Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Olá, pessoal! Aqui estou eu, Tamao-chan, trazendo mais um artigo de Isekai Shokudou!

E aqui nós temos mais um personagem que apareceu no primeiro episódio! O homem-leão, aquele que queria mais um prato de Katsudon, enquanto todos os outros estavam querendo disputar qual era o prato que mais combinava com arroz. Aquele que gritou quando sua ordem não estava sendo atendida, assim como o mago, o espadachim e o homem-lagarto. Inclusive esse mesmo mago ancião apareceu neste episódio também. São coisas fantásticas que você encontrará neste anime!


Anime21 Diário

Informe o seu e-mail para receber gratuitamente as atualizações do blog!


E, bom, já estamos quase chegando na metade da obra e várias coisas interessantes acontecem em cada episódio. Em relação ao episódio dessa semana, não deixa de ser diferente, já que temos um enredo composto primeiramente de altas vitórias e depois de alguém, que deveria ser supostamente vegana, comer algo composto de leite e ovos.

A começar pelo homem-leão, tão altivo em sua boa forma, mas perdendo para um meio-elfo, que o prendeu e fez com que a fera esperasse por seu leito de morte ao lutar contra uma manticora, tudo para conseguir a sua liberdade. Mas o que diabos é uma manticora? Por ser uma criatura mitológica, ter misturas com várias outras é normal. Deve-se ter várias características, porém as mais comuns são rosto humano, corpo de leão, asas e cauda de escorpião(pode ser de dragão também). Mais detalhes se encontram neste site.

Mas como tudo neste anime envolve a porta do restaurante, Nekoya, não perderam a chance de fazer com que o leãozão entrasse e pedisse por algo. E, por mais que quisesse a vitória e comesse quantas tigelas de Katsudon quisesse, não tinha dinheiro para nada. E aí que me chamou a atenção(e do meu namorado também): ele se esqueceu completamente da liberdade para poder pagar o que deve ao restaurante. O objetivo não é mais sair daquela jaula, e sim vencer quantas batalhas conseguisse para poder pagar e se deliciar com mais katsudon. Isso rendeu vitórias durante anos, mas nada se sabe se ele venceria aquele meio-elfo que o venceu na outra vez.

O urro da vitória!

E não podemos nos esquecer também da princesa Vitória, uma meia-elfa que tem sua habilidade voltada à magia. Em meio ao episódio, também surgiu uma dúvida: mas elfos não são veganos? Como ela pode comer algo que leva ovos e leite? A resposta plausível que meu namorado encontrou foi pelo fato dela ter nascido e ter sido criada em meio aos humanos. Com isso, os seus gostos ficaram menos exigentes, e ela pode ampliar o seu cardápio.

Mas outra dúvida também acabou surgindo: como uma meia-elfa foi concedida por dois humanos? Será que alguém pulou um cercadinho élfico?! O que veio à minha cabeça era justamente uma questão genética. O fato de ter genes dominantes e recessivos, e que de brinde algumas características que vieram de algum dos antecessores, fez com que a menina se tornasse metade elfa e metade humana. Por ter características élficas, o gene para que isso aconteça é dominante, sendo E(elfa) e h(humano), então Ehxhh ou EExhh, mantendo também os gostos humanos intactos. Mas o artigo acabou se tornando algo mais científico, como assim?! O fato é que a princesa Vitória não é nem um pouco rígida, e deixou a garota demônio estupefata.

Duas criaturas semelhantes, porém bem parecidas.


RECEITAS QUE APARECERAM EM ISEKAI SHOKUDOU:

  • Primeira receita: Katsudon(um prato para vencedores! Katsu = vitória)

Já que é costela de porco com arroz, a origem do nome vem de tonkatsu(costela de porco) com don(de donburi, que são pratos servidos em uma tigela de arroz):
Ingredientes do tonkatsu:
1 filé de lombo ou bisteca suína
70 gramas de cebola cortada em fatias finas
1/4 de ovo que será usado para empanar
Panko (farinha de rosca japonesa)
Sal e pimenta à gosto
Ingredientes do molho:
50 ml de água
1 colher de sopa de shoyu
1 colher de sopa de mirin
1 colher de chá de açúcar
Ingredientes do molho:
1 ovo para a cobertura do tonkatsu
Salsa japonesa (mitsuba) ou cebolinha picada
O modo de preparo da receita encontra-se neste link: http://www.japaoemfoco.com/katsudon-uma-refeicao-popular-no-japao/

  • Segunda receita: pudim(o “à moda da casa” vem a gosto).

Para esta receita, peguei uma de Pudim de Pão à moda da casa porque me pareceu mais completa:
Ingredientes
Massa:
6 pães amanhecidos
2 ovos
2 colheres de margarina
1 1/2 xícara de açúcar
1 vidro de leite de coco
1 litro de leite
1 colher de pó royal
Calda:
100 g coco ralado
2 xícara de açúcar
1/2 xícara de água
O modo de preparo se encontra neste link: http://www.tudogostoso.com.br/receita/116738-pudim-de-pao-a-moda-da-casa.html


Bom, este episódio foi igualmente espetacular, mesmo tendo menos comentários estilo MasterChef que os outros, por conta do vocabulário limitado do “Rei Leão”, porém a princesa Vitória supriu essa falta. Ainda há uma riqueza de detalhes, tanto na questão dos alimentos, quanto no design dos personagens, o que deixa as emoções de cada um deles mais reais, e também nos dá aquela vontade de provar todos os tipos de comida que o anime vem trazendo, sejam orientais ou ocidentais.

Muito obrigada por lerem até aqui, e até o próximo artigo!

Comentários