Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Olá, pessoal! Como estamos? Estou em uma mistura de emoções ao entregar este artigo dos dois últimos episódios da PRIMEIRA TEMPORADA  de Uchouten Kazoku para a Sessão Vintage. E por que escrevi em caixa alta? Porque a nova temporada virá este fim de semana! Para mim isso é um ótimo aviso, lembrando-se que a P.A. não costuma fazer continuações. E ao meu ver a continuação será igualmente fantástica. Vendo o PV deu para perceber que a qualidade visual continuará a mesma, se não muito melhor que era antes, e novos personagens serão inseridos no contexto!

Mas falando sobre os episódios em si: foram completamente emocionantes, além de várias coisas acontecerem ao mesmo tempo. Praticamente tudo deu muito certo, com exceção da eleição do novo Nise-emon, e isso inclui também as coisas para a família Ebisugawa e o Clube da Sexta-feira.

E não podemos nos esquecer que Yajirou ainda está livre, leve e solto e que pode muito bem ajudar a sua família, embora todo o medo que tenha. Isso porque ele tem aquele antigo truque do Falso Trem da Linha Eizan, e só consegue tal proeza depois de alguns goles de alguma bebida alcoólica aleatória. Yashirou teve essa ideia, e graças a isso conseguiram colocar os irmãos Genkaku e Kinkaku em uma fria ainda maior que ambos haviam colocado a família Shimogamo.

Além disso, até a rota do Falso Trem mudou por causa de um imprevisto causado pelos dois irmãos, mas eles não contavam com uma Câmara Interna que também era falsa. Ainda tinha o mistério de quem havia roubado o leque de Benten/Akamada, e também havia sido eles. Com ambos fora da jogada, poderiam usá-lo e ainda causar um murmurinho no cozido de Tanuki do Clube da Sexta-feira. Isso que eu digo é ter tempo de conseguir salvar Yaichirou e ainda tentar sair do restaurante que os membros do Clube estavam depois de quebrar tudo. Porém ainda temos um problema sério… A mãe deles ainda estava presa! O pior de tudo é que o membro que estava ausente da última vez, o Juroujin, teve a ideia de usá-la.

E agora nós temos o último episódio. Um episódio agitado, engraçado e emocionante, os três ao mesmo tempo. Como Yaichirou esteve ausente da reunião para eleger o próximo Nise-emon por motivos óbvios, ele teve que tentar explicar toda a situação para os superiores, o que não rendeu em bons frutos. Suon usou toda sua lábia para dizer que o filho mais velho da família, Shimogamo, estava mentindo, e este se transformou na frente de todos para arrebatar o seu tio. Claro que isso vai custar o cargo que ele queria tanto zelar e manter a paz, mas não conseguiu tendo que apelar para a sua forma de tigre. E vemos que até o personagem mais centrado pode perder a cabeça devido a algumas situações.

Mas, com isso, o Clube da Sexta-feira (que teve que mudar o lugar do jantar porque o antigo foi destruído, como disse antes, e ainda estava prestes a usar a mãe dos meninos para fazer o cozido) foi descoberto, causando ainda mais algazarra nos dois eventos. E, para completar, Akamada decidiu demonstrar a sua raiva e usou o seu leque para jogar todos para o alto e dane-se quem estivesse na frente. E, após a Benten tê-lo acalmado, ele voltou para casa mais tranquilo, com ela, de táxi e sem reclamar usando o seu orgulho tengu como desculpa.

E, por fim, chegamos ao fim do anime, e também ao ano novo. Mas, como todos sabem, ano novo, vida nova. Yaichirou está com o cargo em risco, mas precisa levar a vida menos a sério. Yajirou precisa deixar de ser um sapo e de se sentir culpado pelo que aconteceu com o seu pai. E Yashirou precisa crescer rapidamente. Além disso, Yasaburou ainda não conseguiu ver o rosto da Kaisei, e sua vida pode ser ainda mais agitada de agora em diante.

Bom, este anime é muito importante para mim, e acredito que para muitas pessoas também. É uma história muito agitada e bacana que não o faz parar de pensar em nenhum segundo, principalmente quando o professor Yodogawa usa as suas filosofias sobre comida. Espero que a segunda temporada ainda continue a me surpreender, e nos vemos no próximo artigo! 😀

Comentários