Sem título8

Olá pessoal, aqui é o Poketoty e lá vamos nós de novo comentar sobre mais um episódio de To Be Hero.

Nesse episódio tivemos descobertas sobre o passado, Min-chan de toalha e promessas de novos aliados e novos vilões.

Curta o anime21 no facebook:

Claramente esse foi o episódio menos engraçado de todos até agora e não, isso não significa que foi o pior ou teve menos qualidade humorística, digamos assim. Uma hora o enredo da série iria avançar e para se fazer isso o roteiro teria que ficar um pouco mais sério e foi exatamente isso que aconteceu nesse episódio.

Primeiro tivemos o pesadelo flashback do Ossan. Até o episódio quatro, nós sabíamos que ele era um canalha e todos esses adjetivos pejorativos, mas ainda não tínhamos visto em imagens ele agindo como tal e agora foi tudo exposto, todo seu jeito mulherengo e a negligência com sua família (o que leva a pergunta por que a mulher dele não ficou com a Min-chan?).

O famoso predador de perereca

O famoso predador de perereca.

Os flashbacks voltam mais tarde quando Ossan e o príncipe alien voltam a consertar a torneira da pia; esse flashback foi mais impactante por justamente conectar o passado do primeiro flashback e ainda continuá-lo, inclusive foi tão importante que o Ossan conseguiu contar a verdade para alguém pela 1ª vez.

Mudando o núcleo do anime, vamos observar as piadas e referências do episódio.

Nesse episódio, não tivemos muitas referências escancaradas como nos anteriores (devido, principalmente, à mudança de foco desse episódio). Vimos uma possível homenagem ao anime Precure, aparecendo como AiPre (posso estar errado, mas né, faz sentido já que ele é o príncipe Moemoe) e inúmeras referências sexuais, muitas mesmo, tipo várias.

Vou usar também, para aprender japonês, parece efetivo

Vou usar também para aprender japonês, parece efetivo.

No quesito piadas, tivemos duas divisões: a sequência “Min-chan de toalha” e a sequência pré-“Min-chan de toalha”, na segunda tivemos a DR (leia-se discussão de relacionamento, para quem tava na dúvida) entre Ossan e o príncipe Moemoe que rendeu umas boas cenas.

E uma piada em especial foi apresentar o trabalho do Ossan de designer de vasos, se é que isso existe mesmo, como a vida de um executivo importante e chegando até a ganhar um prêmio parecido com um Oscar. A piada vem justamente de não se poder imaginar isso com essa profissão.

And the Oscar goes to...

And the Oscar goes to…

A sequência “Min-chan de toalha” não só serviu para o núcleo cômico, mas também foi importante para história. Como havia dito, essa cena explica mais o passado do protagonista e relaciona mais ainda os antagonistas do anime (nosso príncipe finalmente descobriu quem é seu sogrão). Ps.: Se você tinha dúvida de quantas pessoas precisam para se consertar uma torneira de banheira, não vai ter mais.

Eis a resposta do Ps

Eis a resposta do Ps.

Sobre essa sequência em especial eu gostaria de ressaltar a piada que eu mais gostei no episódio, a qual foi a Min-chan trazendo uma boia para o príncipe após ele se afogar.

Bom pessoal… Dessa vez a Best girl Yamada conseguiu ter mais falas, porém a maioria foi só para fazer a história fluir, digamos. Mesmo assim, ele só precisa de uma única frase para alegrar a cena, o episódio, meu dia… E ela apareceu!!!!

Todo mundo, comam as bolas do Yamada e vamos ser felizes

Todo mundo, comam as bolas do Yamada e vamos ser felizes.

O término do episódio apresentou o rei de Tenaricent, vulgo papai do príncipe Moemoe, e o irmãozinho do nosso querido príncipe, sugerindo uma possível volta do estilo dos primeiros episódios: o estilo joga vilão lá que vai dar certo. E aqui vai meu palpite: eu acredito que Ossan e o príncipe agora vão lutar lado a lado para defender a Terra dos novos vilões. Será que é isso mesmo que vai acontecer? ( Consegui colocar o Yamada numa capa de artigo!!!!!!)

