Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Eu sou uma pessoa chata no que diz respeito a assistir animes. Vejo do começo até o fim, sem interrupções – e urjo a todos que façam o mesmo! Abertura, encerramento, prévia do próximo episódio, recordação do que aconteceu até então, não pulo nada, não corto nada, tudo é importante. Por quê? Penso que seus criadores o projetaram para ser assim, querem que eu veja assim. De outra forma a experiência seria incompleta, pois eu correria o risco de não compreender o que quiseram transmitir.

Então eu presto atenção em tudo, certo? Em teoria. Na prática eu perco detalhes com alguma frequência. Não percebi, não até alguém me dizer isso, que os episódios de Princess Principal estão sendo transmitidos em ordem embaralhada. Claro que eu percebi que do primeiro para o segundo episódio houve uma volta no tempo, isso a história deixou evidente. E do terceiro para esse quarto episódio, pularam a chegada da Chise – o anime já deixou claro que irá apresentar apropriadamente cada personagem. Mas qual veio antes, esse episódio ou o primeiro? Parecia algo entre charada e irrelevante para mim, mas nunca foi uma informação escondida para começo de conversa. A resposta está nos títulos dos episódios: o episódio 1 é o Caso 13. Esse é o Caso 9 – anterior, portanto. Estava lá e eu não vi. Vou prestar mais atenção agora.

Como seria de se esperar, os episódios 2 e 3 são, respectivamente, o Caso 1 e o Caso 2.

Ler o artigo →

Olá, pessoal! Aqui estou eu, Tamao-chan, trazendo mais um artigo de Aoyama-kun!

E em meio a tantas coisas acontecendo no episódio, na verdade o foco é apenas um: Tsukamoto! Como cobri Days aqui no anime21 por 6 meses, tenho uma certa experiência com esse sobrenome OSIDJFOISD. Porém, o Tsukamoto de Days, apesar de todo o desprezo que lhe foi dado no início, continuou treinando, e o Tsukamoto de Aoyama-kun não quer se dedicar às boas jogadas, e sim à palhaçada!

E ele não faz isso sozinho: também tem seus outros dois amigos para ajudá-lo com esse objetivo, então acabaram sendo definidos como os três patetas. Instintivamente, me fez lembrar daquela série Os Três Patetas, a qual passou entre os anos 1922 e 1970, contando com um conjunto de curtas-metragens, contando com uma comédia muito pastelão.

Ler o artigo →

De certo modo, esse episódio 4 foi o melhor até então, mas não diria que foi perfeito. O episódio em si começou muito bem, mas se perdeu no fim com uma ação mal animada e mal desenvolvida. Apesar dos pesares, eu farei vista grossa e irei falar apenas do lado positivo deste episódio, só pra variar um pouco.

Ler o artigo →

Já está ficando repetitivo eu falar isso em todo post, mas tivemos mais um episódio sensacional de My Hero Academia. A batalha no beco contra Stain terminou, tivemos uma pequena mostra do que Endeavor é capaz de fazer, além de um final, no mínimo, surpreendente. Meus amigos, que anime!

Ler o artigo →