Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Já está ficando repetitivo eu falar isso em todo post, mas tivemos mais um episódio sensacional de My Hero Academia. A batalha no beco contra Stain terminou, tivemos uma pequena mostra do que Endeavor é capaz de fazer, além de um final, no mínimo, surpreendente. Meus amigos, que anime!

Curta o anime21 no facebook:

Pra começar, Iida finalmente entendeu que a vingança nunca é plena, pois mata a alma e a envenena. Isso já era esperado e estou torcendo para um amadurecimento do personagem após esse acontecimento. Espero que ele passe a usar o nome Ingenium para homenagear o irmão, mas isso só deve acontecer depois de alguma provação, já que no momento Iida se sente um bosta.

Essa imagem tava pedindo pra ser capa, mas aí veio o Stain e vocês sabem o resto

Enquanto isso, podemos perceber nessa luta contra Stain o nível de cada um. Izuku teve uma melhora na sua habilidade, pois se ele estivesse usando o antigo One For All, provavelmente teria durado nem metade do episódio anterior. Iida ficou metade desse episódio paralisado, mas compensou dando o golpe final.

Enquanto isso, está nítido que Todoroki é o mais avançado entre todos os alunos. Inclusive, ele com certeza teria vencido o Festival de Esportes se estivesse usando suas duas individualidades. Como ele mesmo disse, ainda está aprendendo a controlar seu lado esquerdo, e acredito que ele possa chegar no nível do pai e de superá-lo algum dia. Aliás, ainda quero ver uma luta entre os dois.

Por falar em Endeavor, o herói número 2 do anime, testemunhamos um pouco de seu potencial na batalha contra os Nomu. Além de ser poderoso, ele ainda é inteligente, usando muita estratégia para vencer os adversários, como pensar nas células carbonizadas para deter a regeneração. Quem ia pensar em um negócio desses? Além disso, sua individualidade não se resume apenas no ataque, mas também em funcionalidades, podendo até escalar paredes. Pensando bem, parece que Todoroki ainda tem muito que aprender.

Que homão da por$%!

Além de tudo isso ter acontecido em um único episódio, a maior surpresa se revelou nos minutos finais, com o surto de Stain. Assim que sua máscara caiu (literalmente) todos os personagens ficaram paralisados e a cena em si ficou muito muito aterrorizante. Até o Endeavor, que eu estava elogiando um parágrafo atrás morreu de medo. Eu nunca esperaria algo parecido de My Hero Academia.

Se até o Endeavor ficou desse jeito, o negócio realmente ficou tenso

Não sei exatamente se isso tem a ver com a queda da sua máscara, mas alguma coisa engatilhou isso. Uma das minhas suposições é de que esse possa ser seu verdadeiro poder, já que também está envolvido com paralisar as pessoas. Acho pouco provável que todos simplesmente ficaram com medo porque viram a cara feia dele. Pelas suas ações, Stain pode ter sido um herói no passado ou até mesmo ter trabalhado ao lado de All Might. Aliás, cadê ele nesses momentos de agonia e desespero?

Ninguém mandou só aparecer no final do episódio. Agora Stain é o Best Vilão.

Outra coisa que fiquei pensando ainda sobre esta cena, é que se Stain não tivesse recobrado a consciência e matado aquele Nomu, provavelmente Izuku teria sido raptado pelo nosso amigo com coceira, vulgo Tomura. Já pensou no problema que isso teria dado? De qualquer forma, acho que isso ainda pode acabar acontecendo mais pra frente.

É com essas imagens de horror ainda na minha mente que termino o artigo de hoje. Nos vemos na próxima semana e PLUS ULTRA.

“Eu soube mais tarde que ela havia durado dois episódios”

  1. Quando li o mangá, o que deu a entender na cena da paralisia foi que todos ficaram sem reação por conta da intensidade assassina que o Stain emanava. Posso estar errado nessa interpretação e sua versão do ocorrido é bem interessante também, seria uma versão paralisante do poder do Eraserhead.

Comentários