Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Diretamente das madrugadas da vida, venho eu demonstrar minha afeição pelo episódio desta semana. Ora, ora, eu realmente não esperava um episódio tão engraçado como esse, nem mesmo nos sonhos. Claro que o anime tem esse lado humorístico e ele já tinha nos rendido cenas engraçadas, mas essa semana foi imensurável quantas gargalhadas foram arrancadas de minha pessoa e tenho certeza que dê muitas outras. A única coisa que eu pensava enquanto assistia, era no quão problemático seria se rir fosse pecado. Se fosse, esse episódio teria sido um poço gigantesco de transgressão.

Logo que o anime começou, eu já estava pensando no que diabos estava acontecendo. E naqueles primeiros segundos eu já comecei a rir e a imaginar a staff criando a cena. Cara, eles estavam ousados! E isso já me grudou ao anime. E já comecei a imaginar que seria um episódio diferente, sem grandes ações e muito divertido. Não estava errado. De cara tivemos algo já esperado acontecendo, que era Re=L se juntando ao trio, porém eles deixaram essa segunda aparição dela ainda melhor que a primeira. A cena ficou muito engraçada e conseguimos ver um pouco mais da Re=L.

Claro que a chegada dela foi muito bem aceita, ainda mais pelos rapazes da sala. Rapazes que por sinal estavam com seus hormônios à flor da pele, mas logo mais irei falar disso. Pois bem, Re=L chegou causando. Esse episódio que foi dedicado praticamente para ela, rendeu muita cena engraçada e também um conhecimento a mais sobre quem ela é e como se comporta.

Algo interessante que já vinha sendo explorado era a falta de contato com outros humanos que ela aparentava ter. Com isso vimos que ela não sabe bem como lidar com outras pessoas. Ela mal chegou na sala e já estava contando o porquê de estar ali. Claro que Glenn já tapou a boca dela. E também chegou declarando seu amor para a classe. Por conta desses acontecimentos as cenas ficaram muito boas e conseguimos algumas informações sobre a jovem maga.

Re=L também começou um certo laço com as garotas. Mas apesar desse laço que estava sendo criado, algo parecia estar errado. Além disso, teve a viagem escolar que a turma dele fez. Cara, eu realmente amei as cenas dessa viagem, porque a garotada estava solta, e não era só isso, o Glenn estava solto. Eu morri de rir vendo eles agindo. Isso devia ser errado partindo de um professor, mas não tinha como não rir desses rapazes felizes ao pensar nas jovens com seus corpos em boa forma. Tudo ia correndo muito bem e tinha muita coisa acontecendo também, nos pequenos detalhes a gente podia ver que nem tudo está tão bem, afinal Re=L estava presente e seu irmão já havia dado um aviso sobre tomar cuidado com ela.

E foi assim que o clima do anime mudou completamente, de uma vibe boa e feliz, de repente tudo se tornou nublado e confuso. Re=L teve um ataque de ciúmes (provavelmente) e começou a gritar com Glenn. Isso foi algo que me pegou desprevenido. Ela realmente vivia por ele. E por conta do que ela viu nesses últimos dias na escola com Glenn, ela passou a ver a Sisti e Rumia como inimigas. Pessoas que tomaram o Glenn dela. O que fico pensando é até que ponto essa inimizade e esse “ódio” é real. Será que pode existir um grave conflito entre as garotas? Eu acredito que não. Mas não parece ser um problema que se resolve com facilidade.

Já finalizando, ainda houve um gancho para o que está por vir na próxima semana. A seita apareceu. E não só isso, me parece que Albert está envolvido diretamente com eles. Ou será que estou enganado? De costas aquele rapaz realmente me lembrava o Albert. Agora fica a dúvida e as perguntas do porquê do Albert estar ali. O que ele ganharia ligado à seita? E afinal, vai ter uma pancadaria entre magos ou não? Eu quero ver treta, mas não ligaria nem um pouco de mais um episódio assim. Afinal, rir é tudo de bom! Vejo vocês na próxima semana galera!

Sério, é o Albert né?

Comentários