Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

De que adianta tanta parceria se não faço nada que preste? Aí chegam os novos leitores através dos parceiros e o que veem aqui? Um monte de nada. Bom, nada não é; o Anime21 já tem mais de 700 artigos, né? Mas o último foi três dias antes desse. Dois dias sem publicar nada. Dois dias em que um blog que se gaba de publicar novos artigos todos os dias passou em branco. Tá tudo errado aí.

Agora escrevo sobre BokuMachi 6 e já saiu o 7, olha só o prêmio pela desídia. Mas há um lado positivo nesse caso particular: pude pensar mais sobre o episódio, repensar mesmo algumas coisas, e acredito que como resultado o artigo de hoje está melhor do que poderia ter sido alguns dias atrás. Façamos assim: você lê e depois escreve nos comentários se ficou bom, ok?

Curta o anime21 no facebook:

Antes dos aspectos mais objetivos, tenho um mais ou menos subjetivo. Digo mais ou menos porque ele é objetivo também, mas para mim tem grande importância, ahn, emocional, na falta de termo melhor. Há um assassino só ou um grupo (não importa se grupo de assassinos ou grupo que apoia o assassino)? O assassino possui algum poder especial como o protagonista ou não? Uma história mais fria, objetiva, lógica mesmo, provavelmente teria ou um assassino com super-poderes ou um grupo de assassinos (ou ambos). Na versão mais romântica o cara é apenas bom demais e louco de pedra, sem poder nenhum e solitário enquanto manipula dezenas de pessoas pelo prazer perverso de matar menininhas. Talvez possua até alguma conexão com o herói.

Eu prefiro a opção romântica. Contar isso é importante porque, na dúvida, minhas análises tenderão a favorecer esse conjunto de hipóteses, e quero que você, meu leitor, saiba disso. Meu coração só está preparado para um assassino super-poderoso se ele for solitário e for um dos amigos do Satoru – imagina que louco? Creio que nesse caso só possa ser o Kenya, mas veremos. Mesmo assim acho que ter mais pessoas com super-poderes super-complica a história para um ganho super-pequeno. Prefiro sem. Agora sim, esse episódio.

A família da Airi não confia nela; em parte, precisam fazer isso para a polícia livrar a barra da garota

A família da Airi não confia nela; em parte, precisam fazer isso para a polícia livrar a barra da garota

A mãe da Airi enganou a própria filha que ela levasse a polícia até o Satoru, não foi? Com isso afastou a possibilidade dela ser acusada de cúmplice dele (coisa que a garota muito perspicaz já desconfiava). Ela não é notória por confiar nas pessoas e gostar de rumores na família de todo modo, não é? A Airi no mínimo foi inocente ao confiar nela. Mesmo assim é lógico que seria uma operação perigosa para ela simplesmente concordar em expôr a filha. Alguém com lábia foi necessário, e bem se sabe que o assassino é esse tipo de pessoa. Seu envolvimento provavelmente é denunciado por sua presença na cena da prisão do Satoru.

Estou errado ou o nome do professor nunca foi dito no anime? O MyAnimeList tem o nome dele mas o site é de edição coletiva e provavelmente alguém achou que, já que o nome foi revelado no mangá, dane-se quem está acompanhando apenas pelo anime. No Anime News Network o mesmo personagem aparece com nome diferente. No site oficial está o mesmo do MAL, então ele é o correto, mas há material de divulgação anterior à estreia do anime, oficial também, com o outro nome. Os dois são até sonoramente semelhantes (Gaku Yashiro – o correto – e Manabu Yatsushiro). É o caso de não descartar confusões causadas por informação divulgada de forma propositalmente ambígua (é um suspense afinal). Talvez a escrita divulgada permita as duas leituras mas apenas uma é a correta (é um nome)?

Bom, esse cara todo mundo sabe que é culpado. A pergunta correta não é “se”, mas “por quê” e “como”. Por que ele mata crianças? E como? Será que há um método específico ou o importante é matar, cada uma é de um jeito? Tendo a acreditar nisso, porque facilita suas fugas (seria difícil encobrir o fato de que assassinatos distantes no tempo e no espaço estivessem conectados se ele sempre usasse o mesmo método) e facilita culpar terceiros. Aliás: ele faz questão de culpar terceiros, me parece. Talvez não seja o caso dele encontrar prazer no assassinato em si, mas em condenar um inocente por ter tentado ser bondoso? Todos os condenados conhecidos se enquadram nessas categorias – ou são vítimas colaterais de outros crimes, como parece que seria o destino da Airi.

Uma lista inútil de suspeitos no meio de um monte de anotações inúteis

O último suspeito do episódio é Sawada, o repórter. Sim, o assassino é tão incrível que percebeu e reconheceu a mãe do Satoru, e percebeu ainda que ela havia desconfiado dele. Mesmo assim não dá para ignorar que ela foi morta (pelo assassino sim, o tal do Nishizono, o professor – só pode ser ele) após ligar para o Sawada e falado que sabia quem era o assassino. O mesmo Sawada também cobriu de perto o caso da Hinazuki. Eu não vou aqui dizer que o Sawada é culpado e aliado do assassino (até porque prefiro um solo, lembra?), mas essa história faria um bocado de sentido. Se ele passou tantos anos atrás de um assassino fantasma como é que não tem nada realmente útil para o Satoru em seu computador? A única coisa que conseguiu descobrir nesse tempo todo é, convenientemente, o que o Satoru já sabe? Eu diria que ele mandar o Satoru vasculhar seu computador foi uma excelente tática de diversão para garantir que ele ficaria ali dentro por um bom tempo. Lógico que ele próprio não poderia fazer nada nem faria sentido o assassino atacar o Satoru, mas se ainda não tinham todo o plano definido para pegar o Satoru, esse tempo foi crucial. Mas exceto por uma cara meio vilânica em uma cena, nada no Sawada (exceto circunstâncias) o faz parecer culpado, então vou deixar por isso mesmo por enquanto.

Isso é um pouco suspeito, não é?

Isso é um pouco suspeito, não é?

  1. Recebi um spoiler desgraçado a troco de nada,agora já sei quem é o assassino e o que vai acontecer .Demorei a ver o episodio pela raiva do spoiler recebido Mesmo assim continuo acompanhando e fico surpresa que mesmo que minha teoria de efeito borboleta esteja correta ,não deixou o anime menos interessante.Ainda é muito gostoso de acompanhar e sempre quando acaba naqueles momentos angustiantes fico ansiosa pelo próximo.

    • Fábio
      Fábio "Mexicano" Godoy

      Mexer com o tempo sempre tem consequências, né? E spoilers sempre incomodam demais em suspenses. Obrigado pelo comentário, pela visita, e agora já vai me fazer obrigatoriamente pensar em “efeito borboleta”, hehe

Comentários