Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Profana Lúcifer, Rainha Demoníaca do Orgulho, Líder dos Sete Pecados Capitais, aquela que morreu para nos salvar e ressuscitou no terceiro minuto.

Não tô forçando a barra não! foram realmente três minutos entre Lúcifer cair, abatida por Miguel e o ressurgir após o sacrifício da Virgem Maria.

Alerta: Assistir Sin: Nanatsu no Taizai causa heresia e excomunhão. Mas se você já chegou até aqui comigo, é tarde demais de todo modo.

Curta o anime21 no facebook:

E que final, hein? Digo, nada além de clichês, nada inesperado, nenhuma grande reviravolta, mas foi divertido pra diabo mesmo assim. Deus me fulmine se eu estiver mentindo. E não deixou de ter algumas surpresas, mais alguns detalhes extras que mostram que o autor disso fez bem a sua lição de casa e pesquisou direitinho, ou, talvez, tenha feito um pacto com o demônio mesmo.

Miguel chega no inferno prometendo fazer o diabo

Já sabíamos que o plano diabólico de Deus era mais ou menos o apocalipse: destruir a Terra e o Inferno, com toda a humanidade e todas as almas encerradas nesses reinos, e reconstruir o mundo, instaurando enfim a Nova Ordem Mundial. E bom, embora eu tenha usado a palavra “apocalipse” aqui como “fim do mundo”, esse absolutamente não é seu significado bíblico. O fim do mundo bíblico é o Juízo Final, enquanto o Apocalipse começa com a própria revelação que João teve na ilha de Patmos e o levou a escrever o … Apocalipse. Sabe qual é o problema aqui? Apocalipse não significa “fim do mundo”, mas sim “revelação”. Nas versões em português da Bíblia, a palavra “Apocalipse” foi apenas transliterada ao invés de traduzida, e assim o Livro da Revelação passou a ser conhecido como Livro do Apocalipse, ou Apocalipse de João.

Encurtando a história, muita coisa acontece entre a revelação em si e o Juízo Final, incluindo a vinda do Anticristo, os Cavaleiros do Apocalipse, o retorno de Jesus e um governo seu na Terra que duraria mil anos, enfim, praticamente tudo. Só então o Juízo Final. Claro que não sabemos de toda a história do mundo de Sin: Nanatsu no Taizai, mas acho razoável supor que nada entre a Revelação e o Juízo Final aconteceu, ou se algo aconteceu, foi uma coisa ou outra apenas. O Deus desse anime está queimando etapas, descumprindo a Sua própria Palavra (a não ser que a Bíblia deles seja diferente – e bom, Lúcifer existe como anjo, então talvez seja, né?). Dá para entender a revolta de Lúcifer. Quero dizer, matar todo mundo assim, sem mais nem menos, já seria bem ruim em qualquer circunstância, mas é tanto pior quando se considera que não foi esse o combinado.

A não ser que se ative o modo total herege e interprete-se que Lúcifer é o novo Cristo. Viagem minha? Lógico! Mas estou falando de um anime que não se leva a sério, que é pura diversão em cima da mitologia cristã, então também posso fazer as minhas diabruras, não posso? Veja bem: Como Jesus, Lúcifer passou por privações e tentações depois de ser enviado à Terra. Ele morre e, do corpo de uma virgem, ressuscita. Ao completar esse ciclo, sua existência passa a ter a natureza de uma Profana Trindade, em oposição a Deus, que é um e é três, de acordo com a Santíssima Trindade. Deus é Pai, o Filho (Jesus), e o Espírito Santo. Essa coisa toda é tão infernalmente confusa que é um dos maiores motivos de cisma na cristandade desde os primórdios – nem todas as igrejas aceitavam o dogma do Deus Triuno, e mesmo entre as que aceitam há diferenças de interpretação.

Se nem os especialistas se entendem, eu é que não vou me esforçar demais, né? O ponto é que Lúcifer tornou-se triuna também: é o Anjo Caído, a Líder dos Sete Pecados e o Demônio Renascido de corpo humano. Se for para seguir a fundo nessa comparação, diria que o Pai está para o Anjo Caído, o Filho para o Demônio Renascido e o Espírito Santo para a Líder dos Sete Pecados Capitais. E nossa, sou ateu, mas me sinto cada vez mais condenado quanto mais continuo escrevendo esse artigo. Aonde é que um ateu vai para se confessar? Ainda há salvação para a alma que eu não acredito possuir?

