Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Com um episódio muito bonitinho e com quase o mesmo conteúdo dos outros, Renai Boukun desta vez resolveu finalmente contar do que se tratam as famílias da Yuzu e da Akane, mostrando também os 2 últimos personagens da abertura. Lembram que eles estavam indo salvar a Akane? Esse episódio já começa com eles na porta da casa dela. A Yuzu e a Guri vão pela frente, invadem e distraem todos os guardas, escrevendo seus nomes do Caderno. Foi uma cena muito engraçada. Quando entram na casa e encontram a Akane, ela está com aquela casa de séria e ataca as duas, a Guri a provoca mas sem resultados, usando até aquele jutsu de substituição.


A mãe da Akane aparece pedindo à Yuzu para parar de tentar levar a Akane pro mal caminho. Rolam aquelas cenas clichês de “vim salvar minha amiga” e somos levados ao Seiji, que com sua irmã e a Shikimi invadem pelo fundo, até que a Shikimi prende o Seiji e começa a provocá-lo do mesmo jeito da primeira vez em que apareceu. O motivo eu não entendi. A mãe da Akane dá uma espada à ela e a manda acabar com aquilo de uma vez, no caso matando o Seiji, mas, depois dele falar bastante, ela cede à sua paixão.


Depois desta redeclaração a mãe da Yuzu aparece para defender a filha. Quando vê seu ferimento fica irada e vai pra cima da mãe da Akane, elas brigam, e enquanto brigam, a história das famílias é contada. É bem simples, a família da Akane trabalha matando pessoas, uma máfia que trabalha para a máfia, e a da Yuzu trabalha protegendo pessoas, por isso o desentendimento, e parece que as duas um dia gostaram do mesmo homem: o pai da Akane/Yuzu. Como ele terminou com a mãe da Akane, ela se tornou fria e queria criar uma versão de si mesma na filha. No final a mãe da Akane cede e deixa a filha viver sua paixão em paz. Tem uma cena depois da mãe da Akane contando à da Yuzu o que está acontecendo e deixando-a chocada. Aparece também a Shikimi dizendo que a Guri é um problema, e aparentemente pretende exterminá-la.


A Guri aparenta estar começando a sentir ciúmes, e talvez esse seja o tema do próximo episódio. Estamos perto do fim deste anime que provavelmente entrará na lista de  “Assisti na temporada e foi um bom passatempo, mas não recomendo a ninguém”. Não que seja ruim, só não é bom, mas é o tipo de anime legal de se acompanhar na temporada.

Comentários