Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Ainda estou atrasado em relação a este anime, mas em breve estarei em dia. Dito isto, vamos ao que realmente interessa!

Curta o anime21 no facebook:

A cidade de Manoyama está comemorando o vigésimo aniversário de fundação do Reino de Chupacabra. Este reino fictício foi criado com a finalidade de atrair turistas, e no início a ideia chegou a dar certo, mas logo em seguida veio o declínio. Hoje, o Conselho de Turismo local tenta devolver a esse reino seus tempos gloriosos, a fim de revitalizar a pequena, mas simpática cidade de Manoyama.

Para promover as festividades, o Conselho de Turismos tentou se aproveitar de um famoso programa de TV, que teve a ideia de acompanhar o dia a dia das meninas enquanto elas trabalhavam para realizar o festival de fundação do Reino de Chupacabra. Uma reportagem mostrando o trabalho das garotas para revitalizar a cidade onde vivem é uma excelente forma de divulgar a cidade, mas as coisas não acabaram saindo como o esperado. O programa estava interessado na audiência e não em mostrar como aquela cidade pode ser interessante.

Para a produção do programa (exceto para o apresentador) valia tudo pela audiência, tanto que a equipe responsável pelo programa chamou uma banda famosa para chamar a atenção do público (tando de quem foi ver o show, quanto dos telespectadores do programa).

Essa imagem é o símbolo do desprezo dos visitantes pela cidade de Manoyama

Nesse arco foi interessante ver que a cidade não estava preparada para receber multidões e que devido ao show de uma famosíssima banda de rock, o festival que o Conselho de turismo estava promovendo tomou grandes proporções, mas mesmo assim a organização deu conta do trabalho (claro, contando com a ajuda do programa de TV).

Embora o show tenha sido um sucesso, o evento não conseguiu atingir o seu principal objetivo, que é de fazer com que as pessoas pudessem voltar à cidade. Aquela multidão toda que estava ali não era pela cidade e o festival em si, mas sim por uma banda de rock. Esse fato mostra que para as pessoas de fora, Manoyama não tem atrativos, sendo apenas uma cidade que fica no meio do nada, portanto, isso significa que os esforços para atrair turistas não têm dado muito certo.

Como “Rainha”,  Yoshino se sentiu decepcionada com os seus próprios resultados, pois ela veio para a cidade (mesmo sem querer) para devolver a glória de outrora ao fictício Reino de Chupacabra, e consequentemente ajudar a revitalizar aquela cidade.

O sucesso do festival só serviu mesmo para a emissora de TV, e ainda assim eles editaram para ficar mais chamativo para os telespectadores. Não adianta atrair uma multidão se eles não voltarão mais naquela cidade. Tudo não passou de uma jogada de marketing pra atrair a audiência do programa de televisão.

Voltando a falar sobre a Yoshino, ela pode estar considerando que todo o trabalho dela foi em vão, entretanto ela ajudou a resolver os dramas pessoais de suas companheiras de trabalho. Fora o fato da sua alegria contagiante animar o ambiente de trabalho do Conselho de Turismo.

O artigo fica por aqui, e até a próxima!

Comentários