Nanbaka - 07.mp4_snapshot_00.02_[2016.11.18_21.26.09]

Yoooooooo!

E pra quem esperava o desfecho da luta do episódio anterior, foi trolado. Eu fui no maior hype e recebi um belo de um filler… Mas até que foi um episódio legal e valeu pra passar o tempo.

Começamos no intervalo que antecede a última disputa do Torneio de Ano Novo. Yamato leva Tsukumo (Shinobi japonês) até a sala de visitas e esse tem uma surpresa quando chega lá. E não só ele. Tsukumo é na verdade um ator. Vemos então o flashback…

Curta o anime21 no facebook:

Uma diretora famosa estava trabalhando em um novo filme de ninjas e esse deveria ter um ninja real e não somente alguém que atuasse. Ela parte com o seu assistente para uma vila e lá é expulsa por um senhor. Indo para a floresta, ela encontra um tsukumo ainda criança treinando lançamento de shurikens numa pedra. Esse revela ser um shinobi em treinamento que foi abandonado pelos pais e que almeja ser um grande ninja com a esperança de que eles voltem. A Diretora, com sua atuação, mente para o garoto dizendo ser sua mãe que o abandonou.

Nanbaka - 07.mp4_snapshot_08.49_[2016.11.18_21.24.48]

Tsukumo parte com ela e se torna um ator. Muitos anos mais tarde ele descobre a farsa e assim decide treinar por sua própria conta mas entra numa propriedade privada e é preso. Dentro da prisão, foge utilizando suas habilidades de fuga adquiridas num filme que atuou e assim é preso novamente e mandado para Nanba.

Enquanto isso Juugo, que esperava a próxima disputa, encosta na porta e escuta toda a conversa.

Algo bastante interessante na conversa de Tsukumo com Hattori é aquela busca de final da juventude em saber o que você é realmente. A busca do verdadeiro eu. Descobrimos que Tsukumo não sabe quem ele é realmente e isso o fez ter uma busca por sua origem de shinobi.

Hittori apela pro emocional e aqui vemos outra tema bastante interessante que é o da adoção. Apesar da Diretora ter mentido ao afirmar ser sua mãe, foi ela que o criou e o fez ter uma vida bem sucedida. Vemos pela expressão de Tsukumo que a sua mãe adotiva não foi uma mãe ruim, mas que mesmo assim, como todo filho adotivo, ele deseja mais do que tudo voltar às suas origens.

A conversa se encerra e Juugo do lado de fora da sala revela ter escutado tudo. Ele aconselha o ator ser ele mesmo pois dentro da prisão ninguém iria julgá-lo.

Nanbaka - 07.mp4_snapshot_19.09_[2016.11.18_21.25.43]

Se encerra com um teaser do clímax da luta anterior entre Juugo e Musashi QUE ME DEIXOU MUITO PUTO DA VIDA por não ter acontecido.

O episódio foi mediano e relativamente bom. Tivemos alguns temas mais adultos sendo abordados como adoção e busca de identidade. Teve praticamente zero de comédia e só serviu mesmo pra narrar a vida do Tsukumo, o que eu achei bem desnecessário pois poderia ter narrado a vida de um dos 4 personagens principais, que já se mostrou ser bem interessante, principalmente a do Nico que aparenta ser bem triste. 3 estrelinhas e um breve Review. E o próximo episódio promete ser tiro, porrada e bomba então fiquem ligados que próxima sexta tem review completo.

 

Revisado por Tuts (e Kevin)

Nanbaka está disponível no Crunchyroll.

Gostou desse artigo? Compartilhe:

  1. Este episódio soube trollar quem estava com o hype para ver o desfecho da luta do monstro contra o gorila cego. De certa forma este episódio não foi tão mau para um filler, mas ainda assim só gostei da introdução do episódio e da cena final, aquele narrador é demais. Saber um pouco da vida do Shinobi, quem me dera que uma mãe daquelas me adoptasse ia ser uma coisa inesquecível para mim. O Tsukumo quando era pequeno era muito mais engraçado do que é agora, o shinobi parece que piorou a sua maneira de estar quando se tornou adulto. Achei mais interessante a parte em que o número 15 brinca com o neko Kuu, que por incrível que pareça parece um sósia felino do Majime.
    Como sempre mais um excelente artigo de Nanbaka KM.

Deixe uma resposta