Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Não sei quanto a vocês, mas para mim esse foi um dos melhores – se não tiver sido o melhor – episódios de Little Witch Academia. Claro que eu tenho gostado do anime, mesmo com todo aquele slice of life, mas esse episódio foi o ponto onde realmente pude ver que estava seguindo algum caminho de verdade, e que não seria só uma história qualquer. Para quem anda desanimado com esse anime, aconselho a assistir nesse momento. Nunca estive tão empolgada para saber o que ia acontecer a seguir quanto estou nesse momento.


Anime21 Diário

Informe o seu e-mail para receber gratuitamente as atualizações do blog!


Que aquela professora nova, a Croix, não vale nada, a gente já sabe. No último episódio fui totalmente enganada por ela, acredito que muitas outras pessoas também foram, mas era de se esperar que algum vilão iria aparecer em algum momento. A maioria das pessoas de Luna Nova se encantaram totalmente com toda essa ideia de tecnologia. Com toda a certeza deve ter sido uma mudança muito grande para todo mundo, chega a ser até um pouco assustador, principalmente se pensarmos em toda aquela história de que a tecnologia pode ser usada contra nós mesmos, ainda mais no caso dessa história.

Parece ser legal

Obviamente Croix está usando todos esses seus aparelhos para algum plano super maligno, que vai acabar atrapalhando a vida de todo mundo. Achei bem engraçado ver alguém questionando o fato de que desse jeito não dava mais para diferenciar o que era de fato magia e ciência. Algumas pessoas parecem desconfiadas com isso, mas sempre existe todo o lado tradicionalista da coisa, com toda a certeza elas estão certas em não aceitar muito bem isso nesse caso, mas de certa forma, pelo menos para mim, a tecnologia poderia ajudar um pouco a escola a atrair novos membros, já que ela supostamente está à beira de uma falência.

Eu pensei que esse episódio iria continuar de onde o último parou, mas me enganei. Fico pensando se a Ursula correu dali no momento em que viu Croix com a Akko, ou se elas se encontraram e se reconheceram. Pelo que pude ver nesse novo episódio, a professora nova sabia muito bem quem de fato era a Ursula, já que estranhamente estava observando tudo há tempos. Ela definitivamente não é uma flor que se cheire.

Ela era bem esquisitinha

Algo que me deixou bastante curiosa nesse episódio, foi o fato de que a Diana estava procurando sobre a professora Croix naqueles livros antigos. Ela acabou descobrindo que já existiram bruxas tão boas quanto ela antigamente – elas são muito parecidas para mim – mas o que me intrigou de fato, foi o momento em que ela decidiu pesquisar sobre a Ursula. Será que ela chegou a encontrar algo naqueles livros? Será que o nome da Shiny Chariot é realmente Ursula, ou ela inventou isso? Será que Diana descobriu a verdade? Sei que ela conhece muito bem a Chariot, mas será que ela reagiria como à informação de que ela estava disfarçada como sua professora?

Quando a Akko decidiu conversar com a Croix sobre a Chariot, eu pensei que tudo estava indo por água abaixo. Todo mundo sabia que ia dar merda isso, não tinha outra opção. O pior foi o fato de que a Akko foi totalmente ingênua indo para um lugar estranho, no meio da floresta, só para encontrar aquela professora suspeita. Ela realmente não aprendeu a não confiar totalmente em pessoas pouco conhecidas. Mesmo que a Croix seja sua professora, isso não quer dizer que ela é necessariamente uma boa pessoa e quer o seu bem, reparem muito bem em como a Sucy é, ela é amiga da Akko, mas eu não acho que alguém deveria confiar nela. O primeiro episódio foi uma boa amostra disso. Só queria deixar claro aqui que, apesar disso, eu gosto muito dela, acho que a Sucy tem um papel muito bom nessa história toda.

O covil da bruxa, mais conhecida como Croix, é assustador e estranho. Ela é realmente a garota da tecnologia – eu queria uma parede cheia de televisões na minha casa – mas o mais bizarro é descobrir que ela tem câmeras espalhadas por toda parte naquela escola. Ela provavelmente sabe de tudo que acontece por ali. O mais estranho é que a Akko não desconfiou em momento algum do fato de que aquilo tudo estava muito bem equipado para ser o lugar de alguém que, supostamente, tinha acabado de chegar.

Eu teria medo de ir ali

Me peguei extremamente ansiosa vendo a Ursula correndo até o covil da Croix para salvar a Akko. A cena dela lutando contra aqueles bichos estranhos que apareceram, e mudando para a sua forma “normal”, foi muito empolgante. Finalmente eu pude ver como ela realmente é, perceber que no fundo não daria para reconhecê-la com toda aquela roupa estranha e cara de nerd.

Mesmo não sendo mais a Shiny Chariot, ela ainda parece ter muito poder e a Croix percebeu isso. Outra questão que veio à minha cabeça foi sobre o fato delas simplesmente terem desistido de uma briga ali, naquele momento. Me senti meio frustrada com isso, mas o que veio depois compensou tudo.

Até que ela é bonita

Finalmente a Ursula contou o que tinha que contar para a Akko e, com isso, acabamos descobrindo qual o sentido real de toda essa história. Isso me deixou muito empolgada, porque agora estamos naquele suspense a respeito da Akko descobrir ou não todas as outras quatro palavras, já que sabemos que a Shiny Chariot não conseguiu.

A Akko é muito burra em não ter ligado os fatos e cair na real de que a sua professora era, na verdade, sua grande inspiração na vida. Vamos relevar isso um pouco, porque não passaria pela cabeça de todo mundo que alguém poderia mudar totalmente seu aspecto físico com algum tipo de magia.

Gostei de toda essa história

No mais, eu estou extremamente empolgada com a história nesse momento. Acredito que temos algo muito bom aqui e espero, mais do que tudo, que os episódios continuem pelo menos no mesmo nível desse último. Espero também que a Akko descubra toda a verdade de fato.

Comentários