Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Vejam só quem voltou. É galera, depois da pausa com o episódio especial de Kado, voltamos à ativa! Com um episódio pacato mas com assuntos importantes para a humanidade, vamos tagarelar um pouco sobre as informações passadas hoje e o quão importantes são elas. Afinal, dormir ou não dormir? Produtividade padrão ou produtividade elevada? Toda essa aceleração que está por vir terá seu efeito positivo com relação a felicidade? Essas são algumas questões que ficaram no ar essa semana. E entender elas é um passo para entender tanto Shindo quanto zaShunina.

Desde pequeno, sempre tive uma ideia um pouco diferente sobre o sono. Como sempre gostei de jogar e evoluir personagens, eu sabia que quanto mais eu jogasse, mais leveis eu conseguiria pegar. Com isso, tempo era algo importante. Com isso em mente, eu sempre estive pensando sobre o quão ruim, em certos aspectos, era dormir; eu realmente estava perdendo tempo com isso. Claro que dormir é uma necessidade humana, mas nunca vi assim. Eu sou do tipo que não gosta de dormir, por conta disso, somente essa ideia de zaShunina de uma humanidade que não dormirá já me animou. Mas isso me fez pensar ainda mais.

Cara, isso aí parecia mais um tipo de bicho

Pessoas ligadas 24h, isso com certeza poderia ser um grande problema. O acúmulo de informação, o estresse gerado, sem contar diversos problemas gerados e que são comprovados pela ciência. Claro que se tratando de zaShunina, ele deve ter boas respostas para tudo isso e até mesmo soluções, mas de cara, como Shindo tem tido suas dúvidas, isso parece ter alguns problemas.

Já na esfera de uma humanidade acordada 24h, os benefícios com certeza seriam grandes. Se o desenvolvimento do planeta já é elevado no século 21, quão impactante seria uma sociedade descansada e ativa o tempo todo? Esse é o lado bom de não dormir. Você obtém tempo para se divertir, aprender, criar e fazer diversas coisas, com certeza o salto seria enorme para a humanidade. Quanto a essa questão, eu não vejo problemas. Eu queria mesmo era não dormir. Cara, isso seria bom demais. Então, tudo ok até o momento.

Mas o real problema está no ser humano em si. Após tanta mudança, como o ser humano vai agir? Em uma conversa informal, Shindo transpareceu algo que estava preocupando ele. Sem dormir e com tanto a fazer e aprimorar, como o ser humano atingiria a felicidade? Esse já é um problema antigo da humanidade, tão antigo quanto se questionar sobre a existência de Deus. Porque o fato é que a humanidade sempre correu atrás da felicidade. Alguns vão tentando depositar essa felicidade em momentos, em objetos, metas e pessoas, porém, tudo indica que o vazio dentro do ser humano ainda é imenso. Talvez Shindo pense algo relacionado a isso. A questão é que não está tão claro o que ele pensa. Talvez vendo zaShunina, ele tenha visto um pouco da humanidade no futuro e não tenha gostado tanto.

Não fique triste, Shindo

Então apesar de toda essa evolução repentina e outras que estão por vir, muito tem sido discutido no universo de Kado, tanto pela mídia, quanto pela sociedade e até mesmo entre os mais próximos de zaShunina. E esse quesito do anime, de trazer um tema já conhecido mas dando margem a novas ideias é algo bom e que tenho gostado de ver. Já que com isso relembro muitas coisas que já pensei e que me força a continuar pensando e analisando.

O anime ainda trouxe algumas novidades como a empresa SETTEN, que funciona como um tipo de google, e uma abordagem da mídia sobre o que estava por vir. E o que já virou comum, a negociadora – que sempre esqueço o nome – está querendo boicotar o passeio de zaShunina. Eu fico pensando o que o anime quer passar com toda essa teimosia dela sobre zaShunina. Será que poderemos ver uma catástrofe até o fim do anime? Bom, isso é uma possibilidade, mas até o momento, parece apenas que ela tem medo do que pode vir a ocorrer.

Quanto a outras questões, nós só conseguiremos as respostas mais pra frente. Com esse ritmo eu vou crendo que esse anime será um dos melhores da temporada, mesmo com baixas vendas no japão. Nos vemos na semana que vem! See ya!

Essa cena ficou linda. Olha esse olhar.

Comentários