Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Olá, pessoal! Aqui estou eu, Tamao-chan, e venho com o último artigo de Fukumenkei Noise.

Juro que fiquei com medo do final ser bem ruim. O início eu achei bem clichê, depois a história foi melhorando a passos de formiga, até onde estamos atualmente, no dia do show na LogRock Horizon. Apesar do 3D exagerado, das imagens sendo repetidas várias vezes e da voz estridente da protagonista, o show foi muito bom, mesmo com todas as surpresas encontradas em meio ao seu desenvolvimento.

Além disso, a vida de Nino mudou bastante. O que será que ela pretende fazer após o seu amado Momo ter se distanciado dela? E como fica o Yuzu em meio a tudo isso?

Ler o artigo →

Olá, pessoal! Aqui estou eu, Tamao-chan, trazendo mais um artigo de Fukumenkei Noise!

E estamos na reta final. Nada melhor que um pouco de drama que, para mim, melhorou muito com relação aos primeiros episódios. Acho que está tudo mais consistente, já que os personagens vêm se desenvolvendo aos poucos, e Nino está se tornando uma excelente personagem, exceto por sua personalidade avoada e inocente. O que temos aqui é que a mãe de Momo e Yuzu vêm controlando a vida de ambos mais que o normal. Não porque elas são más (quer dizer, a mãe do Yuzu parece não querer que o seu destino seja definido pela música e sofra as mesmas consequências (que não sei quais são) que seu pai. Achava que era porque ele tinha perdido sua voz ao cantar e a sua mãe o havia proibido mas, pelo visto, é pior que isso; a mãe do Momo é bem psicótica e quer infernizar a sua vida. Mas elas acreditam que queiram o bem de seus filhos… pelo menos da parte de uma. A cada dia que passa, o relacionamento deles com as suas mães tem piorado, assim como o relacionamento de Momo com a Nino.

Ler o artigo →

Olá, pessoal! Aqui estou eu outra vez, Tamao-chan, trazendo mais um artigo de Fukumenkei Noise!

E, após a uma divertida entrevista para um programa de TV, onde “Alice” responde seriamente que seu tipo de comida preferido é espetinho de frango com cebola, um dos membros da banda In NO Hurry to Shout propõe fazer um acampamento para treinarem suas técnicas musicais. Vários animes e mangás se utilizam disso para mostrar o quanto as pessoas daquele meio melhoraram, e devo dizer que, um exemplo que comentei aqui no anime21, foi o acampamento de treino de Days que aconteceu no segundo episódio, onde Tsukushi corre na frente de todos (embora sua técnica nos jogos de futebol mesmo não tenham melhorado quase nada).

Como Nino tem treinado algumas vezes com a guitarra de Momo e deu uma parada depois da conversa naquele dia em que ela pensou que o seu amado gostava de outra e, depois de algum tempo, voltou a tocar e um dos membros a viu em ação, também foi proposto que ela cantasse e tocasse guitarra junto com o Yuzu. Muitas coisas aconteceram neste episódio, então vamos conferir!

Ler o artigo →

Olá, pessoal! Aqui estou eu outra vez, Tamao-chan, trazendo mais um artigo de Fukumenkei Noise!

Estão prontos para saber o que acho sobre o melhor episódio do anime até o momento? Nele conseguimos entender várias coisas. A princípio, aquele beijo me deixou muito assustada, mas positivamente falando. Só que eu pensei que assim finalmente a Nino entenderia os reais sentimentos de Yuzu, mesmo depois dele ter desmentido o ato. O que me agradou foi que ele conseguiu animar a protagonista de uma forma inimaginável, mesmo depois dela ter jogado a toalha.

Não acontece apenas isso, como também Momo fez uma confissão de amor para Nino, porém indiretamente. Mas é claro que todos já sabiam que ele gostava dela desde aquela época, assim como o Yuzu. Os sentimentos estão estampados na cara de cada personagem, apesar de Momo estar sempre sério e enigmático.

Ler o artigo →

A Tamao-chan já falou um pouco sobre essa cena em seu artigo sobre o oitavo episódio de Fukumenkei Noise, então posso ser mais sucinto aqui.

Nino passou seis anos da vida dela correndo atrás de Momo, seu ex-vizinho e querido amigo de infância, que desde que era pequena ou talvez em algum momento mais tarde por causa da saudade e da obsessão (acredito mais nessa hipótese) ela passou a amar. Como uma pessoa razoavelmente simplória que ela é, praticamente tudo o que fez durante tudo esse tempo foi com o objetivo de reencontrar Momo.

Quando ela finalmente conseguiu, porém, a decepção: não apenas Momo disse que gostava dela no passado como ele disse que gostava de outra garota agora. O coração de Nino se espatifou. Seis anos jogados no lixo. Em que pese eu considerar que Momo estava se referindo a própria Nino quando falou de seu “novo” amor, o fato é que Nino não entendeu assim e é isso o que importa nessa cena.

Ela finalmente alcançou Momo. Ela correu a vida inteira e agora está ao lado dele. Está andando de mãos dadas com ele, e no mesmo lugar onde haviam estado quando crianças. Mas a cena é triste, é dolorosa, Nino está chorando desesperadamente por dentro (o que ela colocaria para fora ao final do episódio). É o fim da linha. Ela não pode mais continuar – e o semáforo, elemento simbólico bastante comum em animes, está indicando exatamente isso.

Olá, pessoal! Por algumas circunstâncias da vida, venho exclusivamente hoje, nesta quinta-feira ensolarada do Rio de Janeiro (porque mesmo estando no outono ou próximo do inverno o sol é teimoso e adora aparecer), trazer mais um artigo de Fukumenkei Noise!

E eu estou aqui para dizer também que quebrei a minha cara completamente. No início do anime, achei que fosse ficar sempre aquela coisa morna e clichê e com uma personagem mais travada que uma múmia. Embora ainda ache o anime clichê, muitos elementos foram mudando, fazendo com que eu goste muito mais dele. Um deles foi o fato da Nino estar se tornando cada vez mais humana e conseguindo conhecer novas emoções e sensações que não conhecia. Outro fator também foi o triângulo amoroso, só que não é qualquer triângulo amoroso, já que ele vai deixando surpresas no caminho, e é o que veremos neste episódio. Yuzu, o menino completamente impulsivo, vai se deixar guiar pela emoção e…

Ler o artigo →

Olá, pessoal! Aqui estou eu de novo, Tamao-chan, e trago mais um artigo de Fukumenkei Noise.

Para mim, este foi o melhor episódio até agora. A história tem se tornado ainda mais consistente, e os personagens estão amadurecendo aos poucos. Dá apara ver muitas mudanças de como era a Nino no começo e como a mesma se encontra agora. Nada é tão mecanizado quanto antes, tudo tem o efeito sobre os seus sentimentos, embora tivesse sido preciso que outra pessoa lhe mostrasse a verdade.

Até mesmo Momo está mudando, principalmente por causa da sua convivência quase constante com Yuzu. E neste episódio, descobrimos que o problema com Yuzuriha é mais profundo do que se imagina. O que acontecerá de agora em diante, já que até em casa ele tem evitado de ir?

Ler o artigo →