Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Depois de sermos apresentados aos personagens, enfrentarmos alguns vilões e termos um ótimo arco com um campeonato, nada mais justo que os estudantes passarem por estágios. Isso me lembrou o que acontece em Shokugeki no Souma, quando, depois do torneio, os alunos também fizeram estágios com chefes de cozinha reconhecidos. Parece que isso está virando tendência nos animes shonen.

Curta o anime21 no facebook:

Eu acho bem interessante essa ideia, principalmente porque lembra a vida real. Depois de enfrentarmos o monstro do vestibular e entrarmos no campeonato da faculdade, os estágios surgem naturalmente. É realmente uma ótima oportunidade para ter uma experiência com quem entende do assunto, se tornando um aprendizado fundamental para qualquer um que queira se tornar um profissional… Mas peraí, por que eu estou dando dicas sobre vida acadêmica mesmo?

O episódio em si foi bem leve e tranquilo, contando um pouco da vida dos personagens pós-festival esportivo. Mesmo não tendo lutas emocionantes ou coisa do tipo, acho que My Hero Academia sabe lidar muito bem com a parte “slice of life” dos estudantes. Tivemos ótimas cenas de comédia, como a escolha dos nomes e logo na cena de abertura, com a reação de Izuku ao perceber que agora é famoso.

Aquele momento em que está passando My Hero Academia em My Hero Academia

Falando em escolhas de nomes, existe algo mais heroico do que isso? O anime soube deixar bem claro a importância que esse momento tem na vida de um herói e de como um nome ruim pode afetar negativamente sua carreira. A grande questão que vejo nisso tudo é se eles vão realmente usar esses nomes de heróis, já que nos acostumamos com seus nomes reais.

Como esperado, tivemos nomes engraçados, simples, mas em geral criativos. Por exemplo, não tivemos nenhum “super alguma coisa”, mas infelizmente tivemos “alguma coisa man”, porém foram de personagens que ninguém liga. Um dos meus preferidos é o da Uraraka, que juntou seu nome com “gravity” – Uravity.

Esse cara só pode ser o pai dele

Izuku também acabou escolhendo um ótimo nome, principalmente pela história dele. O personagem foi apresentado como Deku e ele aprendeu a gostar desse nome por causa da Uraraka, então foi uma escolha bem melhor do que All Might Jr. ou Super All Might. Todoroki e Iida escolheram seus próprios nomes, mas Iida tem uma história mais densa sobre isso. Antes mesmo desse episódio, achava que ele escolheria o nome do irmão para homenageá-lo de alguma forma, mas isso acabou não acontecendo.

Eu adorei essa cena. Pode até rolar um My Hero Academia Zero com eles.

Sabemos que Iida está querendo se vingar pelo que aconteceu com seu irmão, o que explica o lugar que ele escolheu para estagiar. Podemos esperar um Iida vs Stain em breve, mas não faço ideia de quem leva a melhor. De qualquer forma, o personagem está mudando aos poucos e deixando de ser o bobão que conhecíamos, o que é uma ótima notícia. O arco de Iida deve se aprofundar melhor nos próximos episódios, e parece ser um dos desenvolvimentos mais interessantes.

Voltando ao assunto dos estágios, algumas escolhas dos personagens, além de Iida, revelam muito do caminho que eles vão tomar. Por exemplo, Uraraka vai seguir por um lado diferente do que era previsto pelos seus poderes, explorando mais sua força física. Eu particularmente acho uma ótima ideia, já que a gravidade é algo forte o suficiente para servir como ataque e não só para salvar pessoas. Se pararmos pra pensar, o poder dela pode ser usado como algo voltado para telecinese também.

Segundo o dicionário, “diligência” tem a ver com cuidado e zelo, então acredito que isso possa ter a ver com a mãe de Todoroki

Enquanto isso, Izuku vai finalmente aprender a controlar seus poderes. Gran Torino é o famigerado herói que treinou All Might e não existe pessoa melhor para ajudar nosso protagonista. Não era possível Izuku continuar lutando se ferindo daquele jeito, o que já refletiu negativamente no número de estágios que ele recebeu. Inclusive, acho ótimo que o personagem principal não seja o que mais recebeu propostas.

Podemos esperar algum método ou talvez um novo ataque especial que ele possa aprender para ficar forte o suficiente a ponto de enfrentar alguém como Stain. Esse momento do anime me lembra o treinamento de Naruto com Jiraya, quando ele aprende o Rasengan, então deve acontecer algo parecido aqui.

Vale lembrar que na próxima semana não teremos episódio novo de My Hero Academia. Ele retorna no dia 8 com um novo arco, focado em Stain e no treinamento de Izuku. Com isso, teremos uma nova abertura, um novo encerramento, e provavelmente um novo tom. Espero que possamos ver mais dos outros estágios, e não só de Izuku, para continuarmos acompanhando a trajetória dos heróis.

Combina perfeitamente, mas qual foi o nome que Bakugo escolheu mesmo?

Comentários