Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Eu não acho que esses episódios mereçam de verdade a nota máxima que estou lhes atribuindo, mas eles foram sim muito bons e o build-up até eles foi excelente. Sem falar que eles próprios estão apenas servindo de construção para o que vai vir a seguir, não é? Quero dizer, quem é que liga para o Mao, um stalker sem nome que de repente participou de forma intensa da história mesmo sem pertencer a lado nenhum – mas por apenas dois episódios?

E depois do incidente com a Shirley o Lelouch está furioso, achando que sofreu de algum tipo de penalidade inerente ao geass. Pobre coitado, ele fracassa de forma retumbante em perceber que o plano que levou o pai da Shirley à morte poderia ter sido concebido e executado por qualquer um, o geass era irrelevante – como ele foi de fato irrelevante para aquela batalha, aliás. Está se deixando levar pelos sentimentos, Lelouch. Existe sim uma espécie de maldição para usuários do geass, como o Mao exemplificou bem, mas ainda não é o caso do protagonista. Não ter percebido isso vai levá-lo de braços abertos para o colo da maldição – e confesso que devo estar com uma expressão maníaca no rosto enquanto penso nisso, semelhante às que o Mao fazia para a C.C. Ai Lelouch, e você se acha tão inteligente, tão racional. Você e seu anime são tão simplórios … quer ver? Aposto que vou fazer com você o mesmo que você fez com o Mao no episódio 15!


Anime21 Diário

Informe o seu e-mail para receber gratuitamente as atualizações do blog!


Ok, deixe-me respirar um pouco. “Conversar” com os personagens do anime de vez em quando tudo bem, mas agora eu já estava quase deixando a coisa sair de controle. Fazer o quê? Eu realmente acho que acabo de antever vários movimentos de Code Geass! E olha que eu sou um péssimo enxadrista – a rigor eu não sou um enxadrista, apenas sei mover as peças no tabuleiro. Do que estou falando? Ora, da minha velha obsessão: a inevitável morte da Euphemia!

Recapitulando, eu já acreditava não apenas que a Euphemia iria morrer, como que o Lelouch seria o responsável direto ou indireto por isso. Esses episódios acrescentaram mais alguns dados e vou citá-los conforme elaboro minha teoria completa, mas o mais importante é: isso tem a ver com a maldição do geass que o Lelouch inocentemente acredita poder evitar. A partir de agora as peças se moverão da seguinte maneira (algumas já começaram, mas vou desde o início para ficar mais claro):

  1. A Nina é lésbica (ou bissexual, não importa) e se apaixonou pela princesa Euphemia a tal ponto que reuniu coragem para perguntar ao Suzaku se era possível conseguir uma reunião com ela.
  2. Ao mesmo tempo, as ações do Zero contra a Cornelia deixaram claro que ele tem por alvo a família real, e por isso foi sugerido à Euphemia que recrute um Cavaleiro para protegê-la.
  3. Por causa do pedido da Nina e porque ele é uma pessoa naturalmente voluntariosa, ele perguntou aos seus superiores sobre conseguir uma audiência com a princesa. Aqui começa a especulação.
  4. Ele vai conseguir essa audiência. Ou talvez não, mas mais importante do que isso, por já ser conhecido da princesa e reaparecer nessa hora conveniente ele irá se tornar o Cavaleiro dela.
  5. Como o objetivo dele desde o começo era dar ao Conselho Estudantil (mais especificamente à Nina) a chance de conhecer a princesa, isso irá trazer a Euphemia para perto do Lelouch.
  6. Nesse ponto, ou em algum mais para adiante por consequência desse, Lelouch irá, em um momento de descuido, despertar seu poder no pior momento possível.
  7. Ele irá dar uma ordem para a Euphemia que ele não pretendia dar; é uma maldição afinal.
  8. Mas que tipo de ordem? Para ser algo realmente maldito, é preciso perverter a própria natureza da princesa Euphemia. Não basta ela morrer, é necessário que ela queira morrer ou seja morta por consequência do erro do Lelouch.
  9. Qual a natureza dela? Euphemia é pacifista e bondosa. Lelouch dará uma ordem à Euphemia que fará com que ela cometa uma atrocidade capaz de deixar sem palavras sua própria irmã, a violenta e belicista princesa Cornelia.