Ponto extra nesse final para a redenção parcial de Belial (bom, ela só queria se vingar, mas ela é um demônio, acho que isso conta como redenção) depois de aceitar sua natureza demoníaca (reassumiu o nome da família de demônios que havia tomado para si e vestiu sua armadura), bem como para o fato da Astaroth ter, conforme eu previ, seguido-a até o fim. Ela disse literalmente isso, aliás. Ainda na linha “conforme eu previ”, Leviathan se tornou um Pecado Capital. De negativo, acho que eu queria mais participação das demais rainhas demoníacas, mas entendo que é personagem demais pra episódio de menos. E não sei como me sentir a respeito de Maria ter ressuscitado. No todo, assistir e escrever sobre Sin: Nanatsu no Taizai foi uma gratificante heresia. Rogo a Deus para que tenha gostado tanto quanto eu! E desejo que vá para o inferno quem depois de tudo isso ainda não gosta nem um pouquinho desse anime.

Acabou! Que o diabo nos carregue!

  1. Iae, conheci esse blog quando o anime estava no episodio 8 e desde então passei a ler as reviews de Sin nanatsu no taizai pois me senti na necessidade de consumir cada vez mais a obra (o blog vazia o papel da abstinencia). Mas só vi comentar agora pois tenho um problema na auto-estima.
    Eu só vim dizer que gostei de cada review e que vou sentir muita falta desse anime Ç_Ç Sin Nanatsu me ajudou muito numa obra que escrevo Online, no caso em especifico, o livro da Saga Duas almas que conta o passado da Segunda guerra santa: Fragmentos memoriais.
    Em nenhum momento estava nos meus planos criar um Pandemonio para Fragmentos, mas após ver o primeiro ep… Ele surgiu… Fui tomado por uma inspiração tão grande a ponto de desenvolver um vicio por essa obra. Graça a ela eu formei as 4 facções principais da Segunda guerra (Os anjos, Amesha Spentas, Daevas e os demonios). Por causa desse obra, os personagens mais adorados surgiram, os principes infernais (a unica exceção é a Yuzany, uma personagem minha que o pessoal gosta bastante. Até fizeram um Shipp dela com o Belfegor e estão pensando fazer uma fanfic para canonizar o casal… Então ok né, se isso ajudar na divulgação do meu livro, quem sou eu pra negar :v).
    O Pandemonios, os principes infernais, a personalidade de Helel (Lucifer no hebraico visto na biblia de Jaime) e Leviatã. algumas referencias nas aparencias de cada um e a guerra do Pandemonio (Aqueles que seguem Astarote e aqueles que seguem Belial). Tudo isso eu extrai desse anime Ecchi que acabou se tornando uma bela obra para mim por conta da ajuda, só me resta a saudade agora T-T
    Como forma de agradecimento, e uma divida pessoal minha, irei comprar alguns bonecos (a Belphegor virou meu sonho de consumo) para quitar essa minha conta, me sinto na necessidade de retribuir o favor… E também porque eu quero mais.
    De resto é só isso, dou 7,8 pro anime. Serviu muito pra passar o tempo, me inspirar, conversar no Whats e na escola, além de pensar como seria o encontro dos dois Pandemonios (meu e de Sin). Sou meio doido mesmo, liga não. Esse Blod é foda, espero comentar aqui mais vezes :v
    Até a proxima! Tinha que mostrar os meus agradecimentos para alguém ._.

    • Fábio
      Fábio "Mexicano" Godoy

      Antes de tudo, seu livro é esse aqui? https://www.amazon.com.br/Cristais-Apocalypse-Saga-Almas-Livro-ebook/dp/B01N0GHNUM

      Se um dia arranjar tempo acho que dou uma olhada, hehe.

      Agora ao que importa: MUITO OBRIGADO! Hehe, sério. É por reações como a sua que eu escrevo. Acho que o meu esforço aqui ajuda mais pessoas a terem contato com animes, e o meu objetivo para o Anime21 é esse em primeiro lugar. Seja por puro entretenimento (é divertido pra caramba, não é?), seja para trazer influências novas para a nossa cultura (e você descreveu que esse é exatamente o seu caso!), quero animes, mais animes, que mais pessoas no Brasil assistam, comentem! Não é que acho outras formas de cultura ruins; adoro um punhado de coisas, de vários lugares do mundo. Só que escolhi ser assim. A maioria das pessoas consome um pouco de tudo, conforme seu tempo disponível e seu gosto. Eu não consigo ser assim. Faço parte do clube dos fanáticos. Quero saber cada vez mais, quero saber tudo, sobre alguma coisa. Poderiam ser outras coisas, de verdade. Quando criança eu lia HQs da DC (principalmente Batman). O começo da minha vida adulta foi marcado pelo lançamento da trilogia O Senhor dos Anéis, e eu adoro aquilo de paixão, por anos foi admin de um jogo online de temática tolkieniana. Também adoro Jornada nas Estrelas e já tive minha fase trekker.

