Elas voltaram!

Mais primeiras impressões, mais segunda temporada! Um dos melhores animes do ano passado, na minha opinião, foi Hibike! Euphonium, e ele acabou de forma perfeita para ter continuação. Assim, não foi surpresa quando saiu a notícia de que haveria uma, mas mesmo assim não pude evitar a euforia ao saber da notícia! E demorou, mas chegou: mais Hibike! Euphonium. Como no ano passado, irei escrever artigos semanais sobre seus episódios.

Euphonium 2 começa exatamente de onde Euphonium 1 havia parado, a final do concurso de bandas de Kioto. Nesse clima de vitória que instilou uma nova ambição e sensação de responsabilidade nos membros da banda, os ensaios recomeçaram e a sombra dos eventos desastrosos do ano passado da banda (cronologicamente antes da história do anime) ressurge conforme um membro que havia abandonado o clube ressurge e implora para retornar. Interesse? Não, ela diz, e pareceu muito sincera, que quer apenas ajudar. Assim, o primeiro grande conflito da banda marcial do Colégio Kitauji está posto!

De outro lado, as protagonistas Kumiko e Reina estão mais próximas do que nunca, para enlouquecer os corações de certa fanbase 😉

Na continuação do artigo, uma galeria de imagens do primeiro episódio de Hibike! Euphonium 2, que foi um episódio de duração dupla!

Curta o anime21 no facebook:

 

Revisado por Tuts

Gostou desse artigo? Compartilhe:

  1. Esse foi um primeiro episódio excelente e sua longa duração serviu perfeitamente pra nos acostumarmos ao ambiente e personagens. Apesar de várias passagens mais bobinhas, algumas servindo pra ressaltar a personalidade ou mudança dela nos personagens, os conflitos anteriores estiveram presentes e os novos foram muito bem apresentados. Talvez um ponto fraco seja a Yoroizuka lembrar muito a Reina no começo, mas serve bem de contraponto à personalidade de Kasaki.

    O episódio foi maravilhosamente bem desenhado, principalmente o ponto forte da KyoAni: Cenários. As cenas Kumiko x Reina soaram bem naturais, denotando o quão próximas elas se tornaram. Mas o maior envolvimento da reina com as outras (mais visto no segundo episódio), também foi bacana pra mostrar como ela se sente mais a vontade com todo o grupo.

    No mais, esse conflito da Kasaki, vindo direto do que sabíamos do ano anterior, se mostrou algo bem interessante, e provavelmente servirá bem para trabalhar mais a Asuka, que apesar de suas ótimas participações, ficou um pouco de lado na temporada anterior.

    • Fábio
      Fábio "Mexicano" Godoy

      Eu meio que enxerguei um paralelo entre Yoroizuka e Kasaki / Reina e Kumiko, hehe, achei que fez bastante sentido. Mas sim, o character design delas está muito parecido, muda um pouco o formato do cabelo e a cor, basicamente.

      O crescimento da Reina foi mesmo à olhos vistos, e uma das melhores coisas do episódio. Teria sido um tanto melhor se a Kumiko não tivesse narrado isso pra gente né? Sempre me sinto idiota quando animes dizem o óbvio.

      O desenvolvimento do novo conflito foi perfeito, como parte de um problema mencionado na primeira temporada foi relembrado nos primeiros minutos do anime com uma revisão simples e natural, e conforme a Kasaki entrou no anime voltou com tudo, com muito mais peso a importância.

      Melhor estreia até agora =)

      Obrigado pela visita e pelo comentário!!

Deixe uma resposta