Angelo sem máscaras

Que o título do anime teria relação com a duração da história dentro do universo, isso era previsível. O que eu não esperava é que houvesse uma razão objetiva para isso. Quero dizer, a vingança poderia apenas, por acaso, calhar de demorar 91 dias. Mas o que vai acontecer em 91 dias é outra coisa e aponta para um final grandioso para o anime: é quando ficará pronto o teatro que a família Vanetti está construindo.

E nesse episódio fiquei um pouco confuso com a localização geográfica de Lawless, já que Chicago é citada, mas isso é inconsequente para a história. Angelo (chamarei-o em meus artigos de Angelo, seu nome de batismo, ao invés de Avilo, seu disfarce) mostrou que é sim tão inteligente e frio quanto já havia ficado implícito no primeiro episódio mas mostrou também que é inexperiente e nesse sentido, inocente. Quero dizer, você assistiu os créditos e sabe do que estou falando, não sabe? Senão assistiu, pare de pular créditos. Que mania feia a sua! Vá lá, assista, e depois venha ler esse artigo!

Caro leitor, aqui sou eu, Fábio Mexicano Godoy, e nessa temporada irei cobrir 91 Days!

Curta o anime21 no facebook:

Acho que esse anime vai ter muitos personagens e vai matar todos ou quase todos eles, então vou ter uma sessão obituário nos artigos de 91 Days. Começando agora:

Obituário do episódio 1:

Arturo Tronco (família Vanneti)
Vanno Clemente (família Vanetti)
Serpente (família Orco)

A cara incrédula de Vanno quando descobriu quem era Angelo

A cara incrédula de Vanno quando descobriu quem era Angelo

O que foi aquele final hein? Durante o episódio inteiro eu achei que o Angelo estivesse agindo apenas para ganhar a confiança da família Vanetti e, bem, ele estava fazendo isso mesmo, mas eu achei que ele fosse querer ganhar mais confiança antes de agir. Que nada. Vanno descobriu do pior jeito possível que o Angelo está com sangue nos olhos e vai matar quem ele achar que deve na primeira oportunidade que tiver. É até curioso o efeito que isso causa, porque afinal de contas o Angelo está se vingando de assassinos de mulheres e crianças, mas o Vanno que conheci nesse episódio não parecia uma pessoa horrível. Na mesma nota, o Nero também não parece má pessoa. Em todo caso, eles não parecem más pessoas para mafiosos, claro.

Essa é a cara dos "vilões" de 91 Days

Essa é a cara dos “vilões” de 91 Days

Nesse segundo episódio, como no primeiro, os Orcos pareceram bem piores. Serpente degolou o pobre Arturo, mero motorista, garoto sonhador que queria apenas ter um carrão, e ainda limpou a faca na roupa do cadáver como a demonstrar seu total desprezo pela vida humana. E mais tarde no episódio descobrimos que ele trabalha para ninguém menos do que Fango, o louco que já havia agido fora das regras (mesmo as regras da máfia) e aberto fogo dentro de uma zona supostamente segura. Aquele Fango que pretendia matar todo mundo dentro do bar enquanto procurava por uma única pessoa. Em contraste com Fango e Serpente, Vanno parece a melhor pessoa do mundo.

O Vanno tinha pavio curto mas ao mesmo tempo era alguém que se importa com seus subordinados e companheiros, e que é rápido para ajudar um deles que esteja em situação de perigo – mesmo que seja o Angelo que ainda nem entrou para a família, é apenas um vendedor de bebida que ele acabou de conhecer. Além disso, ele se importa com uma garota forçada a casar por motivos políticos contra sua própria vontade. Será que ele gostava da Fio? Talvez. Mas talvez se considerasse apenas um irmão mais velho – famílias grandes, principalmente quando não são necessariamente de sangue, têm relacionamentos complicados assim. De todo modo não importa, ele está morto e seu comportamento não foi suficiente para decidir se gostava ou não da filha da família principal. O fato é: por esse episódio sozinho, pela construção de personalidade que o Vanno teve, não dá para desgostar dele. E no entanto ele morreu. Foi assassinado por Angelo por ter participado da chacina da família Lagusa, a sua família.

