PUNCH_Love_Live_Sunshine_-_09_HD.mp4_20160830_052949.515

Desde o início, a história de Love Live! Sunshine!! gira em torno de temas como amizade e sonhos, que são utilizados das mais diversas formas e perspectivas. Nesse episódio acompanhamos a história de amizade envolvendo o trio: Mari, Dia e Kanan, história essa que vinha sendo contada aos poucos nos episódios anteriores através de conversas entre as personagens e flashbacks.

Curta o anime21 no facebook:

Embora Kanan seja extremamente teimosa recusando-se em voltar a ser uma school idol, nesta cena parece que ela não abandonou completamente seu passado.

Embora Kanan seja extremamente teimosa recusando-se em voltar a ser uma school idol, nesta cena parece que ela não abandonou completamente seu passado.

Vou fazer algo diferente do que costumo fazer, vou começar pelo final do episódio ao invés do começo, pois houve uma revelação bem curiosa que foi o fato do grupo de school idols formado pelas personagens: Dia, Kanan e Mari, também ser intitulado Aqours, o que não é nenhuma coincidência e muito menos falta de criatividade, tratando-se apenas de uma questão simbólica. Os objetivos do antigo grupo Aqours (Mari, Dia e Kanan) que não puderam ser realizados, devido as circunstâncias que foram mostradas nesse episódio, podem ser alcançados pelo grupo homônimo liderado por Chika. Outro fato curioso é que o nome Aqours no qual é visto por Chika, You e Riko na praia foi colocado momentos antes por Dia.

Nesse episódio foram reveladas as últimas “peças” que precisávamos para compreender o passado de Mari, Dia e Kanan. Ao contrário do que imaginávamos, não foi o medo de palco ou a pressão de participar de um grande evento que impediu que o grupo formado por Dia, Mari e Kanan de fazer sua apresentação, e sim, o fato da personagem Mari ter um machucado que poderia se agravar caso elas fizessem a apresentação, mas não foi apenas isso que levou a separação do grupo. Dia e especialmente Kanan sacrificaram seus sonhos em nome da amizade, desistindo de ser school idols e salvar a escola pelo bem da Mari que recusara varias ofertas para estudar no exterior porque queria ser school idol.

Além de ser um flashback fofo, esta cena foi legal porque mostrou que a Dia na infância costumava ser tímida e medrosa como a sua irmã mais nova Ruby.

Além de ser um flashback fofo, esta cena foi legal porque mostrou que a Dia na infância costumava ser tímida e medrosa como a sua irmã mais nova Ruby.

Apesar da intenção nobre, Kanan e Dia foram egoístas ao tomar uma decisão que interferiu diretamente na vida de Mari sem ao menos consulta-la. Mari poderia fazer a carreira no exterior mas isso não era algo que a mesma queria, por isso, depois de dois anos fora ela voltou para continuar do ponto que foi obrigada a parar.

O episódio desta semana combinou perfeitamente elementos cômicos e dramáticos além de uma variada trilha sonora que deu o tom certo tanto nas cenas leves como nas mais sérias. O roteiro também é digno de nota pois soube construir bem as personagens: Mari, Kanan e Dia, elas foram sendo desenvolvidas aos poucos até chegar em um episódio focado nelas.

Foi divertido ver a Yohane aplicando um golpe na Dia enquanto Hanamaru comparava as irmãs Dia e Ruby.

Foi divertido ver a Yohane aplicando um golpe na Dia enquanto Hanamaru comparava as irmãs Dia e Ruby.

Algo que eu queria mencionar era o amadurecimento da personagem Chika, que chegou até separar uma discussão entre Mari e Kanan, que diga-se de passagem estavam agindo de forma infantil, algo que não condiz com suas posições de veteranas. Chika deixou de ser apenas uma ingênua sonhadora e passou a ser uma líder capaz de unir pessoas.

O ponto alto do episódio foi o encontro entre Mari e Kanan que resolveram os assuntos pendentes relacionado ao passado. A cena onde mostra a personagem Mari correndo e logo depois caindo quando estava se dirigindo para encontrar Kanan foi bem feita, o encontro entre as duas também teve a carga dramática necessária, e em ambas as cenas citadas, a trilha sonora (tenho que elogiar novamente) se encaixou muito bem.

Houve um número musical bonito com com as nove meninas principais do elenco fechando com “chave de ouro“ o episódio. Falando em números musicais, eu tenho que destacar as músicas da franquia Love Live! (Love Live! School Idol Project e Love Live! Sunshine!!) que além das lindas e alegres melodias e letras cativantes, boa parte das músicas não possuem aquelas “vozes agudas irritantes“ que algumas “dubladoras“ japonesas (Seiyuu) costumam ter.

Gostou desse artigo? Compartilhe:

Deixe uma resposta