Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Um exemplo de storyboard preciso.

A princesa Euphemia, embora esteja conseguindo manter o auto-controle como poucos seriam capazes em seu lugar, está uma pilha de nervos enquanto olha para o painel que mostra a posição de todas as tropas. Sua irmã mais velha está em terrível apuro depois de uma avalanche que a isolou da tropa principal, que ou foi destruída ou está tentando se reagrupar em meio ao contra-ataque da Frente de Libertação do Japão. Zero e a Ordem dos Cavaleiros Negros encurralam Cornelia. Os oficiais na base móvel onde ela está suplicam para que a princesa dê a ordem para mover a própria base em socorro à sua irmã, mas ela havia recebido ordens da própria para não se mover não importa o quê. E provavelmente avançar com a base seria uma péssima ideia de todo modo. O que fazer?

Enquanto se debruça sobre o monitor olhando sua própria posição, como a esperar que surja uma resposta, eis que a resposta surge mesmo! Centralizada em suas mãos, mensagem de Suzaku, com o próprio se oferecendo para resolver o problema. Só ele seria capaz de resolvê-lo àquela altura e se apresentou quando Euphemia mais precisava. A cena foi montada e conduzida de forma e demonstrar tudo isso com o máximo de impacto dramático. Uma das excelentes cenas da ótima Batalha de Narita.

Comentários