Avaliação-objetiva-de-animes

A resposta parece fácil não é? Quero dizer, você sabe quais animes são bons e quais são ruins, quais você gostou e quais você não gostou. O problema começa quando comparamos o que achamos com outras pessoas. O que eu acho bom não necessariamente é o que você acha bom, e vice-versa. Será que é possível dizer sem sombra de dúvidas que um anime é bom, que eu estou certo e quem diz o contrário está errado? Há critérios universais? Quão “universais” eles realmente são?

Mais uma vez me debrucei sobre um assunto espinhoso com outros colegas blogueiros. Participaram do bate-papo via e-mail, além de mim, o Vinícius Marino do finisgeekis, o Vitor Seta do Otaku Pós-Moderno, o Cat Ulthar do Dissidência Pop, o Kouichi Sakakibara do Animes Tebane e o Diego Gonçalves do É Só Um Desenho, blog que hospeda o artigo dividido em duas partes:

Gostou desse artigo? Compartilhe:

Deixe uma resposta