Você tentou isso, não tentou?

Atire-se primeiro na água aquele que não tiver tampado o nariz e estufado os ouvidos nesse episódio! Mais um episódio feliz de Amanchu, mais uma pequena “aula” de mergulho, e mais uma grande aula sobre amizade e motivos para ser feliz!

A Futaba continuou tímida e preocupada como sempre, a Hikari continuou impulsiva como sempre, e as duas juntas continuam sendo a coisa mais adorável da temporada. Como sempre!

Curta o anime21 no facebook:

O que aprendemos sobre mergulho no episódio 3?

É isso aí o que a Hikari tá mostrando

É isso aí o que a Hikari tá mostrando

Pressão da água: que a densidade da água é muito maior que a do ar todo mundo já sabe, e por isso, consequentemente, a pressão exercida por uma coluna de água também é muito maior. O que esse episódio ensinou é a exata medida da diferença: meros 10 metros de água equivalem a pressão atmosférica inteira. A cada 10 metros abaixo da linha da água acrescenta-se mais uma atmosfera de pressão, de forma que se na superfície há 1 atmosfera, 10 metros abaixo da água são 2 atmosferas, 20 metros são 3 atmosferas, e assim por diante em rápida progressão aritmética. Não é trivial lidar com essa pressão tão alta e essas mudanças de pressão tão rápidas, então um mergulhador deve continuar respirando o tempo todo. Isso resolve para os pulmões e vias aéreas, mais importantes, mas para os ouvidos pode ser necessário um método à parte. Bom, quem quer que tenha andado de avião ou feito viagens subindo ou descendo montanhas já deve ter sentido a pressão nos ouvidos e sabe instintivamente resolver isso, e é do mesmo jeito: engolindo, mexendo a boca ou estufando os ouvidos.

Aviso: o Anime21 não é um blog sobre mergulho. Mesmo se fosse, isso não é algo que se aprenda na internet, procure ajuda profissional. Eu sequer sei nadar, então não acredite em mim, de verdade. Isso tudo é só curiosidade.

Sobre a “aula” de mergulho, é bom ressaltar que só deve respirar embaixo dágua se estiver usando um tanque de mergulho, viu? Respirar água não é recomendável. Ok, eu sou um péssimo professor e minhas piadas também são péssimas.

A frustração de Futaba com a ausência de Hikari

A frustração de Futaba com a ausência de Hikari

Enfim, Futaba e Hikari finalmente entraram para o clube de mergulho. Ainda não conhecem ninguém lá, apenas trombaram com a professora conselheira do clube que por acaso é a professora da turma delas que por acaso é aquela professora com quem Hikari trombou no episódio anterior e descobriu que ela também é mergulhadora. Tudo assim por acaso. A vida idealizada é cheia de acasos convenientes, mas quando o anime é divertido a gente nem se importa. A Professora Katori deu uma ligeira bronca na Hikari por ter invadido o clube de mergulho no episódio anterior e por ter arrastado a Futaba junto (a Futaba escapou ilesa).

Professora Katori sabe tudo de mergulho

Professora Katori sabe tudo de mergulho

Ela definitivamente parece mais uma “irmã mais velha” do que uma professora. Parece bastante jovem mesmo, então isso meio que combina com a personalidade dela. No episódio anterior ela “disputou” com a Hikari e entre os dois me pergunto se as duas se conheceram mais um pouco, pois pareciam bastante íntimas. Eu sei que a Hikari já havia dito que ela podia chamá-la pelo apelido (me lembro vagamente disso, mas posso estar confundindo), mas a cena da “punição” foi muito cheia de intimidades, e sem pensar duas vezes ela chamou a Futaba pelo apelido também. Apelido esse que a Hikari deu e que até onde entendo só a Hikari deveria conhecer. Bom, companheiras mergulhadoras, algo para além da escola elas têm de comum, então não seria inesperado se tivessem se aproximado um pouco mais.

Oh não, a professora também é um alien com cabeça super deformed

Oh não, a professora também é um alien com cabeça super deformed

Mas Amanchu não é sobre a aproximação da Hikari com sua professora, e sim sobre a aproximação das duas garotas: Hikari e Futaba. Apesar de tudo o que já haviam feito juntas, a Futaba ainda não parecia, no começo do episódio, se considerar próxima da Hikari, e ficou sozinha na sala durante o almoço. Tímida que é, chegou a considerar se aproximar de duas outras garotas que estavam ali mas desistiu. Sorte a dela que Hikari veio em sua salvação, não é? E dali até o final tudo melhorou para ela.

