Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Meirochou pode não ser uma cidade litorânea, mas isso não impede que esse anime tenha um episódio com destaque para o fanservice, não é como se precisasse pois tal elemento é frequente na obra. Recentemente comentei um episódio de praia num artigo do anime Masamune-kun no Revenge, e agora cá estou eu a falar de um episódio em uma bonita fonte natural onde nossas queridas personagens se divertiram bastante e puderam se aliviar do calor.

Eu quero convidar vocês caros leitores para mais um artigo desse divertido anime que é Urara Meirochou.

Pausa para um lanchinho

A instrutora Nina junto de suas pupilas foram se refrescar em uma fonte, ou seja, um episódio perfeito para admirar garotas em trajes de banho, e quem assistiu a esse episódio não deve ter se arrependido, pois as garotas estavam bonitas, além do já tradicional fanservice, entretanto nem tudo se resume a biquíni, pois aconteceram coisas interessantes.

Kon era uma garota solitária, mas agora ela tem amigas na qual pode compartilhar suas ideias e experiências, e ao sugerir a ideia de realizar uma técnica onde uraras podem compartilhar seus poderes, Kon estava deixando um pouquinho de lado a sua maneira séria de agir fazendo algo considerado proibido.

O momento em que Chiya e Kon estão compartilhando seus poderes é uma cena que eu achei bonita e assustadora ao mesmo tempo, pois nela aparecem seres, que a princípio foram chamados de monstros, depois cogitaram que poderiam ser os deuses e no fim disseram que poderiam ser fantasmas.

Depois de uma experiência assustadora, Kon ficou com medo de ter quebrado o tabu de adivinhar a identidade dos deuses ao fazer que Chiya compartilhasse com ela a habilidade de enxergá-los. Houve um momento emocionante onde a nossa protagonista avoada e meio selvagem dá o seu apoio a Kon, que normalmente é a mais equilibrada entre as meninas, e para completar, logo depois aparecem Nono e Koume para apoiá-la, fortalecendo ainda mais seus laços fraternos.

Vale destacar que a trilha sonora foi boa neste episódio por ter se encaixado bem, tanto nas partes sérias como o momento em que Chiya e Kon estão compartilhando habilidades, a cena do pesadelo da Kon, e o momento em que Kon e Chiya estão conversando, quanto nos momentos mais leves.

Passados oito episódios o fanservice de mostrar a barriga continua presente

  1. Este episódio de Urara, foi muito bom, mesmo com um fan service mais descarado eu gostei do episódio. Eu acho que um anime, dos dias de hoje, que não tenha um episódio na praia, nas fontes termais etc, não é um anime e tal ritual aconteceu com Urara. Eu gostei do fan service mais contido, na cena da fonte natural, ver as protagonistas a passarem um dia de descanso foi muito bom. A Nina sensei é que sabe aproveitar a vida, eu bem vi, que ela estava bem descansada a apanhar sol e a tomar uma bebida. A Saku também apareceu e eu acho bastante graça a ela, ela para umas coisas é tão esperta e para outras tão boba, ela já devia ter percebido que as suas assistentes gostam dela.
    A Kon é muito curiosa, aquela cena do ritual proibido conjunto foi muito arriscado para ela, já que a Chiya é protegida pelos deuses. A cena do ritual foi tensa, ver aqueles deuses ou fantasmas foi, assustador, a Kon teve razão em pensar que tinha cometido um tabu. A Chiya é uma personagem adorável meio brincalhona, mas esta foi a primeira a notar que a Kon, não estava bem. Durante o jantar ela voltou, a notar que a Kon não estava bem. A cena do pesadelo da Kon, foi muito boa, a trilha sonora, a animação, tudo esteve bem nessa cena. Mas tal cena daria origem, àquilo que eu mais gosto em Urara, os diálogos entre as protagonistas, principalmente a Kon e a Chiya eu gosto muito da confidência que existe entre as duas. A Kon, pela primeira vez demonstrou receio, medo de perder os seus poderes de adivinha, ela ficou realmente abalada com tal possibilidade. Por sorte esta lá a Chiya para reconfortar e motivar a Kon, a Chiya realmente é especial, ela é quase como um raio de esperança para a Kon. Claro não podia faltar o apoio da Koume da Nono, que também são amigas da Kon. A maneira da Koume resolver os problemas, não à nada como comer dangos para afastar os medos. Aquela última cena das quatro juntas foi muito bonita. Já para não falar que o design dos personagens neste episódio, estive muito bonito.
    Como sempre, mais um excelente artigo de Urara Flávio.

    • Flávio

      Uma das coisas que mais gosto em Urara é a amizade entre as meninas, e esse episódio mais uma vez provou que a amizade delas está fortalecida.
      Elas precisavam de um descanso depois de estudar tanto. Eu senti falta de uma presença maior da Saku.
      Obrigado pela participação!

Comentários