Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Calma aí, MAPPA, literalmente, calma aí. Eu tô surpreso, de verdade. O motivo? Esse episódio 1 de Altair foi uma das coisas mais rushadas que já vi na minha vidinha de quase duas décadas. Sinceramente, se alguém chegasse em mim e dissesse que esse episódio adaptou o volume 1 do mangá por inteiro, eu acreditaria. Sério, imagina que esse episódio é uma pessoa X, agora coloca essa pessoa X para disputar uma corrida de 100 metros rasos contra o Usain Bolt. Vai lá, pode por. Eu te garanto que esse episódio 1 de Altair ganha com folga.


Anime21 Diário

Informe o seu e-mail para receber gratuitamente as atualizações do blog!


Primeiro de tudo, o que diabos é um “Pasha”? Bom, para explicar o que exatamente é isso, terei que começar do início, obviamente. Como já deu pra perceber, a trama de Altair se passa em um mundo fantasioso, porém, também é claramente notável que nesse mundo fictício existe uma representação da Turquia.

Por falar nisso, a ambientação dessa Turquia e a caracterização dos turcos ficou bem legal, essas duas coisinhas foram algumas das poucas coisas que gostei em Altair. E eu tenho um motivo para ter gostado especificamente dessas duas coisas um tanto quanto “bobinhas”; no caso, gosto bastante de tramas que fazem referência a antiguidade dessa “área” que hoje conhecemos como Oriente Médio.

Parece que fugi um pouco do assunto, não? Enfim, aquele que conseguisse alcançar o cargo militar de nível mais alto dentro do Império Otomano recebia o título de Pasha. Normalmente, esse título era cedido a generais, governadores e sultões. Para quem ainda não entendeu, o título de Pasha basicamente se equipara ao título de um Cavaleiro Britânico.

Eu aposto uma moeda de ouro que quase ninguém sabia o que diabos era um “Pasha”. Aliás, o fato do anime esperar que saibamos de tudo o que tá rolando, sem nem mesmo explicar, foi algo que me deixou extremamente irritado. Sendo sincero, por exemplo, já tinha uma noção do que era um Pasha, mas o problema em si é que isso não é uma informação obrigatória, como já disse, aposto que quase ninguém sabia o que era. E isso não aconteceu só em relação a essa droga de Pasha — que os personagens repetiam a cada cinco frases — um monte de coisas diferentes aconteceram nesse episódio, e eu tenho a leve sensação que o anime esperava que soubéssemos de tudo o que estava rolando.

Só pra concluir, pelo que já que ficou óbvio, esse anime vai ser mais rushado que um trem bala motivado. Tudo foi tão rápido. Essa rapidez toda definitivamente não foi nada boa. Quando eu entendia o que tava rolando em determinado momento X, do nada dropava uma cena Y totalmente diferente na minha cara. A trama desse episódio não teve foco nenhum, foi algo extremamente desagradável de se assistir. Além do mais, essa rushada monstruosa — que presenciei com um peso no peito — também tirou o foco dos personagens, mal deu pra ver eles direito, toda hora aparecia um novo. Pelo menos os designs de alguns desses personagens estão legais, mas nada de “UAU”. O que mais eu poderia esperar de Altair? Algo extremamente rushado, com uma animação mediana-ruim, com um plot provavelmente clichê e personagens genéricos? É, provavelmente algo assim. Dá-lhe, MAPPA!

Comentários