Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

 “Não devemos nos irritar com quem esconde a verdade da gente quando frequentemente escondemos a verdade de nós mesmos.”

Assim como alguns outros animes da temporada, Youkosou está perdendo seu rumo principal. A luta da classe D para chegar ao topo ficou meio de lado neste episódio, que teve um grande (e estranho) foco naquela declaração que houve na turma B. Mas por que isso? Acredito que para apresentar aquela personagem, que parece tão genérica quanto a que se revelou no último episódio.

Curta o anime21 no facebook:

Outros fatos importante ocorridos aqui são: Aquela baladinha estranha que mostrou um personagem, provavelmente da turma A, usando de seu poder para fazer alguns alunos da turma C tentarem incriminar o Ruivo da turma do protagonista, o qual eu não lembro de modo algum o nome. Isso de certo modo demonstra o interesse da turma A na D. Será por causa da presença do Ayanakoji? Ou talvez eles sempre façam isso. Além disso, houve a Garota legal da turma B, a qual recebeu a declaração, ter, aproximadamente, 2.600.000 de pontos; e a garota da classe D não querer, por medo ou algo assim, se envolver no assunto do Ruivo.

E o episódio foi somente isso. Sobre a inconstância que está no título, trata-se basicamente do fato de Youkouso começar totalmente interessante, sem forçar coisas demais, e do nada enfiar uns personagens novos e misteriosos sem motivo aparente. Como o Fábio e eu citamos, este anime representa uma miniatura da sociedade japonesa. Os grandes e poderosos, para protegerem seus postos, fazem de tudo. Usam e abusam violentamente do seu poder para continuar no topo. Os fracos e com armas, para talvez tirarem do poder os grandalhões, se escondem, têm medo, não querem se envolver com problemas, e alguns, os mais inteligentes, tentam de tudo para superar os antagonistas, que é o caso do Ayanakoji e da Horikita, por exemplo.

Eu sempre sentia que a frase que aparece no começo do episódio dizia algo sobre ele, mas esta não diz tanto, pelo menos ao meu ver. Por isso, apenas hoje, eu espero, não termos uma lei do livro, e sim uma pequeníssima fábula que tem haver com a frase do inicial. Está fábula está contida no livro.

 A raposa e as uvas

 Uma dia, uma pequena raposa viu no topo de uma árvore um lindíssimo cacho de uvas. Com água na boca tentou pegá-las inúmeras vezes sem sucesso. No fim da tarde, encontrou um de seus amigos e lhe contou sobre um cacho de uvas que parecia um tanto azedo numa árvore ali perto.

O que a fábula quer dizer é que, para superar coisas que não conseguimos alcançar por serem impossíveis para nós, devemos, para manter nossa saúde mental em dia, nos convencer de que não era tão importante para nós termos aquilo que desejávamos naquele momento.

 Isso é tudo que temos para hoje. Espero vir no próximo episódio com mais coisas a comentar com vocês. Até a próxima <3!

 

Comentários