Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Olá, pessoal! Aqui estou eu, Tamao-chan, e trago mais um artigo da segunda temporada de Uchouten Kazoku!

Aqui temos ainda mais referências do que já se passou. Vocês se lembram daquele quadro que o velho tanuki fez sobre o inferno e que Tenmaya sempre tenta (ou pelo menos tentava) atear fogo? Ele aparece mais uma vez! E desta vez vemos o que é o local do tinhoso através da ótica do anime. Além disso, temos mais alguns fatos a serem retratados. Afinal de contas, o que aconteceu com o velho professor universidade após ser expulso do Clube da Sexta-feira por causa de uma rebelião?


Anime21 Diário

Informe o seu e-mail para receber gratuitamente as atualizações do blog!


Este episódio foi um dos mais sombrios que teve dentre todos, juntando os da primeira temporada e desta. O truque de ilusionismo utilizado foi impressionante, e digo igualmente das referências à Revolução Industrial, porém contada de outra maneira, já que tudo estava evoluindo muito rápido na parte do inferno onde tudo foi mostrado (ou parecia estar caminhando mais rapidamente que das outras partes).

Começou mostrando o que aconteceu com o professor Yodogawa depois daquela conspiração que aconteceu no último episódio da temporada anterior. Para recapitularmos mais uma vez, o professor universitário, ao ver que a tanuki que ele havia salvo poderia ser cozida ao invés de Yaichirou, que por sua vez havia conseguido sair da jaula com ajuda de Yasaburou e Yajirou, ficou extremamente louco, principalmente por causa de sua filosofia de amar o que se come, e com certeza o amor que ele sentiu em salvar a vida de Tousei o fez ter um ataque de raiva e acontecesse uma rebelião, inclusive o seu cargo no Clube de Sexta-feira estava em jogo.

Como são todas pessoas muito influentes, conseguiram fazer com que Yodogawa fosse afastado de seu cargo de professor universitário para fazer serviços em uma floresta (aquela onde ficam os tanukis e o quadro do Inferno), através da alegação de Assédio Sexual a uma aluna (sendo que ele é incapaz de fazer mal a uma simples mosca, né? NÉ?!). E como Yasaburou ainda disse que ia visitá-lo, foi no lugar de pesquisas acadêmicas e descobriu que Tenmaya ainda estava tramando alguma. Mas o que será? Bem, até a hora de Yodogawa voltar será difícil saber, porém até mesmo panfletos de “NÃO FAÇAM COZIDOS DE TANUKI” foram jogados em todos os lugares que o Clube se encontrava, e apenas deram um troco.

Mas não vamos nos ater somente ao que aconteceu com o professor, não é mesmo? Já que o clímax do episódio é o Inferno de Arima (nome do título do episódio, por sinal). Como um dos alunos de Yodogawa disse que o Clube da Sexta-feira se encontraria aquele dia em Arima, Yasaburou resolveu checar o local onde iriam. Além das fontes termais que tiram o cheiro de tanuki (ao menos foi isso que aconteceu com Shouichirou, que usou a perda de seu cheiro para fazer uma piada mal sucedida sobre ser um tanuki pobre e falido), também se encontrou com Kaisei (quem até hoje não conseguiu ver o rosto) e Benten, mas em outro cenário…

O cenário foi mostrado pelo seu tio, Ebisugawa Suon, o mesmo que foi desmascarado na eleição de Nisen-emon e ficou ao menos seis meses desaparecido. O que ele contou ao Yasaburou me assustou bastante, já que ele jogou fora sua pele de tanuki e resolveu ser um dos membros do Clube da Sexta-feira, já que havia uma vaga. E sabemos que nesta temporada muitos personagens desistiram do que realmente são: Benten não se considera mais humana, Nidaime não se considera mais um tengu, e agora Suon resolveu virar um canibal e não se considerar mais um tanuki, além de culpar o seu irmão bem sucedido por suas falhas como ser da mesma espécie.

Além disso, fez com que Yasaburou conhecesse o verdadeiro inferno através da pintura do Inferno desenhado em uma das salas (acredito que tenha sido a pedido de Juroujin, o chefe da trupe), provavelmente para não se meter mais em seu caminho (e isso explica mais uma vez o porquê Tenmaya quer atear fogo naquela pintura de qualquer jeito). Mas ele não considerava a chance dele ser salvo pela Benten. Mas o que estava acontecendo no inferno mostrado na pintura era algo bastante interessante. Foi apresentada a Revolução Industrial do inferno japonês, e inclusive estava tendo uma luta de sumô onde Benten estava acabando com todos, e foi uma boa oportunidade para que Yasaburou saísse daquele local.

A Revolução Industrial do inferno japonês, marcado por suas enormes indústrias, poluição provocada a partir da linha de produção, e um proletariado infernal e um pouco primitivo. Porém, muitas coisas daí são aparências, até mesmo a loja de ramen do Tenmaya.

Este episódio foi muito bom, e com certeza o anime está melhorando a cada semana. Ainda há questões a serem respondidas, mas com certeza serão sanadas de maneira bem humorada e sincera. Muito obrigada para quem tem acompanhado os meus artigos e nos vemos no próximo! o/

Esta oni mostrando que tem demônio mais gente boa que muito humano por aí

Comentários