 

Revisado por Tuts

To Be Hero está disponível no Crunchyroll.

Gostou desse artigo? Compartilhe:

  1. Este anime, já até tenho dificuldades em arranjar adjectivos para o descrever, mas este episódio já foi mais calmo e menos cómico, mas ainda assim foi um episódio que serviu para passar o tempo e relaxar. O pai da Min era um mulherengo, ele traia a mulher dele sem vergonha nenhuma, claro que a mulher dele se ia separar dele. Eu também não percebi o porquê da Mãe da Min não ter ficado com ela, será que a Min é fruto de uma relação entre o Ossan e outra mulher antes do seu casamento.
    Eu nem tenho palavras, para descrever aquela cena do flashback onde o Ossan recebe um prémio de melhor designer de suporte de privadas (que me fez lembrar muito um Oscar), senti um pouco de vergonha alheia pelo personagem. Ah, o príncipe Moemoe, continua com as suas, desde tentar matar o porco gordo durante o sono a posses de cariz sexual em algumas parte deste episódio. Eu acho que o príncipe ficou mesmo apaixonado pela Min, posso mesmo afirmar que ele seria capaz de trair a espécie dele para ficar com ela. Aquela parte em que o Ossan conta para o Moemoe que é pai da Min, foi muito boa, e a reacção do príncipe foi muito engraçada (agora ele vai ter que ajudar o sogrão). As cenas do conserto da torneira da banheira foi muito boa, principalmente quando o Moemoe põe a boca na torneira e parece que estava a fazer uma coisa indecente (eu não digo o nome, pois este blog é um blog familiar, mas ainda assim o estúdio tem que se controlar com estas coisas, para quem tenha a mente poluída, cada episódio de To Be Hero é uma mina de ouro).
    Eu acho que o Yamada vai ficar cada vez mais para segundo plano, mas ainda assim cada vez que ele aparece deixa o episódio sempre melhor. O pai do Moemoe impõe muito mais respeito que o filho, o irmão do Moemoe não parece gostar muito do irmão, eu ri que nem um doido, como o agente que eles enviaram para a terra, uma loli com tentáculos, um clássico neste género de animes (e noutros também, mas esses têm um cariz diferente). A reacção do pai do Moemoe quando soube que o filho tinha vendido a nave também foi muito boa.
    Como sempre um excelente artigo Poketoty.

    • Poketoty

      Realmente essa seria uma explicação viável, apesar de ser uma explicação fraca. Nós já sabíamos que o Osan era um canalha e afins mas ver ele agindo, principalmente com a amante atendendo o telefonema da esposa dele, foi uma cena mais impactante.
      Os flashbacks nesse episódio foram os destaques , principalmente a segunda parte que conectou muito bem a primeira e continuou com a lástima da Min-chan e Ossan após o divórcio, foram o fator principal para o Ossan conseguir dizer para o príncipe a verdade, agora sinto que o nosso herói vai estar melhor psicologicamente para agir. Episódio recheado de piadas sexuais para aliviar a tensão dramática do episódio, o príncipe que o diga, colaborou muito para isso.
      Yamada realmente parece que vai continuar com esse papel imposto para ele nesse episódio, mas só de aparecer já vale a pena. Nada melhor que uma loli com tentáculos na sua porta para começar bem o dia, se você pensar bem, é o primeiro vilão ideal mesmo. O irmão é o clássico irmão menor que não tem o poder por ser o irmão mais novo, então ele está vendo uma chance de assumir o poder agora. Vamos ver o que vai acontecer a partir daí, será que rola um triângulo amoroso de irmãos? Será que a loli entrará nessa família? Eu não sei, mas sinto cheiro de pastelão vindo disso aí.

Deixe uma resposta