nenhuma aliás, mas digamos que se casasse), apenas com uma. Se a alma sebosa que enviou a carta estiver preocupado com uma delas em particular, bastaria apontar isso, não é? Eu por exemplo estou inclinado a enviar uma carta em tom bastante grave alertando-o do que pode lhe acontecer caso se atreva a molhar suas partes pudentas com o líquido gosmento e puro da Suu. Entende o ponto? Quem é que está com ciúmes de todas as cinco ao mesmo tempo? Alguém quer ocupar exatamente o lugar do Kimihito nesse harém? É alguém que não tem assistido o anime, ou então é um masoquista ou suicida. Ou … é justamente do Kimihito que estão com ciúme! Bela jogada, Monster Musume! Quero dizer, eu sei que no fim isso só vai significar mais uma garota monstro no harém, mas é uma introdução muito melhor do que trombar com uma garotinha perdida no parque, ser atropelado por um cavalo ou por uma cadeira de rodas descontrolada, ou sequestrado por uma aranha gigante. Enfim, é bem melhor do que tudo o que já aconteceu até agora.

Com o primeiro plano da Smith fracassado, ela inicia um segundo plano (e que envolve menos a presença dela, que é notória por não gostar tanto assim de trabalhar): as garotas teriam encontros com o Kimihito, uma a uma, para tentar atrair o autor misterioso da carta, enquanto uma das garotas da equipe da Smith observa e protege à distância. E assim Kimihito sai em um encontro com Miia … e Mero. Porque supostamente não tem problema nenhum, a Mero só quer ser amante e apoia a Miia até o fim, então que problema tem, não é? Eu consigo ver vários, mas elas são monstros, elas que se entendam.

A Miia ainda está na frente

A Miia ainda está na frente

E não se entenderam tão bem assim. Eles acabaram indo no fim das contas a um aquário onde, adivinhe só, Mero era famosa. Ela conhecia todo mundo, todo mundo conhecia ela, ela até conseguiu entradas VIP para Kimihito e Miia e foi lá fazer as coisas de sereia em parque aquático dela, deixando o casal sozinho para se divertir. Miia até achou que isso seria bom, mas a Mero participou de espetáculos com golfilhos (porque não, né?) e o Kimihito pareceu incomodamente fascinado para o gosto da lamia, que saiu andando sozinha por aí por causa disso. Quando está sozinha ela é abordada por um homem-lagarto, e é nesse momento que o anime lança a hipótese da ameaça ser para as garotas, não para o Kimihito, o que foi um timing perfeito, impressionante mesmo para Monster Musume. Não que fosse impossível alguém pensar nisso antes, mas não houve muito tempo, e piadas em sequência (embora a maioria mal consiga arrancar um sorriso torto) lembram constantemente que esse é um anime de comédia, que não se pode levar a sério, induzindo ao desligamento do cérebro. Até escolheram a mais retardada das garotas da Smith para servir de guarda-costas, a ogra cujo nome não me lembro.

E o homem-lagarto na verdade era um dragonete. E queria a Miia só para ele, porque danem-se os humanos. E na verdade era uma garota! Que ouviu palavras bonitas e fugiu voando para de onde quer que ela tenha vindo. O mistério do autor da carta continua, mas Kimihito está perto de conquistar sua primeira tsunderê. Nenhum harém está completo sem uma tsunderê.

Ela gostou de golfinhos

Ela gostou de golfinhos

    • Fábio
      Fábio "Mexicano" Godoy

      Eu não odeio nada não, eu me divirto de um jeito ou de outro =)

      Ria com o episódio, assista de novo, vale mais do que se importar com a cabeça dos outros. Você gostar de Monster Musume não me ofende, não sei porque se incomoda que eu não goste.

Comentários