7-Manipuladores

Olá pessoal, aqui é o Iwan do Anime21 ressuscitando uma categoria divertida. Antes de mais nada, acho de bom tom dizer que a lista não é um top ou ranking, são meramente 7 manipuladores que se encaixam num padrão arbitrário distribuídos em uma ordem que ficou esteticamente mais bonita, se você acha que teve alguém muito manipulador que ficou de fora, comente aí em baixo. (Não, eu não li Bleach, e não, O Aizen e o Bigobach não estão aqui.)

Esse artigo logicamente contém spoilers das obras nele retratados e apesar de serem, francamente, spoilers que sob a minha ótica não vão estragar nenhuma das obras citadas, leia-os por sua conta e risco. Finalmente, farei um agradecimento especial ao Nevermind do Outskirsts Battledome Wiki que permitiu a utilização de um antigo projeto nosso como base dessa lista, o link da página central da wiki se vê acima e nela vai ter uma opção de se inscrever para receber um e-book e o projeto que serviu de base para essa lista será enviado junto dele. (Assumindo que vocês se inscrevam ainda esse mês de julho de 2016 pelo menos, no mínimo eu fortemente recomendo o e-book que deve continuar online por meses.)

Curta o anime21 no facebook:

Light Yagami, de Death Note

Light Yagami

Light Yagami

O primeiro representante dos manipuladores não podia ser outro senão esse jovem egocêntrico com complexo de deus. Light Yagami é um homem tão manipulador que não só foi capaz de brincar com os corações de uma boa parte do elenco feminino de seu universo como também chegou ao ponto de manipular a si mesmo (ou melhor dizendo, sua “versão humano normal”) em beneficio próprio quando percebeu que o jeito certinho de seu “eu normal” seria perfeito para por em cheque as teorias que L havia tecido contra ele enquanto “Kira”. Algo interessante de se observar em Light é sua capacidade de saber exatamente como criar e cultivar sua aura de aluno perfeito. Sendo um gênio em quase tudo que faz e dispondo de contatos com a polícia, Light enganou a todos de maneira magistral e foi capaz de escapar de diversas ciladas mentais de L, muitas vezes inclusive se aproveitando delas para aumentar sua credibilidade com o detetive mais famoso do mundo sempre sondando a possibilidade de dar o golpe final.

Hakumen no Mono, de Ushio To Tora

Hakumen no Mono

Hakumen no Mono

Leia nossos artigos sobre Ushio to Tora!

Fera lovecraftiana de ódio e medo, não era só por meio de seu poder que Hakumen exercia sua influência. Nascido da queda de uma estrela maligna amaldiçoada Hakumen já manipulava o destino de um certo guerreiro desde o nascimento do mesmo, lhe garantindo imortalidade e características super-humanas para que em meio a um crescimento regado a ódio e medo alheios, Hakumen pudesse despertar em sua forma plena e iniciar seu plano para espalhar o medo e destruição por sobre a humanidade. Não levou muito tempo para que Hakumen experimentasse todo tipo de método de destruição para espalhar sua influência, incluindo o lento e consistente cultivo da loucura no coração de certo rei até que seu país estivesse em frangalhos. Isso porém é francamente fichinha perto do tipo de tortura psicológica que Hakumen faz Ushio enfrentar o acuando até os verdadeiros limites da sanidade para que não o oferecesse perigo mesmo sendo o portador da Lança da Besta de todas as formas possíveis e imagináveis, ao ponto do Hakumen estar controlando o movimento de seus servos tão bem quanto controlava e monitorava o dos aliados de Ushio, para que pudesse despertar de forma avassaladora.

Black Zetsu, de Naruto

Black Zetsu

Black Zetsu

LolKishi, sério, olha o que você vai me fazer escrever! Bom isso é um grande spoiler sobre Naruto e se você realmente liga para os plot twists sem sentido do Kishimoto depois de mais de 700 episódios eu só posso dizer… parabéns você é um guerreiro porque ligar pro enredo do arco da guerra ao invés de rezar para que o suplício acabe não é pra qualquer um. Ok, de volta para o Black Zetsu… existe uma piada recorrente em Naruto (bom… acho que era pra ser sério mas lol): sempre que um vilão final, um chefão de tudo ou um manipulador master aparece, existe alguém manipulando ele por trás dos panos. O Black Zetsu é basicamente o quinto e último desses caras e portanto ficou responsável direta ou indiretamente pela manipulação dos eventos de todo o Shippuden desde antes de cronologicamente ser iniciado até a 4ª guerra mundial ninja, de todo processo da captura dos bijuus com a criação da Akatsuki até a absorção do Juubi e criação do Shinjuu que culminou no Tsukuyomi infinito que na verdade ao invés de ser o ápice do plano de Madara era o fim de seu próprio plano para despertar sua criadora, a mãe de todo o chakra, Kaguya.