Se eu acertar só metade disso já abrirei um sorriso de orelha a orelha até o final da temporada, hahaha! E eu ainda não falei quase nada sobre esses episódios né, estou apenas exercitando minhas capacidades premonitórias. Não consigo evitar, acho que nunca assisti um anime tão previsível assim – e um que dê gosto tentar prever tanto assim.

O desejo safadinho de Nina irá colocar tudo em movimento

Oh, não, eu não previ nada sobe o Mao, é verdade. Mas como poderia? Ele foi um personagem que surgiu do nada, sem nenhuma construção, sem nenhuma história. Esse não é o caso dos nossos protagonistas e outros personagens-chave que os acompanham né? Enfim, sobre os episódios. Como eu já disse, o Lelouch ficou fulo da vida pelo que aconteceu com a Shirley, por ter tido que apagar todas as memórias dela sobre ele, e como havia acabado de conhecer outro usuário de geass, esse sem dúvida um amaldiçoado, nas palavras da própria C.C, ele saltou para a falsa conclusão de que ele também havia sido vítima dessa maldição. Não foi. Ainda não. Esse é todo o ponto do personagem dele agora, e talvez dessa temporada toda do anime. Ao final do episódio 15 ele arrogantemente promete dominar o geass para convencer a C.C a voltar a ficar com ele. Ele gosta dela?

Mudando de assunto, será que a Villetta realmente está com amnésia ou está enganando o Ougi?

Eu não iria tão longe. Acho que a C.C sim gosta dele e por isso ela pensou o que lhe pareceu mais conveniente, mas provavelmente o Lelouch está encaminhado nesse sentido – pelo menos por enquanto. Coisas traumáticas vão acontecer e nesses momentos sentimentos podem mudar completamente. Mas ela está certa em interpretar aquela promessa tola como um simples pedido para que ela fique porque ela é importante para ele. Lelouch acabou de perder a Shirley e, independente do que seja exatamente o seu sentimento agora, ele não quer perder a C.C também. Tem também um pouco do fato dela ser a única que poderá sempre estar ao seu lado – o que o Mao havia descoberto muito tempo antes.

Na parte técnica, tanto a cena no alto do plano inclinado no episódio 14 quanto a cena no parque do episódio 15, os clímaces respectivos de cada episódio, foram excelentes. Elas sozinhas mereceriam, sim, a nota máxima. No episódio 14 a cena foi demais emotiva, e o grito de súplica da Shirley para não ter suas memórias apagadas fica ecoando até o final do episódio, muito além da dolorosa separação deles no memorial, sob tristes estrelas.

Já a cena no parque foi perfeita para retratar o Mao como alguém insano (não que àquela altura isso ainda estivesse em dúvida, mas a ambientação é sempre importante) senão por qualquer outra razão, pela coleção de clichês de insanidade arremessados contra a tela um após o outro, do próprio parque à motosserra às vozes na cabeça. E seu ponto máximo, o Lelouch enganando o Mao no monitor, foi perfeito também. Eu, como Mao, fiquei com a impressão que eles conversavam. Depois reassisti o trecho e reparei como o Lelouch, na verdade, nunca respondeu. Apenas falou o que tinha que falar e dava pausas entre cada fala – a mais longa delas foi tão longa que o Mao perdeu a paciência e reclamou de seu silêncio. Uma óbvia gravação. Mas que no calor do momento alguém como Mao jamais perceberia – e eu, engolfado pelo clima do anime durante a cena, também não percebi de primeira.

Ah, estou ansioso demais, vire Cavaleiro da Euphemia logo e comece a cumprir minhas profecias, Suzaku! Até semana que vem, no mesmo horário, no mesmo blog, com mais um artigo de Code Geass!

    • Fábio
      Fábio "Mexicano" Godoy

      Assim você vai me deixar ansioso e eu vou sair assistindo tudo na primeira oportunidade que tiver e ferrar todo o meu horário bem como essa sequência de artigos, hahaha!!

  1. Pois é Fábio, a tua intuição está num bom caminho, até fiquei assustado com a precisão das tuas previsões. Como o Luizfteodosio disse “tá quente, muito quente mesmo”.
    Quanto ao resto do artigo, aquela indiana com amnésia ainda vai dar muito que falar e não é pelos melhores motivos.
    Como sempre, mais um excelente artigo de Code Geass Fábio. Por este andamento da carruagem, vais acabar de ver a primeira temporada, de Code Geass, mais rápido do tinhas planeado.

Comentários