Ao ver as cerejeiras em flor Futaba percebeu o quanto a Hikari estava se esforçando para deixá-la feliz, o quanto ela se importava. E ela ficou feliz. Pelas cerejeiras sim, mas em primeiro lugar porque acredito que aquela foi a primeira vez que ela enxergou a Hikari como uma amiga de verdade. Ao final do episódio ela até se sentiria um pouco frustrada consigo mesma por não ter a coragem que a Hikari teve e ter ficado esperando que alguém esticasse a mão para ela, mas isso tende a ser um dos pequenos defeitos que às vezes reconhecemos em nós mesmos e não damos maior atenção para isso. Só porque deu certo, lógico. Quando dá errado (e eu me identifico demais com essa situação, hehe) a coisa vira uma bola de neve e você não sabe como conseguir escapar, mas Amanchu é sobre coisas felizes, não sobre as tristes.

Futaba e Hikari ficam mais próximas nesse episódio

Futaba e Hikari ficam mais próximas nesse episódio

Como eu já havia especulado, há um lado inseguro na Hikari também, o que só a torna ainda mais interessante. Parece que ela estava tão ou quase tão nervosa quanto à Futaba quanto ao prospecto de conseguir amigos, conseguir seu lugar na nova escola, mas a sua personalidade demonstrou isso de forma diferente. E ela deu sorte de encontrar a Futaba, com quem ela combinou tanto – uma precisava da outra e uma ficou curiosa e interessada na outra. Enfim, a partir do próximo episódio começa a vida delas no clube, vamos mergulhar juntos? Só não se esqueça de continuar respirando o tempo todo!

Essas duas vão ficar bem juntas

Essas duas vão ficar bem juntas

Gostou desse artigo? Compartilhe:

  1. Este anime continua muito bom, calmo, com personagens carismáticos e acima de tudo é didáctico (neste caso para quem goste de mergulho). Este episódio serviu para reforçar a amizade entre a Futaba e a Hikari, achei bem engraçado a cara da Hikari quando a Futaba lhe chamou de Pikari, aquela felicidade dela foi muito bonita. A Hikari também tem um lado inseguro, mas agora com a sua nova amiga já não à esse problema. Dos personagens que mais gosto neste anime a sensei Katori, está quase no top, super carismática, tem um comportamento e atitudes juvenis, ela também não me parece ser assim tão velha, deve ser uma professora em inicio de carreira. As caras deformadas da Hikari são muito engraçadas, e as da sensei também. Achei bem engraçado a cena da sensei a chamar a atenção da Hikari por ter invadido o clube de mergulho e ter arrastado a Futaba consigo, mas parece que existe uma grande intimidade entre a sensei e a Hikari, será por elas serem mergulhadoras. Achei incrível a maneira como eles explicaram aquilo da pressão da água, geralmente nos animes este tipo de coisa costuma ser massante, mas em Amanchu a explicação passou tão natural, as vozes das seyuus também ajudaram bastante. É engraçado como uma pessoa como eu que nem sabe nadar, estar a ver um anime sobre mergulho e ainda por cima estar a gostar. Este anime em si, é sobre a amizade com o tema de mergulho como catalisador, a relação entre a Teko e a Pikari é muito bonita, é impossível não achar adorável a relação das duas.
    Como sempre uma excelente matéria.

    • Fábio
      Fábio "Mexicano" Godoy

      A felicidade da Hikari ao ser chamada pelo apelido pela Futaba foi felicidade verdadeira, não apenas o pensamento positivo que ela usa para manter o sorriso no rosto o tempo todo. Foi muito divertido ver nesse episódio que ela também tem inseguranças e preocupações – só o que difere ela da Futaba é que ela age de forma positiva, como a avó dela a ensinou. A Futaba por outro lado estava bastante para baixo, melancólica, já se preparando para se conformar a uma vida escolar incompleta, sem amigas.

      Mas Amanchu é um anime feliz, então é lógico que uma foi feita para a outra e agora podem ser felizes de verdade, juntas =)

      Obrigado pela visita e pelo comentário!

Deixe uma resposta