Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Não sei quanto a vocês, mas, para mim, esse foi definitivamente o melhor episódio de Little Witch Academia até o momento. Sei que pode parecer bobo, mas eu ri bastante durante todo o episódio e fiquei bem feliz por finalmente termos a “apresentação” do cara desconhecido da abertura. Eu já estava ansiosa para saber quem era ele e tenho que dizer que até eu o achei bonitão.

Acho que o que me chamou bastante atenção nesse episódio foi, principalmente, o fato de que algo realmente novo aconteceu. O cara bonito, mais conhecido como Andrew, demorou para aparecer, mas acredito que ele deve ter tido um grande começo no anime para muita gente.

Bobinho, ele conhece essa daí muito bem!

Fiquei bem surpresa de saber que ele e a Diana são velhos amigos, mas era algo que devíamos esperar, afinal os dois pertencem a famílias com um grande nome, mas não sei se é exatamente o fato dele ter aparecido que me agradou tanto. Acho que a história tomou um caminho um pouco diferente aqui, continuamos com a mesma essência, mas parece que as coisas vão mudar um pouco, talvez a história vai começar a ficar um pouco mais empolgante, ou mais séria no sentido da Akko estar se encontrando, porém não sei muito o que esperar.

Acho que não.

Claro que a Akko não podia deixar de fracassar nas aulas. Acho que a única coisa boa que ela sabe fazer ali é estragar tudo, as vezes parece até eu mesma, mas em certo momento eu achei que ela iria conseguir resolver esse problema de “incompetência mágica”, porém me enganei novamente. Acho que o problema dela não estar conseguindo fazer nada direito pode ser por causa daquela história da magia dela vir do coração, afinal ela não é uma bruxa, e ela não está colocando o seu “coração” o suficiente no que está fazendo. Já ouvi muita gente falando que não considera ela o personagem favorito, eu sou uma dessas pessoas, mas já não sei mais. Talvez ela fique mais interessante com o que tem por vir, só não sei até quando vamos ter somente uma Akko sem habilidade alguma.

Como sempre a nossa querida personagem principal não poderia ficar fora de uma encrenca. Quando eu percebi que ela ficaria sozinha eu já sabia que ia dar tudo errado, a Ursula também imaginou isso. Ela não consegue se manter longe de algo errado ou arriscado e acho que não teve um episódio que a coragem e a força de vontade dela não a enfiou em uma confusão, ou pelo menos em um castigo. Ainda bem que somente a Ursula ficou sabendo da confusão dela dessa vez, um castigo a menos.

Seria um ótimo casal.

Acho que muita gente começou a torcer para o Andrew e a Akko ficarem juntos agora. Parece muito  que colocaram esse cara nesse episódio somente para instigar todo mundo a pensar se ele de fato vai ter algo com ela, ou não. Foi muito fofo ver ele falando que ela diferente de todo mundo ali e ele tinha razão. A Akko é a protagonista por esse motivo, não é mesmo? Ela é, supostamente, uma bruxa que não consegue fazer nenhuma magia, muito incomum em uma escola de bruxas.

Acho que me apaixonei.

Achei bem emocionante ver o Andrew seguindo a Akko em uma de suas aventuras, o melhor é que ele nem questionou, simplesmente seguiu a bruxa sem magia. Sem contar que ele foi bem corajoso ajudando ela a escapar daquele urso enorme.

Se alguém não reparou, tá aí.

Outra coisa que acredito ter sido fundamental nesse episódio foi o fato da professora ter aparecido para ajudar a Akko. Acho que nem é spoiler mais dizer que a Ursula é a Shiny Chariot, porque aquela cena dela voando enquanto falava com o urso entregou tudo e, até onde eu me lembro, foi bem parecida com a cena do primeiro filme. Gostei de terem inserido isso sutilmente, apesar de nos primeiros episódios o anime já ter dado outras pistas disso. Acredito que no mínimo as pessoas estavam suspeitando da verdadeira identidade da Shiny Chariot, ou seria da Ursula?

Eu até dei um grito nessa hora.

A cena final onde a Akko viu a história da Shiny Chariot foi bem comovente. Ela é sua grande inspiração e as duas estão seguindo os mesmos passos, só é uma pena a Akko estar se adiantando tanto com tudo. Acredito que isso esteja acontecendo por ela estar tentando dar passos maiores do que ela consegue dar, juntamente com toda a sua ansiedade de já querer ser igual a Shiny Chariot. Mas isso tudo, pelo menos, serviu para ela perceber que ela tem que ter mais calma, primeiro ela precisa crescer mais, pra depois chegar em lugares como esse. Agora ela tem uma esperança de ser melhor e voltar ali quando estiver preparada para receber o que tem para receber.

mimimi

Eu quase acreditei que teríamos mais da Diana se gabando de tudo que fez. Não sei bem se ela é afim do Andrew, mas seria algo bem previsível se acontecesse, eu particularmente estou torcendo para que não seja assim. Apesar de tudo, acho que ela e a Akko vão se tornar boas amigas no futuro, ainda mais depois que os poderes da personagem principal finalmente “aparecerem” de vez e ela se tornar uma boa bruxa, ou algo do tipo. Devemos nos lembrar que a Diana também é uma fã da Shiny Chartiot.

