PUNCH_Love_Live_Sunshine_-_08_FullHD (1).mp4_20160823_144656.286

Como já dizia a canção “Tente Outra Vez” eternizada na voz de Raul Seixas: “Veja! Não diga que a canção está perdida, tenha fé em Deus, tenha fé na vida, tente outra vez”. Eu tenho a plena consciência que comparar o “Maluco Beleza” com idols é mesma coisa que comparar purê de batatas com um ventilador ou seja não há semelhança alguma, entretanto, a música “Tente Outra Vez” se encaixa perfeitamente com o momento que o grupo Aqours está passando.

Alcançar o sucesso e ter uma carreira consolidada são desafios que todo artista procura, não importando o tipo de arte, se é no meio musical, teatro, televisão, etc. No caso especifico deste anime estamos falando de grupos musicais amadores que no universo da série são conhecidos como school idols. O grupo de school idols principal do anime, intitulado “Aqours”, teve a chance de participar de um grande evento que poderia mudar para sempre a vida destas meninas mas o resultado não saiu como esperado, então, Qual será o rumo da série perante os acontecimentos recentes?

Curta o anime21 no facebook:

O duo Saint Snow fez uma bela apresentação,e mesmo assim elas não alcançaram o topo.

O duo Saint Snow fez uma bela apresentação, e mesmo assim elas não alcançaram o topo.

Antes de falar sobre o reflexo do show nas vidas das integrantes do grupo Aqours, eu tenho que destacar a arrebatadora apresentação do duo Saint Snow, elas foram perfeitas tanto na parte vocal quanto na coreografia, mesmo que elas tenham ficado apenas na nona posição em uma disputa que envolvia trinta grupos de school idols. A música apresentada pelo duo intitulada “Self Control” tem uma melodia impactante com forte influência Pop/Rock, algo bem diferente do estilo sexy e maduro do grupo A-RISE (Rivais das μ’s na série anterior).

O que fazer quando você dá o seu melhor e mesmo assim não é o bastante? É frustrante não é? Pela primeira vez desde a sua formação, o grupo Aqours sentiu o gosto amargo do fracasso. Antes disso, tudo era apenas uma aventura de um grupo de garotas de uma pequena e desconhecida cidade japonesa, que outrora tinham vidas aparentemente normais (Exceto a Yoshiko que acredita ser um anjo caído de nome Yohane).

Eu estava esperando por algo mais dramático com grande foco na apresentação das Aqours, todavia, o episódio foi de uma sutileza admirável, sem apelar para um drama forte que poderia correr o risco de soar forçado. As meninas estavam visivelmente abatidas e frustradas com o péssimo resultado do evento, e mesmo assim tentaram guardar para si toda tristeza e decepção. A líder do grupo, Chika, foi mais além, pois ela fingiu estar satisfeita com o resultado com a intenção de preservar as outras garotas porque sentiu-se culpada não só pelo insucesso do show, mas por toda decepção sofrida pelas suas companheiras que foram convencidas a fazer parte do seu plano de ser uma school idol brilhante.

O mundo das school idols é muito competitivo, e apesar de todo esforço e dedicação as Aqours não tiveram um voto sequer.

O mundo das school idols é muito competitivo, e apesar de todo esforço e dedicação as Aqours não tiveram um voto sequer.

A construção da história até aqui está sendo bem feita, a produção do anime está se preocupando com cada detalhe, tudo está milimetricamente encaixado. A derrota das meninas não foi a toa, elas perderam para amadurecer como school idols, até a inserção do tema “Salvar a escola” que em outrora criticara em um dos meus artigos está sendo um elemento bem utilizado na história.

O que eu estou mais gostando até agora no anime é a forma de desenvolvimento das personagens, algumas delas tiveram episódios focados em seus desenvolvimentos. Mas um caso está me chamando atenção que é o desenvolvimento do trio: Dia, Mari e Kanan que a cada episódio é apresentado detalhes sobre as personagens como se fossem peças de um quebra-cabeça que aos poucos está sendo montado.

Dia e suas amigas já tentaram ser school idols para evitar que a escola onde estudam fosse combinada com uma outra escola, além disso, passou pela mente dessas jovens garotas a ideia de que elas poderiam brilhar, repetindo o feito que as μ’s realizaram, no entanto, a realidade pode ser cruel de vez em quando. Com a popularização do concurso Love Live! o número de school idols aumentou, consequentemente gerando uma grande concorrência na qual não basta apenas ter talento ou um rostinho bonito para chegar ao topo. O trio formado por Dia, Kanan e Mari sentiu a pressão do que é participar de um evento de School idols e simplesmente não suportaram tamanha responsabilidade chegando ao ponto de ficarem paralisadas diante da dimensão que os eventos de school idols ganharam depois do estrondoso sucesso de grupos como μ’s e A-RISE.

Esta emblemática cena mostra que as feridas emocionais de Kanan não estão cicatrizadas.

Esta emblemática cena mostra que as feridas emocionais de Kanan não estão cicatrizadas.

Diferente da protagonista da série anterior (Honoka) que chegou a desistir do sonho de participar do Love Live! após um grande fracasso, Chika não desistiu dos seus sonhos mesmo estando profundamente decepcionada, guardando para si toda tristeza que estava sentindo. Embora Chika tenha convidado outras garotas para se juntar ao seu projeto de formar um grupo de school idols intitulado Aqours, suas companheiras embarcaram na aventura de Chika por vontade própria pois como school idols elas vêem uma chance única de poderem brilhar realizando seus sonhos.

Gostou desse artigo? Compartilhe:

Deixe uma resposta