E o Nero então, como não gostar daquele sujeito sempre alegre, também sempre preocupado com sua família (ele se opôs ao próprio pai nesse episódio), e que acolheu o protagonista de braços abertos? No entanto, junto com seu pai Vincent e Vanno, ele matou à sangue frio a família de Angelo. É bom colocar esse assassinato em perspectiva, não é? Vincent não foi à casa de Testa no primeiro episódio para matá-lo, mas sim em busca do livro de registros de qualquer que fosse a família que então mandava no pedaço e da qual os dois faziam parte. Algo aconteceu e Vincent assumiu o controle dela, Testa tentou matá-lo e acabou morto. Depois disso foi dada a ordem de eliminar o resto da família – para evitar testemunhas e possíveis futuras vinganças. Se Testa tivesse colaborado tudo poderia ter sido diferente? Talvez. Ou talvez Testa estivesse envolvido em sei lá o quê que levou Vincent a dar o golpe na família em primeiro lugar, e por isso colaborar não era uma opção. Ou alguma outra razão para a colaboração não ser possível. Aos meus olhos de espectador, muita coisa pode ter acontecido.

Mas aos olhos de Angelo, ainda criança, escondido dentro de um armário, tudo o que ele viu foi o assassinato de seu pai, sua mãe e seu irmão mais novo. É compreensível que ele busque vingança. A surpresa foi ele tê-lo feito tão rápido e de forma tão descuidada: ele pensou em tudo cuidadosamente, fez Vanno matar Serpente em um local ermo e em seguida o matou. O problema é que por inexperiência ele esqueceu do básico: verificar se Serpente estava realmente morto. Quando ele retorna ao local dos crimes com Nero, que justificadamente desconfia dele, encontram apenas o corpo de Vanno. Não há sinal do cadáver de Serpente.

Vanno mata (??) Serpente

Vanno mata (??) Serpente

Será que Vanno errou os tiros de propósito? Ou Serpente, assassino experiente que é, conseguiu enganá-lo para que de alguma forma atirasse em locais não vitais? Ou ele morreu mesmo e alguém tirou seu cadáver de lá? Talvez tenha visto o ocorrido e fez isso para chantagear Angelo depois. Em todo caso não há sequer sangue onde deveria estar o corpo de Serpente (mas até aí não há sangue em volta do corpo de Vanno também). Estou ligeiramente curioso para saber como Angelo vai escapar dessa, mas isso com certeza é o menos importante. Ele vai sobreviver.

Muita gente vai sobreviver. O teatro dos Vanneti estará lotado em 91 dias (ou menos, o tempo pode ter começado a contar quando Angelo retornou; bom, não importa). E é para esse teatro, para essa inauguração, que tudo no anime irá convergir. Prevejo um banho de sangue no final, talvez não reste família mafiosa viva. Não aposto que o Angelo vá sobreviver. É um clássico em histórias de vingança – a menos que Angelo se redima, acredito que ele irá morrer. Talvez não reste personagem nomeado vivo. Os que restarem terão muita história para contar para seus netos.

Angelo mata Vanno

Angelo mata Vanno

Gostou desse artigo? Compartilhe:

  1. Este anime só com dois episódios já me conquistou irei vê-o até ao final de certeza. Este anime se continuar assim, vai ser o seinen do ano, ele tem tudo, animação bonita de época, osts boas (melhor exemplo é a op e ed, já para não falar das músicas de época que eles colocam em acontecimentos importantes). Agora falando do episódio 2, o Angelo está sedento de sangue, em que mundo se aperta a mão a um individuo com olhos de psicopata (estou a referir-me aquela cena em que ele se apresenta ao Vanno durante o casamento), o Angelo já dava para perceber que desde de pequeno ele era frio e calculista, mas nunca pensei que ele fosse tanto. Quanto ao Vanno, quase senti pena dele quando o Angelo lhe deu um tiro e a cara dele ao saber quem era o Avilio deu até dó. Mas se reparaste o Vanno quase se descaiu quando foi encomendar a morte do Fango ao Angelo e quando Vanno lhe pergunta se ele já matou alguém ai ele ia falar alguma coisa sobre a morte da família do Ângelo mas ele arrependeu-se e calou-se. Eu acho que o Nero e o Vanno não são maus de todo, de certeza que já tinham matado pessoas, mas é a máfia, é preciso matar para se sobreviver e notou-se que o Vanno se preocupava com os seus subordinados. Agora sobre o resto do episódio, o Fango é mesmo psicopata e sádico mas consegue escapar sempre. A parte final é que me espantou, eu nunca pensei que o Angelo fosse capaz de matar, mas estava errado, ele de certeza que não matou o Fango no episódio 1 por causa do seu amigo, o Angelo quer infiltrar-se o máximo nos Vannetis para os matar a todos. E já agora o título deste artigo foi muito revelador, eu já tinha em mente que os 91 dias seriam para a conclusão do teatro e não é preciso dizer mais nada, será ai que a matança vai começar.
    Como sempre uma excelente matéria.

