Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Ladies and Gentlemans! Como vocês estão? ( estilo Naoto de apresentação, hahahahaha)

Segunda-feira, mais uma semana, feriadão chegando, uma pena que tenho prova logo na sexta ‘–‘
Essa última quinta tivemos o décimo episódio de Clockwork Planet, que eu particularmente achei bom. Tiveram na verdade 2 partes boas, o início e o final, achei que muito tempo do anime foi meio que chato e tedioso, mas o final foi lindo e o início foi bom.

Eu fiquei realmente com dúvida de qual parte achava mais importante para botar de capa desse artigo, se era a cena final de Naoto e RyuZU, ou a cena de retorno de Halter…
Acho que se o foco desse episódio fosse totalmente a ação, com certeza seria o Halter de capa, mas como eu adoro romances, vou botar a cena de Naoto e RyuZU, até por que hoje é dia dos namorados! E por que uma automato não pode ter um namorado humano?

Bem, vamos ao que interessa ?

RyuZU e AnchoR, aniquilando os robôs

Foi um início de episódio movimentado, Naoto e seus amigos conseguiram chegar ao Pilar do Céus e com ajuda de RyuZu, AnchoR e principalmente da ciborgue sexy, conseguiram acabar com todas os robôs do local sem machucar os humanos que lá estavam, ordens feita por Naoto.

A função da ciborgue era de conseguir um dos robôs que estavam defendendo a área, o modelo CZ-35 Genbu ( esse modelo é realmente fantástico, quando eu estava estudando robótica, eu sabia realmente todas as peças dele. -mentira, hahahaha), sem danificá-lo para que Marie pudesse transferir a mente de Halter para essa máquina de combate. Missão dada é missão cumprida, Marie agora teria 30 segundos para conseguir botar a mente de Halter no robô. Eis que essa foi o ponto chave do episódio, fica uma tensão para saber se ela iria conseguir, mas Marie com seus braços de polvo conseguiu a tempo reconectar Halter e trazê-lo de volta à vida. Ele agora tinha o trabalho de acabar com todos os robôs restantes, e a êxtase de batalha faz com que ele se anime, acabando com os inimigos em um piscar de olhos.

Pronto para a batalha!

Halter está de volta e o Pilar do Céus está conquistado.

Agora Naoto fez uma transmissão ao vivo para o governo e o exército diretamente do Pilar dos Céus e usando a (Eu não sei se é rainha ou princesa, mas a chamaram de Majestade) que parece ser princesa, para dar um aviso a população de evacuação da capital o mais rápido possível.

Depois disso, tivemos a notícia do professor que o governo irá disparar o Tall Wand na Yatsukahagi, daqui a seis horas e quarenta e cinco minutos. Entramos numa parte do anime que achei tediosa e não teve nada interessante, exceto a parte em que a tal princesa, disse que deveriam fazer algo a respeito de Naoto, RyuZU e AnchoR aparecem com uma velocidade extraordinária para escutar bem o que a tal princesa havia dito, sobre fazer algo com seu mestre. Desculpas foram pedidas e ficou por isso mesmo.

Agora sim entramos na parte fofa e romântica do episódio. Naoto leva RyuZU para um jardim florido, muito bonito diga-se de passagem e começa a questionar RyuZU do por que ela não está o encarando diretamente. Ela está chateada por ter ferido as mãos de Naoto, mesmo sem ser a intenção dela e pede por uma punição para seu mestre. Naoto impiedoso como sempre, aproveita que hoje é dia dos namorados, segura firme nas mãos delicadas de RyuZU e nos seu finos dedos coloca uma aliança de ouro. Sim, eu realmente achei lindo essa parte.

E foi isso galera! Espero vocês na próxima semana para mais um capítulo, aproveitem o dia dos namorados todos!

Quem não tem 3D, pode aproveitar as 2D, não concorda? hahaha

Forte abraço a todos e uma boa semana.

Sayonara!

Comentários