Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Eis que surge um fator inesperado que pode atrapalhar a vingança “maligna” do nosso querido ex-gordinho. Tal fator se trata de uma misteriosa garota que surgiu ainda no episódio anterior e causou um mal estar entre o Masamune e a Aki.

Coincidentemente (conveniência do roteiro) essa nova personagem que se chama Neko Fujinomiya acabou se transferida para a escola do protagonista, sendo mais preciso, para a mesma turma. Colocar uma nova personagem na mesma turma do protagonista é mais um dos clichês que essa história se utiliza, e isso não significa algo negativo, pois não me importo com isso.

Fanservice sutil

Desde a chegada repentina de Fujinomiya, a relação do casal protagonista que estava se fortalecendo é abalada, entretanto, isso não significa que Makabe tenha voltado a estaca zero, mas com toda certeza o mesmo ficou confuso e sem ação diante desse fator complicador que foi a chegada de uma garota que parece o conhecer muito bem.

Masamune estava próximo de conquistar o coração de Aki, porém uma bela garota o interrompeu, depois disso ele tentou se explicar e fazer as pazes com o seu alvo romântico, porém lhe faltou coragem para encara-la. Na opinião deste humilde redator que vos fala o nosso querido ex-gordinho perdeu tempo preocupado em tentar descobrir algo sobre Neko, e se ele realmente fosse um conquistador experiente ele poderia usar aquela situação ao seu favor, mas para isso ele teria que perceber que a presença da nova personagem despertou um sentimento de forte incômodo na “princesa cruel” que não é exatamente raiva ou ódio do protagonista narcisista, e sim uma pertubação pelo fato de ter alguém próximo, até demais, dele, ou seja, tal sentimento é o que chamamos de ciúmes.

O ciúme é uma força tão difícil de ser controlada que nem uma garota com uma personalidade forte e temível como a Adagaki pôde doma-lo, e como disse no parágrafo anterior o Makabe poderia usa-lo em seu favor, mas não usou devido a sua insegurança, e isso acaba tornando o seu plano “maligno” de vingança engraçado.

Voltando a falar da estudante transferida, ela não está ali por mera obra do destino, pois a mesma tem a plena consciência da situação em que ela se envolveu, embora a suas razões para ter se reaproximado do Masamune ainda sejam misteriosas, ela vai complicar bastante a tal vingança, e nesse episódio vimos que ela deixou a Aki bastante irritada. Apesar da sua aparente ingenuidade ela é esperta, e até fingiu ter uma saúde fraca quando estava junto com o ex-gordinho, o que gerou uma cena engraçada devido aquele sangue se tratar apenas de ketchup.

E agora Masamune?

Na parte final, durante a cena em que o casal protagonista estava limpando a piscina quase vimos a heroína ser salva novamente quado a mesma estava se afogando mas tal clichê não foi repetido novamente, e devido ao ciume, Aki nos surpreende ao pedir que o Masamune a beijasse provando que ele realmente gosta dela não só com palavras, e sim com ações. Para mim ele irá recuar (o que muita gente não iria gostar) porque ele é covarde, se fosse para beija-la ele teria feito logo depois que ela pediu uma prova que ele gostasse dela, iria ser meio clichê mas seria legal que ele a surpreendesse com um beijo sem ela pedir, entretanto, devido a demora dele, a protagonista feminina que teve que tomar a iniciativa. Gostaria eu que no próximo episódio ter uma cena do casal se beijando, mas duvido que vai acontecer, pois o Masamune deve inventar uma desculpa para não beija-la, afinal ele foi surpreendido e não vai saber reagir a situação devido a sua falta de experiência com assuntos românticos.

 

 

 

  1. é verdade, a chegada da Neko na escola e justamente na sala dele é bem clichê msm mas foi suficiente para Aki mostrar qual era a dela, já que apesar de ser obvio ela ainda não aceitava muito bem que gostava do Masamune, e na parte final do Episódio em que ela pede pra ele a beijar pra provar que gosta dela foi prova suficiente pra todo mundo perceber (alguns perceberam antes como eu) que ela gosta dele, e de fato a “vingança” dele seria mais fácil se ele tivesse outras experiências românticas, apesar de clichê a história está indo para um bom caminho (ao menos no meu ponto de vista) se ele mal conseguia lidar com Aki, agora vai ter que se virar num Triângulo Amoroso

  2. O que dizer do episódio 5 de Masamune, ele não foi mau, mas também não foi o melhor episódio que este anime nos apresentou até agora. Eu estou com a sensação, que este anime está a ir ladeira a baixo e se continuar assim, já não se vai recuperar. A introdução de uma nova personagem, que pelos vistos faz de tudo para se manter colada ao protagonista, é puro cliché, é só mesmo para empatar um possível romance entre o Masamune e a Akki. Não gostei do fanservice, que peço desde já pelo meu termo menos próprio, estúpido e sem sentido que este episódio teve. A tal nova aluna transferida, Neko Fujinomiya, ela é uma stalker ou quê, se o protagonista não se lembra dela, como é possível ela não largar o pé do Masamune. Aquela cena que a Neko Fujinomiya fez com a pasta de tomate, para enganar o protagonista até foi engraçado, agora aquele fanservice puro, do levantamento da saia dela, por acção do vento e com o pormenor de ela não usar nada por baixo, irritou-me plenamente (nessa cena pensei se ela não é discípula da professora Messalina de Kuzu no Honkai).
    Eu sinceramente, não gosto muito da Akki, mas neste episódio ela melhorou um pouco. Aquilo que eu ri dela por causa do capacete ou “helmeto” como dizem os japoneses, do Dart Vader, os ciúmes levaram-na para o lado negro da força.
    Eu acho que a Neko Fujinomiya, quer se vingar da Akki, por alguma razão, mas conhecendo mais ao menos bem, este tipo de anime, o motivo deve ser bem clichê.
    A cena da piscina, a meu ver, vou o que salvou o episódio. A Akki bem se faz de desinteressada do Masamune, mas lá no fundo ela sente algo por ele. Ela teve muita coragem, para pedir ao Masamune que este provasse que gostava dela com um beijo.
    Como sempre mais um excelente artigo Flávio.

    • Flávio

      Eu acho que a personalidade da Aki vem mudando aos poucos, e eu já passei a gostar do Masamune, no primeiro episódio não tinha gostado muito dele.
      Curiosamente a Neko e a Akane tem cabelos compridos e com a mesma cor ou tonalidade semelhante.
      Obrigado pela participação!

      • O melhor do Masamune, é que ele é a prova viva, como os clichés dos protagonistas dos mangá shoujo, são tudo treta.Belo reparo na parte da Neko e da Akane, como eu não reparei nisso antes.

      • Bom, eu nem vou falar que se vc ler a “Megera Domada” de Shakespeare vc já sabe o final desse anime. E a Neko não se revelou uma “maneater” (grande canção do Hall & Oates, desculpe anos 80…) como a Akane…Aquela “bitch”!

      • Flávio

        Se vacilar até a personagem mais boba de Kuzu no Honkai pode ter um lado podre maior do que o da Neko.
        As comparações entre a Neko e Akane ficam só no comprimento e na cor do cabelo, pois ela é peixe pequeno se comparado a professora messalina.
        Obrigado pela participação!

    • Flávio

      Se o Masamune não fugir ele vai ser interrompido por alguém na hora de beijar a Aki, mas sendo sincero eu gostaria de ser surpreendido por uma cena de beijo.
      Obrigado pela participação!

Comentários