Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Assim como no décimo episódio, esse último nos mostrou o Mundo das Maravilhas, um lugar totalmente misterioso e intrigante, que ainda não sei ao certo o que é de fato. As coisas estão mais emocionantes nessa segunda parte do anime, principalmente por ele estar se encaminhando para um final, porém eu ainda não tenho a mínima ideia de como toda essa história vai acabar. Sei que ainda existem algumas coisas importantes que precisam ser explicadas, e que eu irei falar sobre mais para frente, mas não consigo nem imaginar um final para isso tudo.

Como todos já sabem, Sana e Hatori estão presas nesse mundo estranho, de onde não conseguem sair, já que o único modo que conhecem é pelos poderes da Sana. Tudo isso serviu para que eu entendesse um pouco mais sobre o que a personagem principal é, ou pelo menos ter uma ideia um pouco menos vaga sobre a sua história.

O que ela é afinal?

Aparentemente Sana não tem muita coisa de humana, mesmo não parecendo. Ela nasceu ali, naquele mundo, o que me deixa totalmente sem entender as coisas, cheia de dúvidas sobre o real motivo de sua existência. Se ela, como mesmo diz, é algo que foi criado para analisar o comportamento dos humanos e consequentemente imitar tudo aquilo, então qual seria a finalidade disso tudo? Isso estar acontecendo não implicaria em uma existência de algum ser superior, ou no mínimo, diferente dos humanos? Eu me sinto até tonta com todas as perguntas confusas que aparecem a partir disso tudo que nos está sendo mostrado, porém eu acredito que a resposta para tudo isso seja algo bem mais simples do que eu imagino, afinal não tivemos muitas coisas extremamente complicadas acontecendo por aqui.

Acho que o maior problema que temos nesse momento, que perturba tudo, é o fato dos poderes da Sana e da Hatori entrarem em conflito quando usados juntos. Parece que um acaba anulando o outro, o que é extremamente bizarro. Claro que estamos falando de dois poderes extremamente fortes, que pertencem a duas crianças que provavelmente não possuem capacidade ideal e suficiente para controlar algo tão grande, porém qual seria a questão que envolve e liga as duas? Eu não consigo pensar em nada específico para tentar explicar isso, mas provavelmente isso tem alguma relação com a história emocional por trás de tudo isso. Provavelmente teremos no final algo que ensinará a Hanabi a seguir um bom caminho e ver a felicidade nas coisas, sem que ela precise manipular todos o tempo todo.

Deve ser assustador ver isso

O Mundo das Maravilhas é algo realmente lindo. É incrível como as coisas lá parecem realmente ter saído de uma história, mas isso é facilmente explicado se pensarmos no fato de que tudo pode ser uma simples criação da mente da Sana. Levando em consideração todas as memórias representadas ali, e que ela já conseguiu criar outras coisas antes, inclusive seres vivos. Volto a pensar se tudo o que ela cria é realmente real. Como ela consegue criar uma coisa viva? Se tudo que ela criou for de verdade, ela possui um poder que qualquer um brigaria para ter. Ela simplesmente pode criar qualquer coisa, além de fazer muitas outras coisas que não foram totalmente exploradas. Não sei se a existência desses poderes serão explicadas até o final do anime, mas acho que seria muita coisa para se falar em muito pouco tempo.

Obviamente o Zouroku e a Sanae não iriam conseguir ficar sentados esperando que alguma coisa acontecesse, mas eu não consigo entender o que eles iriam conseguir entrando ali. Até onde sabemos nenhum dos dois possuem qualquer tipo de poder, então seria totalmente arriscado entrar naquele mundo desconhecido, onde qualquer coisa pode acontecer, inclusive ser esmagado por porcos gigantes, ou desaparecer em um buraco que apareceu magicamente no chão.

Acho que se fosse um anime mais sério, eles teriam mandado outras pessoas para essa busca, porém isso tudo é realmente a cara de Alice to Zouroku. Acredito que isso se encaixa perfeitamente nesse ar mais engraçado que a história já tem. Zouroku obviamente é um herói para Sana e nada melhor do que ele se aventurar por aquelas terras atrás dela, para reforçar isso.

Ela tem umas memórias um pouco esquisitas

Foi bonito ver a interação das duas meninas perdidas ali. Talvez Sana consiga salvar Hatori dessa vida dramática. Espero que as duas virem amigas de verdade e que ambas se ajudem, já que a Hatori precisa muito de alguém para guiá-la nesse caminho, pois ela está totalmente perdida.

Será que elas vão se dar bem?

No mais, acho que existe muita coisa acontecendo nesse momento e eu não sei como tudo irá ter um fim, mas acredito que a história está indo por um bom caminho. Estou empolgada com tudo e espero que o final seja tão bom quanto eu imagino.

Comentários