Kyubey, de Puella Magi Madoka Magica

Kyubey

Kyubey

O leitor desavisado vai bater o olho e pensar: O que essa coisa fofa faz nessa lista? Bom essa “coisa fofa” é provavelmente um dos personagens mais odiados dessa lista! Kyubey representa a manipulação plena do ser na forma mais crua e pérfida que se pode imaginar, Kyubey manipula sem nem julgar que está manipulando. Essa criaturinha cujos métodos parecem até que foram tirados de uma certa tragedia alemã (sim Mephisto, estou olhando para você) tem um trabalho e esse trabalho precisa ser cumprido de qualquer forma para um bem maior que interessa somente a ela. Kyubey não quer nada demais, sério, só a sua alma e escravidão em troca de um desejo qualquer a sua escolha. O quê? Não tinha nada sobre isso no contrato? Quem se importa com esses detalhes? Ele realizou o seu desejo não é mesmo? A parte dele está feita e agora é a sua vez de agir. E assim, com uma lógica comparável a de um pedófilo sem compreensão moral (como o Fábio muito bem colocou), Kyubey atrai garotinhas com uma oferta aparentemente ótima de diversão e sonhos apenas para usar e abusar de suas almas pondo-as em uma e espiral de desespero e não achando absolutamente nada de errado com isso, inclusive achando que isso não é mais que a obrigação de quem realiza um contrato com ele. Fofinho e adorável, não?

Xellos, de Slayers

Xellos

Xellos

Bem, bem, você deve estar pensando: Quem é esse indivíduo com traço dos anos 1990? Bom, saiba que isso é um “se-gre-do”. Xellos é simplesmente o vilão mais legal de Slayers, tipo nem têm como, honrando seu apelido de “o homem dos segredos” Xellos nunca revela informações que não lhe são interessantes de revelar e carrega a condecoração de ser  o único mazoku que não só irritou Lina Inverse e viveu pra contar a história como usou e abusou de sua boa vontade de forma consistente e impressionante para fazê-la matar todos os mazokus de alto nível que podiam vir a ameaçá-lo. Assistindo a tudo de seu pedestal, Xellos é um gênio em usar a arte das palavras para cumprir seus objetivos sem se colocar em demasiado risco e sem perder sua pose de sabe-tudo misterioso que esconde o jogo sempre que lhe apetece. Ele é um exemplo primo de alguém que sabe quando calar a boca para não ser eliminado mas também sabe o quanto se deve falar para se manter útil e a par dos interesses de seus peões.

Yashiro, de Boku dake ga Inai Machi

Professor Yashiro

Professor Yashiro

Leia nossos artigos sobre Boku dake ga Inai Machi!

Esse cara aqui é basicamente o ganhador de prêmio de pior professor de 2016! Yashiro prima em manipulação e desvio de culpa chegando ao ponto de ter cometido dezenas de assassinatos contra mulheres e crianças sem nunca ter sequer figurado nos suspeitos finais dos casos antes de facilmente culpar um dos outros suspeitos em seu lugar. Ele é extremamente cuidadoso planejando crimes. O assassinato de Hinazuki por exemplo estava sendo cuidadosamente planejado com meses de antecedência (já que ele estava bem ciente dos maus-tratos sofridos desde bem antes do Satoru) de forma que quando Coragem e a mãe dela apareceram como suspeitos antes dele não houve problemas para o mesmo “fabricar evidências” para tornar tais suspeitas em certezas. Manipulando a escola, seu sogro (que lhe garantiu um hospital de vítimas e um cargo público estável ao morrer de uma certa “doença repentina”) e a opinião pública e dos responsáveis com a máscara de professor e político respeitável, esse homem enganou a todos. Exceto o telespectador que basicamente se esforçava para não rir de tão óbvio que era a culpa de Yashiro no cartório.

Saga de Gêmeos, de Cavaleiros do Zodíaco

Saga de Gêmeos

Saga de Gêmeos

Acho que esse dispensa apresentações, não ? Saga de Gêmeos é simplesmente o vilão mais popular da franquia Cavaleiros do Zodíaco assim como um dos personagens mais populares no geral. O vilão egocêntrico e bipolar era tão hábil no que fazia que foi capaz de viver plenamente como grande mestre por 13 anos após ter assassinado Shion, o grande mestre anterior, e ter tentado fazer o mesmo com a bebê Atena. E para completar, mesmo após ter falhado em fazê-lo, ele garantiu que Aioros, aquele que se opunha diretamente a ele e resgatou Atena de suas garras, fosse tido como traidor e morto por supostamente ter tentado matar a deusa. Saga aproveitava-se de sua dupla personalidade para se passar por um novo messias que era adorado por todos os servos, cavaleiros de baixa patente e inclusive alguns cavaleiros de ouro. Isso funcionava tão bem pois a bondade que ele sentia naquela forma era “verdadeira”. Do mesmo modo, usava seu lado mal para conquistar aqueles que buscavam poder (como Máscara da Morte e Afrodite) e para acabar com os que se opunham a ele.