    • Fábio
      Fábio "Mexicano" Godoy

      Muita gente estará viva no teatro, provavelmente as pessoas mais importantes, mas no meio do caminho deve morrer muito subordinado e personagem secundário, se o ritmo desse segundo episódio for seguido.

      Sobre a máfia é isso mesmo: matar ou morrer. É lógico que o Angelo está enfurecido e tem as razões dele, mas não sabemos tudo o que aconteceu aquela noite. O que eu vi com certeza é que a matança começou depois do pai do Angelo tentar matar o Vincent, e por isso me dou a licença de desconfiar que tudo poderia ter sido diferente se ele tivesse colaborado – ou se ele não tivesse feito algo muito errado antes de chegar àquela situação para começo de conversa.

      A história é sobre a vingança do Angelo contra os Vanneti, os Orco estão aí só para apimentar a história, e até agora tem funcionado. E não deixa de existir a possibilidade da pessoa misteriosa que enviou a carta para o Angelo ser um Orco.

      • Aquilo que eu percebi no primeiro episódio, o pai do Nero, Nero e Vanno entregaram o boss para as autoridades ou coisa do género e foram ter com o pai do Ângelo por causa de um livro com segredos, estava na cara que ia haver mortes, a máfia não costuma deixar testemunhas, eu acho que mesmo que o pai do Angelo tivesse colaborado ia morrer na mesma. Agora que falas da pessoa misteriosa que mandou a carta ao Angelo também me deixou desconfiado. Eu só sei que o Angelo ainda vai matar muita gente até ao final do anime.

      • Fábio
        Fábio "Mexicano" Godoy

        Sim, talvez o Testa (e sua família) morresse do mesmo jeito. Mas até agora isso é especulação, não sabemos o que aconteceu de verdade.

      • A Opening é um pouco reveladora sobre isso, o Angelo aparece um monte de vezes ao pé do Nero talvez a morte da família dele não tenha sido como ele pensava.

      • Fábio
        Fábio "Mexicano" Godoy

        É uma opening muito bonita. E com várias cenas do próprio anime, inclusive de coisas que devem aparecer bem para frente, o que indica que a animação deve manter um nível elevado de qualidade até o final, se eles já têm cenas tão avançadas assim animadas.

      • Eu nem conhecia o estúdio que está a fazer este anime, mas admito que está a fazer um excelente trabalho. É umas da melhores openings desta temporada e espero que o estúdio mantenha a qualidade até ao final como tu bem referiste. Só sei que lá mais para a frente vai ser só tiroteios, com a famosas Tommy guns, colts 1911, smith and wesson, muitas mortes, este anime faz-me lembrar muito das minhas aulas de História sobre a lei Seca nos E.U.A com o Al Capone e o resto da máfia.

      • Fábio
        Fábio "Mexicano" Godoy

        É um estúdio pequeno que até onde eu sei só fez Durarara e Baccano até hoje – duas obras de um mesmo autor, aliás.

        E se está gostando de 91 Days, assista Baccano. Se passa na mesma época, também tem toneladas de personagens e máfia e tiroteios – e vampiros, mas funciona mesmo assim.

      • Eu já comecei a ver baccano e gostei está muito bem feito, para uma anime de oito anos atrás, tudo o que tenha a ver com máfia eu gosto de ver.

  2. Muito boa a análise, me surpreendo o jeito como consegues lembrar e assimilar os nomes enquanto eu tenho dificuldade para lembrar até o nome do protagonista rsrsrs.
    Esse anime promete, é claro que não vou ficar extremamente otimista pois muitos animes tiveram final decepcionante mesmo tendo um boa quantia de episódios bem feitos, para mim não me decepcionar eu vou ficar com um pé atras ( o que sinceramente é algo básico na hora de ver um anime).
    Angelo está sendo bem trabalhado, é o protagonista mas mesmo assim a história não aplica aqueles velhas “regrinhas” de fazer o protagonista ganhar de tudo, mesmo com dificuldade e inexperiência apenas para mostrar o seu “talento nato/protagonismo”. A história está seguindo mais a lógica de se o cara é inexperiência ele vai ter seus problemas (como foi o caso da tentativa de assassinato durante o episódio).
    O final foi instigante, bem bolado por sinal.
    Algo que eu fiquei meio em dúvida foi sobre o local que passa os acontecimentos, depois de citarem Chicago acabei ficando com a possibilidade de ser o E.U.A, mas antes (talvez por falta de atenção) eu achava que era alguma cidade Italiana portuária.

