Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Maid Dragon vai ter quantos episódios mesmo? Enfim, neste — possível — penúltimo episódio tivemos a celebração japonesa da chegada de um novo ano. Eu diria que foi um episódio bastante light, pois sendo sincero, não notei nem drama ou sequer comédia, foi tudo muito tranquilo, de longe me lembrou um episódio de Flying Witch. O episódio fluiu bem e foi consideravelmente bom. Apesar dos pesares, eu realmente gostei.

Para quem já é acostumado a assistir animes — ou ler mangás — saber sobre o “funcionamento” do ano novo japonês não é um problema, certo? Ao meu ver, o ano novo japonês é uma espécie de festividade “fria” baseada mais em tradição do que em comemoração. Diferente do nosso ano novo, que é mais “caloroso” e comemorativo, os japoneses seguem suas tradições de maneira “certinha” e — talvez — por conta disto a festividade acabe por se tornar algo mais retraído e frio. Entretanto, neste episódio de Maid Dragon, pude ver um outro lado do ano novo japonês, mesmo que a parte tradicional tenha sido mostrada aos poucos, vimos também a parte mais “comemorativa” do ano novo. Pelo menos não foi igual na maioria dos animes onde eles retratam o ano novo com uma badalada de sinos em meio a ruas desertas. Neste episódio certamente foi mostrado pessoas pulando e comemorando, só faltou os fogos de artifício à la Copacabana.

Contudo, mesmo mostrando um lado mais “caloroso”, logo a frieza do novo ano encobriu novamente a atmosfera agradável do anime. Para quem está acostumado a ouvir vários tipos de músicas diferentes vindo de todas as direções possíveis, fogos de artifício de baixa qualidade e bombas de qualidade duvidosa, passar um ano novo em total silêncio tomando sopinha com alguns colegas realmente não é a coisa mais normal, pelo menos para nós — brasileiros — não é. A cultura japonesa certamente é bastante interessante, enquanto a maioria das pessoas comemoram adoidado ao redor do mundo, os japoneses preferem seguir suas tradições e por fim usar os dias de ano novo para descanso e reflexão. Parece agradável, certo? Eu também acho. Mas provavelmente não conseguiria me acostumar tão facilmente com um ano novo tão frio, pois querendo ou não, aqui no Brasil tudo é motivo de festa, então sempre acabamos envolvidos, mesmo que de forma indireta.

Querendo ou não, esse artigo está bastante frio também, né? Só tenho falado do ano novo. Acreditem se quiser, vou falar mais ainda do ano novo japonês. Que problemático, não? Enfim, assim como eu disse, os japoneses adoram seguir suas tradições e uma dessas tradições são as comidas de ano novo. Se não me engano, existem alguns outros pratos, mas os mais famosos — e citados — são mochi e soba. Provavelmente muitos de vocês sabem o que são esses dois pratos, mas por desencargo de consciência, irei fazer uma breve explicação. O mochi — ou como é conhecido aqui no Brasil, moti— é basicamente um bolinho feito com massa de arroz, o “pessoal” costuma por o arroz em uma espécie de baldinho e “amassar” com uma espécie de martelo. Já o soba — ou sobá — é uma espécie de macarrão feito à base de trigo-sarraceno. Então, essas e outras comidas tradicionais são muito requisitadas no ano novo, provavelmente devem ter algum motivo especial — ou não — mas infelizmente desconheço tais motivos. Se fosse pra apostar em algo, diria que comem essas coisas por conta de algum ritual de ano novo.

Outra tradição dos japoneses é de ir em templos na virada de ano, dessa forma eles podem pedir aos deuses por um ano melhor ou algo do tipo.

Eu sei que literalmente floodei coisas — óbvias — sobre o ano novo japonês, mas o episódio também fez isso, então quem são vocês para me julgar? Hmph. Então, é basicamente isso mesmo, o episódio só falou sobre o ano novo japonês mostrando como os personagens e as meninas dragões reagiam a esta festividade — um tanto quanto novas para elas.

Concluindo, se fosse para resumir em apenas uma palavra, eu diria que este episódio foi “ bom.” Ele conseguiu passar bem a vibe do ano novo japonês — apesar de já existir 300 outros animes que já fizeram o mesmo. A parte visual continua bastante bonita e alguns diálogos foram bem divertidinhos também. Provavelmente o próximo episódio será o último, mas talvez sejam 13 episódios, então não sei. Enfim, é só isso mesmo, eu possivelmente poderia ter falado de outra coisa, mas acho que falar do ano novo foi a melhor coisa possível a se fazer.

 

Comentários