Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Ao que tudo indica, esses 3 episódios foram apenas uma introdução, o anime de verdade só começa a partir de agora!

Junto com a segunda rodada do mini campeonato de quiz, dono dos episódios dois e três, veio a queda do protagonismo, típica de inícios de shonen. Mas essas quedas sempre vêm com pitadas de expectativas para o futuro, não é? Essa apareceu mais para o finalzinho do episódio e eu irei sim citar.

Ler o artigo →

Já tivemos as primeiras impressões mas eu vou dar uma breve palavrinha sobre o episódio um. De cara eu já amei os personagens, ambos principais têm personalidades características que os destacam das demais pessoas e dos demais personagens comuns de animes. Eles conseguiram uma maneira de introduzir a complexidade das ações dos personagens em explicações simples, que nos faz pensar que somos capazes de fazer o que eles fazem. As táticas usadas por eles são explicadas lentamente, o que torna os episódios mais fáceis de digerir, e mais gostosos de assistir também. Essa avaliação meio que vale para os dois episódios, mas vamos falar do segundo agora.

Ler o artigo →

Quantos artigos eu já escrevi até agora? Qual foi meu primeiro artigo neste blog? Qual foi o anime que eu fiz as primeiras impressões nesta temporada? (se souberem as respostas, respondam nos comentários). Para início de conversa, o que tem a ver essas perguntas com esse anime? A ligação é que as perguntas que fiz e o anime têm algo em comum: Quiz.

Tentei fazer uma introdução não muito convencional fazendo um quiz sobre mim em um artigo que fala sobre isso. Sem perder mais tempo, vamos ao que importa!

A história desse anime gira em torno de um garoto que se depara com vários clubes assim que ele chega na sua nova escola. Clubes escolares são valorizados no Japão, e os clubes com mais membros levam vantagens sobre os que têm menos. Por isso que existe o assédio para com as pessoas sem clube. Enfim, o protagonista do anime está confuso e sem saber em qual clube entrar. Ele é um garoto comum, sem grandes talentos, mas é inteligente pelo fato de ter passado muito tempo na biblioteca de sua antiga escola.

Por mais que ele seja inteligente, o mesmo não possui autoconfiança, achando que não seria útil em clube algum. Quando convidaram ele para o clube de quiz, o protagonista recusou achando que não tinha capacidade para entrar, mas mesmo assim ficou com o folheto do clube que tinha várias perguntas de quiz.

Sendo sincero, esse primeiro episódio não me agradou e nem me desagradou. Pode ser que ele melhore mais para frente, ou pode ser que não. O que eu achei interessante foi o fato de que não basta só a inteligência para vencer uma disputa de quiz, pois é necessário também raciocínio rápido e agilidade para apertar o botão antes do seu concorrente.

Eu gostei da protagonista feminina, pois aparentou ter personalidade e simpatia, embora não se saiba muito sobre ela. A mesma é muito boa em Quiz e reconheceu que o protagonista leva jeito para isso.

Obrigado a todos que leram este singelo artigo, e até a próxima!