Essas mãozinhas...

Com a sequência de episódios incríveis desde o oitavo, ocupando o topo do meu saldo semanal desde então (e vai estar no topo dessa vez também, já adianto), com um bom começo e com um meio que, se não foi excelente, variou entre razoável e bom, Euphonium se tornou um sério candidato a melhor anime da temporada antes mesmo de eu assistir seu episódio final. Tendo assistido-o, e tendo assistido o final de quase todos os demais animes que acompanhava, não me restam mais dúvidas: é o melhor da temporada.

Ler o artigo →

Até onde consegue levar seu bombardino, Kumiko?

Episódio totalmente dedicado ao esforço da Kumiko em tocar melhor e coisas que decorrem disso, sem no entanto deixar de lado os demais personagens e o que vem acontecendo. Se esse episódio fosse uma peça orquestral, teria sido o momento em que o instrumento Kumiko se sobressai e os demais o seguem harmonicamente. Um episódio perfeito para a véspera do gran finale.

Ler o artigo →

Quantas interpretações possíveis há para essa cena?

Quarto episódio seguido de Euphonium que eu avalio com nota máxima. Começo a achar que não sou capaz de avaliar corretamente esse anime, sei lá. Eu simplesmente estou adorando todos os episódios desde o oitavo, alguns mais e outros menos, e repetiria tudo o que disse sobre os anteriores. Mas não posso evitar me perguntar se estou certo, se o anime é mesmo assim tão bom, ou se eu que estou com a percepção sobre ele prejudicada por algo intenso e pessoal. Bom, entre tantas coisas acontecendo achei importante, no artigo desse episódio, falar sobre percepção. A Hazuki e a Midori já perceberam que a Kumiko gosta de passar tempo com a Reina (não sei se perceberam mais do que isso). A Asuka parece ter percebido que a Kaori se importa muito com o que ela pensa. Kumiko e Reina percebem alguma coisa uma na outra e em si mesmas, mas … o que elas realmente percebem?

Ler o artigo →

Você é cruel, Reina. Dá esperança pra Kumiko e depois diz a ela que ama outra pessoa

Mal as audições acabaram e a banda já entrou em crise de novo. Dessa vez espalhou-se entre os alunos que o professor Taki já conhecia a Reina de antes deles chegarem a escola, e daí a isso se transformar em suspeitas de favorecimento foi uma ilação bem simples. Não há nada que prove que o professor venha favorecendo a trombeteira, mas como ter certeza que não houve favorecimento? Considere que ela ganhou a posição de solista em detrimento de uma das mais queridas componentes da banda e a suspeita se torna em certeza e as chamas da desconfiança se alastram. Qual a relação entre os dois? Como eles vão reagir? O que outros membros importantes da banda farão? O que a Kumiko pode fazer?

Ler o artigo →

O pavor da Kumiko enquanto a Natsuki entrava na sala para a audição. Ela era a próxima

Não tão espetacular quanto o episódio da semana passada, mas aquele é um nível difícil de manter e nem sempre desejável, não é? Mesmo assim, por seus próprios méritos esse foi um episódio excelente. É a audição! Todos estão se preparando para isso há muito tempo, com o festival tendo sido apenas um alívio, não estão? Agora chegou a hora de cada um deles mostrar ao professor Taki porque deveriam ir para o concurso. No caso das trombetas há uma disputa adicional: quem deve ser a solista. E no caso da Kumiko, há mais uma preocupação além da música…

Ler o artigo →

A Midori percebe as coisas bem mais rápido do que eu

Sabe uma coisa em que sou ruim? Bom, são várias, mas me refiro a uma que sou particularmente ruim e que tem tudo a ver com esse episódio. Com o anime inteiro, talvez. Enfim, aposto que você sabe do que estou falando. Está no título até. Sou péssimo com amor, com romance (e isso explica muito minha situação atual, mas isso não vem ao caso). Se não for algo óbvio e seguindo um conjunto de regras facilmente reconhecível (em geral aqueles que se aprende na TV), eu não vou perceber. Eu percebi com sucesso que a Hazuki estava apaixonada pelo Shuuichi, mas tanto o desenvolvimento do sentimento dela quanto seu encontro e sua rejeição seguiram regras de manual de romances adolescentes em anime do começo até o fim (apenas a declaração foi um ponto fora da curva, mas explicável). Escrevo tudo isso para dizer que eu não estava preparado para o que eu iria ver nesse episódio.

Ler o artigo →

"Você deveria ter dito não", é o que Ogasawara escuta da Asuka ao reclamar que se tornou presidente porque a outra não aceitou

Nada de música ainda, mas esse episódio se construiu sobre dois temas importantes para o desenvolvimento de seus personagens (um deles virou o título desse artigo), e ainda contou o que foi e como foi afinal a tal briga entre novatos e terceiranistas no ano anterior. Mesmo sem música, que foi o motivo pelo qual escolhi assistir esse anime, eu posso me entreter bastante com esse tipo de desenvolvimento. No final até terminou em um gancho que pode virar um triângulo amoroso no futuro, e dá-lhe drama!

Ler o artigo →