Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Esta será minhas primeiras impressões de um anime desta primeira temporada de 2017. Assim como o título da postagem já diz, irei fazer breves comentários baseados na minha opinião sobre o episódio inicial de Maid Dragon (eu definitivamente não irei digitar todo o nome do anime), que estreou dia 11, no caso, hoje.

A história de Maid Dragon se inicia após a protagonista (completamente bêbada) convidar um dragão para viver em sua casa. Pode-se dizer que a premissa do anime é meio idiota, e eu não discordo disso, mas o episódio em si foi excelente e bastante engraçado. No caso, o dragão (que é um garota) aceita o convite e realmente vai morar na casa de Kobayashi (protagonista), que no início rejeita a menina dragão e a manda embora. Entretanto, depois de certos acontecimentos, Tooru (dragão) começa a morar e trabalhar na casa de Kobayashi como uma empregada. É engraçado notar que para a Tooru empregadas são como maids, que no caso, são as típicas empregas japonesas que os otakus idolataram.

Os personagens que apareceram com o decorrer do episódio não são ruins, se fosse para resumir eles em uma única palavra, eu diria que são: divertidos. Aparentemente, novas garotinhas (dragões) irão aparecer e isso de certa forma trará mais divertimento e comédia para o anime.

Falando em detalhes técnicos, seria errado dizer que o anime não possui uma animação do nível da KyoAni, mas eu tenho a sensação que a animação de Maid Dragon é um pouco inferior comparado aos animes que o estúdio produziu em 2016, mas ela não está ruim, na verdade, a animação é bem bonita. É bom notar que a cor do traço, diferentemente da maioria dos animes, não é preto e sim uma espécie de amarelo palha (sim, essa cor existe!). A opening do anime não é muito diferente das aberturas que a KyoAni costuma fazer, sendo sincero, ela não é ruim, mas também não é grandiosa como a opening de Rakugo 2 ou ACCA.

Para encerrar esse artigo que por algum motivo já passou da “cota” do que eu pretendia escrever, o anime em si apresentou um bom primeiro episódio com personagens divertidos e uma boa comédia. A animação é excelente e a possível relação yuri das duas protagonistas é algo bastante interessante para um “anime da atualidade”. Um fato curioso também é que os dragões aparentemente odeiam os humanos e já sofreram muito nas mãos dos mesmos, creio que possíveis flashbacks possam ser mostrados com o decorrer do anime para ilustrar mais essa relação entre humanos (do mundo mágico) e dragões, mas as chances são baixas, já que é um anime de comédia etc.

Enfim, essas foram minhas primeiras impressões em relação a Maid Dragon, espero que tenha sido útil caso você estivesse em dúvida se assistiria ou não esse anime. Sinceramente, eu recomendo fortemente esse anime se você gosta de uma boa comédia ou de uma história mais “light”.

Aliás, para finalizar de vez o artigo, gostaria de ilustrar algumas coisinhas interessantes que aprendemos com esse episódio!

  1. Dragões podem ser garotinhas fofinhas;
  2. Pessoas bêbadas são bipolares;
  3. A cauda de Tooru é venenosa;
  4. Tooru ama sexualmente Kobayashi;
  5. As costas de uma dragão não são nada confortáveis;
  6. A saliva de um dragão remove manchas de roupas;
  7. Existe um mundo mágico;
  8. Dragões podem usar magia (?);
  9. Matar os intrusos de uma castelo nem sempre dá certo;
  10. Tooru não se importa em praticar canibalismo;
  11. Dragões são assustadores…!!;
  12. Empregadas de verdade trabalham dessa forma:

 

  1. Acho que a review foi bem superficial no início, então pelo menos adicionou um pouco você ter escrito mais. Não se limite tanto assim e coloque mais do que sentiu ao ver o anime! Ainda assim, obrigado pela recomendação. Verei quando puder!

    • Na verdade, eu costumo escrever bastante, mas como são apenas as minhas primeiras impressões, me limitei um pouco para não ficar tão cansativo. Aliás, se quiser ver mais dos meus artigos, só ler os de Trickster! Obrigado pelo comentário~!!

  2. Este anime foi uma completa surpresa para mim, a maid dragão é muito kawai e não tem vergonha de admitir que gosta da sua mestra sexualmente, nota dez para este personagem. Adorei as partes onde a Tooru diz que as pessoas são seres inferiores com aquelas expressões faciais dela. Aquela cena do assalto à casa da mestre da Tooru foi muito boa, só acho que aqueles ladrões vão ficar com um trauma para a vida. A Kobayashi é uma funcionária de escritório que gosta de beber e sai com um amigo otaku, agora só falta imaginar o que possa acontecer com estes três juntos.
    A Kyoto Animation está de parabéns, a animação está muito boa, o carácter design está muito bom, com os personagens muito bem detalhados, os cenários mesmo que simples são muito agradáveis. As cenas onde a Tooru se fazia passar por máquina de lavar foram muito boas, que diria que a saliva de um dragão tirava as manchas da roupa, isso e a tara que ela tem pelas roupas da Kobayashi são demais.
    Excelente artigo Nomichi.

Comentários