    • Fábio
      Fábio "Mexicano" Godoy

      Na verdade decorei só alguns nomes, os outros eu tive que pesquisar mesmo, esse é o meu “segredo”, hahaha!!

      Mas gravar nomes e eventos, pesquisar e escrever ajuda a perceber e decorar detalhes importantes. Quanto ao meu texto em si, isso é resultado de centenas de textos de experiência, não acho que tenho nada de especial, hehe.

      E tem razão sobre sempre ser cauteloso. Pode ser uma grande bomba, não é? Avaliando pelos elementos atuais, porém, parece que vá ser muito bom. Estou contando com isso. Boa sorte para nós, não é? =)

      Obrigado pela visita e pelo comentário!

      • Opa, que nada, sua análise é bem boa, eu que agradeço ter um blog assim para me inspirar.
        Para o meu texto não ficar repetitivo com “cara” eu dou uma pesquisada no MAL, mas muitas vezes eu sei que quando eu for reler o texto não vou conseguir entender muito bem o que eu disse se eu não colocar nele uns pontos de referencia, como por exemplo : “pai dela”,”amigo do protagonista”,etc.

        Sim,boa sorte para nós :v
        O anime parece bem promissor mas nunca se sabe, vai que né XD

        Tem algum outro anime que tas vendo que apostas como um dos melhores da temporada?

        Para mim, além de 91 Days e a continuação de Re:Zero, eu acho que shokugeki e Tales podem ser bons (mesmo que o segundo anda meio parado), não vi ainda o mob psycho 100 mas ele é outro que parece ter futuro, Taboo Tatoo e Rewrite estão indo mas não saem do “divertidinho”.

      • Fábio
        Fábio "Mexicano" Godoy

        Olha, para mim a temporada está fraca, embora tenha alguns animes bons. 91 Days é um deles. Zestiria, que você também citou, é outro – embora o terceiro episódio tenha sido lerdo mesmo.

        Se você gosta de drama, minha aposta absoluta da temporada é Battery. Está muito bom, foi a melhor estreia de julho. Fora esses eu gostei muito de Amanchu, além de Berserk (apesar da animação) e Orange. Comédia nessa temporada aposto em Kono Bijutsubu.

      • (para deixar claro, eu buguei ao não ver a opção “responder” no seu último comentário e como eu não tenho pratica nesse sistema de comentários do wordpress, pois até hoje o que eu mais usei foi o disqus, eu estou respondendo por aqui, se estiver errado, bom…me desculpe rsrsrsrs)

        Eu pretendo ver esse Battery que falasse, aparenta ser promissor.
        Mas sobre essa temporada, eu acho que ela não está mal, as outras estavam bem ruins e essa tem mais títulos “assistiveis”, mas não tem muitos de grande importância também…

      • Fábio
        Fábio "Mexicano" Godoy

        Eu preciso consertar algumas coisas no tema do blog na área de comentários, hehe. Normalmente eu respondo pela interface do WordPress mesmo, aí tem possibilidade de responder infinitamente, como no Disqus, hehe. Eu já tive o Disqus mas ele deixa o blog mais lento porque precisa do próprio tempo de carga – e há relatos de vários blogueiros de que com Disqus, menos pessoas comentam. Enfim.

        Veja Battery sim =) E no geral concordo com você sobre a temporada, tem um bom número de animes razoáveis, só não tem nenhum muito incrível. Quero dizer, acho que 91 Days e Battery podem ser muito incríveis, quem sabe =)

      • É, eu já tive o disqus no meu antigo site e com o uso em outros percebi que ele deixa mais lento mesmo.

        Mas sobre o número menor de comentários acho que é o contrário O_o. Bom, eu não tenho experiência nisso mas creio que com o disqus tem mais comentários principalmente por ele ser mais pratico e ter mais funções do que o sistema basicão do wordpress. Eu até botei a opção de comentar pelo disqus lá no meu blog ( é uma gambiarra para falar a verdade já que o wordpress.com não aceita plugins hehehe) por eu gostar mais dele.
        Enfim, eu prefiro usa-lo mas dada as condições eu não posso fazer isso direito lá no meu blog.

        Mas acho que esse rende mais comentários realmente importantes , enquanto o disqus aparenta atrair mais floods e comentários inúteis, além de parecer servir mais como chat mesmo :v.

Deixe uma resposta