      Quando criei o blog, escolhi anime. Tinha que ser anime, há alguns anos eu já vinha assistindo cada vez mais anime. Não é melhor nem pior que nada, mas escolhi anime, e criei esse blog para mais pessoas conhecerem, terem contato, se divertirem com animes.

      O caso de Sin: Nanatsu no Taizai é particularmente delicioso quando pensamos em influências culturais, porque estamos falando de uma obra japonesa que abordou um tema ocidental. Essa influência do ocidente no Japão retornou agora que você incorporou isso em seu livro. Não acha fascinante? Eu acho. Eu fico feliz, de verdade. Mais ainda que eu possa ter tido uma participação nisso, ainda que bem pequenininha.

      Obrigado pela visita e pelo comentário! Volte mais vezes sim, acompanhe mais animes conosco! =)

      • Opa Fabio! É esse livro mesmo, mas você achou o da Amazon, este apenas inclui para um concurso. Recomendo ver o que está no site Sweek (esse ta de graça :v). Cristais do apocalypse é o livro zero, sendo Fragmentos memoriais o livro um. A influencia se Sin nanatsu no taizai está no Fragmentos. Se quiser eu te passo o link, vi que temos muita coisa pra conversa também :v
        Cristais do Apocalypse seria meio que meu livro inicial, um prototipo, mas é muito bom sim. Te entendo perfeitamente no ponto do divertimento. Esse blog é sensacional pois é bem explicado e humorado.
        Meu intuito como escritor é espalhar um pouco de cultura, mas a minha cultura, uma que não vejo aqui no Brasil. A cultura posta por H.P Lovecraft, quando for ler meus livros, você vai notar as influencias… Esse genero literario é o meu favorito, também, escrevo para aliviar minha crise de ansiedade, isso me faz bem e sempre irei continuar, até porque, existem pessoas que gostam do meu trabalho e anseiam por mais! Eu entendo muito perfeitamente a parte que você disse que o Feedback é muito importante para que possa continuar. Não parece, mas comentarios carregam uma enorme importancia, é com eles que sabe se está indo bem ou mal e é o que da forças para continuar.
        Já fui reconhecido e parado na rua, me elogiaram pela historia. Na escola teve gente que veio até mim dizer que era meu fan (serio, pense na minha alegria) e que queriam saber se eu venci o concurso (infelizmente, não venci). Na escola ainda, vejo gente conversando sobre meus livros mesmo eu não estando por perto (mostrando que não preciso puxar assunto), fiquei muito alegre ao ver alguns amigos debatendo sobre a situação de Helel (Lucifer) e da Sandra, pois ambos estão num momento dificil na trama. No curso, direto me perguntam se venci o concurso ou se consegui algum contrato… Mas o apice para mim foi quando meu amigo disse que estava escrevendo uma historia chamada Novo Mundo e que o motivo dele ter começado era por ver inspiração e confiança em mim. Até brincou dizendo que o Shun (protagonista dele) era aprendiz do Alexander (meus protagonista) e que o mesmo venerava Alexander como um deus.
        Nesse dia, tive a sensação de dever cumprimento e de mentor, foi muito satisfatorio. Desde esse dia, coloquei na minha cabeça e uma promessa para mim mesmo: “nunca pare de tentar, nunca desista e sempre continue fazendo o que lhe agrada. Não parece, mas existem pessoas que te apoiam”.
        Essa também é uma frase que passo para você, Fabio. Nunca desista dos seus sonhos e nunca deixe ninguem lhe colocar pra baixo. Teu blog é incrivel e sempre vai existir pessoas apoiando. Em toda minha vida, achei que estava escrevendo apenas como forma de terapia, mas vi que existia pessoas gostando do meu trabalho. Desde então, não escrevo dizendo eu, mas sim, Nós!
        Se você quiser passar alguma rede de contato, posso passar os livros que tenho online até o momento, debater sobre eles, conversar sobre animes e outras coisas :v Vejo que você é gente boa e tem a mesma mania de correr atras para saber tudo de uma coisa quando gosta dela XD (fiz isso com os mitos dos demonios e anjos. Além de outras lendas, como dos persas).

      • Fábio
        Fábio "Mexicano" Godoy

        Quando eu tiver tempo (haha, como se eu fosse ter tempo agora que recomeçou a faculdade … bom, sonhar ainda é de graça, né? =D) vou perguntar direto pra você então por onde começar a ler 😉

        Sobre contatos, opa, claro, como não!

        Meu Facebook pessoal: http://facebook.com/mexicano21

        Outros canais do blog:

        Fanpage no Facebook:
        http://facebook.com/animevinteum

        Twitter:
        http://twitter.com/_anime21

        Servidor no Discord (entra lá pra ter contato com _quase_ toda a equipe do blog!):
        https://discord.gg/BHEAfet

        Até! =)

Comentários