PUNCH_Love_Live_Sunshine_-_05_FullHD (2).mp4_20160929_015542.772

Essa temática não chega a ser novidade, pois, muitas pessoas já falaram a respeito disso, mas eu resolvi dar meu parecer sobre tal assunto. Para isso, eu escolhi uma cena do episódio de número cinco de Love Live! Sunshine!! na qual a personagem Ruby mostra toda a sua fofura para um vídeo promocional. A cena é interessante porque nela as Aqours (grupo de idols do anime) estão fazendo um vídeo promocional com a finalidade de se tornarem mais conhecidas, e usam a fofura da Ruby para atrair fãs. De certa forma a produção do anime usa a fofura das personagens, especialmente a Ruby, para atrair os espectadores.

Curta o anime21 no facebook:

Fofo ou sexy?

Fofo ou sexy?

Do ponto de vista comercial, a produção do anime está certa, pois, se um elemento da série faz sucesso e atraí o público, por que não usa-lo?

Muitos chamam o moe de câncer e dizem que esse elemento está destruindo a industria de animes, o que não passa de uma falácia, pois a industria não vai fazer animes apenas para um determinado nicho que aprecia o moe. Existe um mito que todo anime de “garotinhas fofinhas” vendem, o que não é verdade, por mais que seja um fato que muitos japoneses gostam desse estilo de anime.

Esteticamente falando, o moe seria um tipo de traço onde os personagens são mais bonitinhos e fofinhos, mas o japoneses transformaram esse elemento em um conceito que se baseia no instinto de proteção para com personagens femininas frágeis e inocentes.

Basicamente o moe faz as pessoas enxergarem determinadas personagens da mesma forma que enxergamos filhotes e bebês. Esse instinto de proteção para com determinadas personagens é tipico de determinados nichos que apreciam animes/mangas/light novels.

Aceita Kurosawa Ruby como sua legítima waifu?

Aceita Kurosawa Ruby como sua legítima waifu?

 

Aqui no ocidente e até mesmo no japão isso não é visto com bons olhos, pois muitas pessoas confundem moe e lolicon. O primeiro como foi dito acima, é a admiração por determinadas personagens puras e frágeis, já o segundo é a sexualização de personagens infantis ou infantilizadas.

o moe e o lolicon podem até serem dois lados da mesma moeda, mas são conceitos diferentes que devem ser analisados segundo a cultura de determinados nichos que existem no Japão, e não julgados a partir da nossa cultura.

Acho que essa confusão se dá porque os lolicons consomem animes voltados para o moe, e a industria de animes capitalizou isso colocando algumas insinuações em animes moe para atrair esse nicho.

Voltando para a cena em questão, a personagem ruby é fofa, e sabendo disso, a produção acrescenta elementos visuais para deixar a personagem ainda mais fofa, o que pode soar algo forçado. De modo geral não acho que Love Live! Sunshine!! apele para o moe, eu apenas acho que a produção exagera um pouquinho a fofura da Ruby, mas acho que isso é proposital e não chega a me incomodar, pelo contrário, eu gosto muito dessa personagem.

Todas as personagens de Love Live! Sunshine!! tem sua própria personalidade, então, cada uma delas tem uma fofura própria. Elas foram pré-moldadas para agradar o público pois as personalidade de cada uma delas foram feitas para agradar vários tipos de público, então, se uma pessoa não gostou de uma personagem, ela pode gostar de uma outra personagem que tenha uma personalidade mais compatível com esse espectador.

A grande questão é: Se o mercado de animes está oferecendo personagens com todos os elementos para ela ser fofa, onde fica a naturalidade com que o espectador se identifica com a personagem inocente e frágil? Segundo o conceito primário do moe, a identificação com tais personagens tem que ser natural e partir do espectador e não o contrario, partindo do show para o espectador.

Não chega a ser um apelo, mas, tentem olhar determinados animes além da fofura que elas apresentam, eu sei que existem pessoas que não gostam ou até odeiam o moe, e em muitos desses casos essas pessoas realmente não se identificam com esse elemento, e em outros casos as pessoas agem de forma preconceituosa e até mesmo agressiva para com o moe e as pessoas que o apreciam.

Nota: Este artigo é o primeiro de dois especiais que eu preparei em homenagem a você leitor, que me acompanhou meus artigos sobre Love Live! Sunshine!! O segundo artigo especial será lançado sexta feira, dia 30.

 

Gostou desse artigo? Compartilhe:

Deixe uma resposta