Gostou desse artigo? Compartilhe:

  1. Grande matéria Iwan, está muito boa. Desta lista só conheço quatro personagens manipuladores dos sete, O Light concordo com tudo o que disseste, ele era um génio, no inicio as ideias dele eram meio mirabolantes e psicopatas mas ele tinha razão em algumas delas. O Hakumen, é daqueles personagens épicos que só aparecem de tempos em tempos, ele era mau, a sua aura maligna provocava um medo inimaginável nas pessoas, mas no fundo ele só ter nascido no lado da luz e não na escuridão, isto ajuda a humanizar um pouco este vilão manipulador. Agora vamos falar daquele personagem mais filho da mãe que eu já vi num anime, o Kyubey, que parece fofinho mas é um sádico e imoral, concordo com tudo o que disseste dele, ele é daqueles personagens mesmo para odiar. O Yashiro eu já sabia desde o inicio que ele era o vilão e ele nem tentava disfarçar com aquele sorriso psicopata e sua maneira esquisita de agir não enganava ninguém, mas era um grande manipulador. Então Iwan, esqueceste de incluir o maior vilão manipulador nesta lista, o Lelouch Vi Britania com o seu geass, o poder dos réis, para mim dos melhores vilões de sempre (se viste code geass, sabes que ele tinha motivos para fazer tais actos), é por isto que prefiro Code Geass a Death Note, os dois são muito bons, mas o Lelouch era um vilão humano, não era perfeito, mesmo sendo génio não era desfasado da realidade como o Light e acima tudo era um excelente estrategista.

    • Iwan

      Obrigado Kondou-san por mais uma excelente resposta
      Sim, eu assisti Code Geass, um anime até que muito bom pra falar a verdade, apesar de ter uns problemas graves com certos personagens, eu relevei colocar o Lelouch mas eu achei melhor não já que ele meio que têm um poder que permite pelo menos garantidamente controlar certos padrões das pessoas pra começo de conversa.
      Mas de fato, agir nas sombras por anos apenas procurando uma oportunidade de vingança que veio na forma do geass e depois elevando isso a se tornar o novo messias foi extremamente impressionante e nó minimo, mas bem sucedido do que o que houve com o light.

      • Eu na altura que vi Code Geass (já fazem uns bons 5 anos que vi este anime e ainda me lembro), eu dizia na brincadeira que o Lelouch tinha os olhos da morte e da obediência já que com um simples olhar ele podia controlar quem em quisesse. Tens razão quando dizes que este anime tinha algumas falhas em certos personagens mas para mim não estragou o anime em nada. O mais interessante no Lelouch/Zero é que ele mesmo sendo génio ele errava e sofria com isso, não sabia lutar, mas tinha um dos knightframes mais apelão do anime com a defesa absoluta, já que ele não sabia lutar ao menos tinha que ter um mecha adequado a ele. O final de Code Geass foi dos melhores finais que já vi, em comparação a centenas de outros finais de animes que já vi, ele atraiu toda a raiva do mundo para ele, para acabar com as guerras e para salvar a sua irmã ele tornou-se um Messias como tu bem disseste.

  2. Concordo com você, Iwan. Em minha opinião, conhecendo estas sete personagens, sou mais apegado ao Light Yagami (Raito). Porém, o clichê do animal “kawaii” utilizado no Kyubey foi ótimo para mostrar o outro lado desses tipos de personagens. Além disto, senti falta do fantástico Johan, de Monster e do genial “amigo”, de 20th Century Boys.

    Fora isto, ótimo post, bem organizado. Espero mais assim! Até!

    • Iwan

      Opa mais alguém comentando.
      Entao, o 20th boys não têm anime por isso ficou de fora
      Já com monster a situação foi meio diferente, eu Confesso que nunca vi o anime de monster, só li o manga, e por alguma razão estranha sempre esqueço que o anime existiu. Então muito bem lembrado e foi total falha Minha o assassino mais métodico de todos não estar aí, quem sabe o Johan não figura numa futura lista?

      • Certamente, Johan é incrível e pode se encaixar em várias listas. Quanto ao 20th Century Boys, é deprimente pensar que o mangá só ganhou um live-action. Mas mesmo assim, obrigado por responder.

Deixe uma resposta