Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Ou Re:CREATORS #2 – Como odeio coisas fofas demais

Para começar: só dizendo que adorei a opening. (Ainda vou analisar essa letra, aguardem. u‿‿u)

E, realmente, não tenho como não lembrar de outros animes que já vi até nisso haha! Entretanto, parei para pensar que talvez essa seja a ideia. (Afinal, há uma pseudo-Saber e uma pseudo-Madoka ali, fora os demais personagens). Bem, intencionalmente ou não, a série pareceu começar a desenvolver a trama. O episódio ainda tem estilo de apresentação e apareceram novas caras, no entanto, também foram dados novos elementos do enredo.

Achei interessante o modo como tentaram explicar a lógica por trás do que está acontecendo, o motivo dos personagens de ficção saírem de suas respectivas narrativas. Eles também percebem suas limitações tanto em relação aos seus poderes como sua impotência diante do mundo – seus mundos foram criados por outras pessoas, seus “deuses”, seus criadores.

Ademais, meu comentário sobre os três personagens que apareceram esse episódio.

  • O criador da ruivinha: Haha Achei engraçado como ele é bem o estereótipo de mangaká que fazem em séries. Porém, também acho que será interessante ver a relação dele com sua “criação”. Afinal, quem pensaria que ela poderia criar vida? Ele que não cogitou meesmo.
  • A mahou shoujo da vida: Kami, como elas me irritam. Peço desculpas a quem curte, no entanto, realmente não tenho muito saco não. Assisti Madoka e olhe lá. (Sailormoon é de infância então tá no kokoro <3). E, de fato, nesse aspecto concordo um pouco com a ruivinha, ela é tão idealista que dá raiva. Entretanto, ainda acho que ela foi bem impulsiva e não deixou a menininha falar, coitada. (Além disso, é impressão minha ou só eu acho mahou shoujos felizes demais/narcisistas demais. Urgh, não dá. É fluffy demais pra mim.)

  • O carinha lá que apareceu por último: Meeeo, já amei. Pela atitude e por ele ser antagonista de história – e não o protagonista, como as três que apareceram até então. Xonei, só digo isso. σ(≧ε≦σ) ♡
  • Vou comentar da maguinha lá também, coitada: Vai, parece que ignorei ela. Nham, mas kuudere não tem muito o que comentar. Sei lá, tenho opinião formada sobre ela não. Apenas que não gostei muito do que ela falou da minha antagonista diva – poxa, ninguém tenta entender o lado dela. Isso que me dá raivinha, sempre tem que ter o lado ‘certo’ e o ‘errado’, o ‘bem’ e o ‘mal’. Ninguém relativiza as coisas, nem pensa em ver o outro lado da moeda. Meh, fazer o que.

Por fim, não vou me dar ao trabalho de falar do megane que não fez necas – de novo. Ahh! Sim, achei muito cute o incentivo da maguinha pra ele escrever/desenhar. Tipo, acho que qualquer pessoa que tem um sonho ou almeja algo deve ficar minimamente tocado com isso. Digo, incentivos e discursos assim nunca são demais, certo?

Agora, para finalizar vou dar o meu chute: dunno, por algum motivo tô achando que a antagonista que tanto adorei foi criada pelo protagonista chato. Sei lá, tá sendo um palpite bem aleatório – mas quis deixar aqui pois talvez cite isso mais pra frente.

E aí, quem gosta de criar teorias e tá comigo? Ou tem algum palpite diferente? Compartilha com a gente do Anime21, que não tem só eu que gosta de discutir isso, rs

E é isso. Inté, dears ヽ( ̄ω ̄ )ゝ

  1. Gostei do modo espontâneo de escrita, mas não seria “maguinha” ao invés de maginha? O blog está bacana e o abordado nesta postagem foi bom suficiente para me fazer acompanha-los. Apenas cuidado com os erros e sinais na hora da revisão. Esperando pelo próximo post.

    • Megu

      Hey~ Thanks, dear!
      kkk Vdd né. Vou reclamar com a revisão :v -n
      Brinks, vou prestar mais atenção. Prometo.
      Agradeço pelo comentário e pelo incentivo.
      Amanhã, se tudo der certo, tem mais ;]

Comentários