Ele parece ser tão corajoso quanto ela.

Estou aqui, bem ansiosa para os próximos episódios e só quero saber se vai acontecer algum romance de verdade. Espero que o Andrew não tenha sido enfiado nessa história só para dar falsas esperanças. Eu, como uma adoradora de um romancezinho, mal posso esperar para ver mais dos dois. Mas fico com o questionamento o que, afinal, ele e o pai estavam fazendo ali. Um banquete daquele tamanho para uma escola que só serve batatas não é algo normal.

Deixo vocês aqui, com esse rabinho e essa cuequinha charmosa!

Obrigada por acompanharem até aqui. Vejo vocês na próxima semana!

  1. Eu não poderia estar mais de acordo, com a tua opinião Isabella. Este episódio mereceu as 5 estrelas que lhe deste como nota, este episódio para algo que não parecia que ia fugir da fórmula que Little Witch nos acostumou, este episódio além de bom, foi muito bonito (no sentido da palavra). Começando pelo inicio do episódio, estava na cara que a a Akko, não conseguiria fazer a magia de metamorfose, ela quase escapou de o fazer, se não fossem aquelas cobras peçonhentas, que se afirmam como amigas e seguidoras da Diana. For engraçado ver a Akko, ao realizar a magia de metamorfose, ela não conseguiu transformar o rato em outro animal, mas conseguiu com que ela própria ficasse com orelhas de burro e mais tarde de coelho. Aquele jantar, estava mais do que na cara,que era para agradar os mecenas da escola, tal banquete foi estranho, pois quem conhece a escola, sabe que lá só se come batatas o ano inteiro. A introdução do Andrew, foi muito boa, já fazia um bom, tempo que eu estava curioso, sobre este personagem que aparecia na opening, este episódio 6 introduziu este personagem de uma forma muito boa. O Andrew, a meu ver vai ser um excelente personagem, se ele ganhar mais destaque, ele subiu muito na minha consideração, quando ele quase desprezou a Diana, aquela personagem que se acha um máximo. Aquele amigo do Andrew, era um chato, se ele estava interessado na Diana, ele que guardasse essa informação para ele, ele não tem nada que chatear o Andrew com essas coisas. Foi impressão minha, quando o Andrew olhou bem para a Akko e esta lhe disse que a magia, não vai desaparecer, os olhos dele ganharam vida. Será que a Akko, despertou o lado crente em magia no Andrew. Ver a Akko e o Andrew juntos, deixou-me com vontade de os ver como casal, afinal a química entre os dois não passa despercebida. Eu fico estupefacto, com a qualidade que o estúdio Trigger coloca neste anime, a animação deste episódio esteve linda, aquela carta da fonte do poder das estrelas tinha uma arte linda, se no final do anime, anunciarem artigos deste anime com certeza comprarei as cartas da bruxa Chariot. Ver o Andrew a fugir do urso guardião da fonte que dava os poderes das estrelas, com a Akko, foi das melhores cenas do episódio. Agora passando, à melhor parte do episódio, a parte da fonte foi a melhor coisa que este anime nos mostrou até agora. O passado da Shiny Chariot, que a fonte mostrou para a Akko, foi muito comovente, a Akko é muito parecida com a Chariot, só que ela quer apressar as coisas, por isso é que não consegue desenvolver a sua magia. Aquela cena em que a professora Úrsula ajuda o Andrew e a Akko do urso guardião, acho que deu para confirmar quem realmente é a professora Úrsula. Tal cena como bem referiste Isabella, foi bem parecida com as dos filmes. Eu acho que a Akko se inspira muito, na pessoa que é a Chariot e a Chariot em certo ponto, quando olha a Akko, deve lembrar-lhe como ela era no passado. E a Diana, escusa de disfarçar que não gosta da bruxa Chariot, toda a gente sabe que ela é fã dela. Talvez um dia a Akko e a DIana se tornem boas amigas.
    Como sempre mais um excelente artigo Isabella.

    • Isabella

      Estou mais animada do que nunca com o anime, acho que a partir daqui vamos episódios um pouco diferentes, pelo menos eu espero que continue como esse. Acho que episódios assim nos deixam mais empolgados e curiosos com o que está por vir.
      Sobre as cartas da Shiny Chariot, eu iria querer todas!

      • Eu desde o Ova e o filme, que eu tinha curiosidade sobre a Shiny Chariot e este episódio mostrou o passado dela, ela era muito parecida com a Akko, ela tinha ido aquela fonte de poder, com a mesma ambição que a Akko foi, mas a Chariot teve mais maturidade e percebeu que ainda não estava pronta para aquilo e esforçou-se muito, para melhorar os seus poderes. Ainda hei-de de descobrir o tom de vermelho que eles usaram nos olhos e cabelos da Chariot, é uma cor linda. Se os japoneses decidirem lançar uma action figure da Shiny Chariot eu compro, e se sair as cartas, eu tenho que as ter, todas elas são autênticas obras de arte.

Comentários