Major 2nd 2 finalmente está de volta e em grande estilo, com mulher mostrando a homem onde é o seu lugar, que é em todo lugar, e uma partida interessante de acompanhar, seja pelo desenrolar técnico ou estratégico. O time da Fuurin começou muito bem a partida, mas a gente sabe que próximo episódio o caldo vai entornar e é na dificuldade que esse anime brilha. Vamos falar de mais um excelente episódio do anime que só marca home run?

Ler o artigo →

Então é natal, e o que você fez? A Haru não fez nada, o resto até mandou bem. A verdade é que esse episódio foi bem gostosinho de se assistir, mas me decepcionou um pouco. Contudo, o comum não é que as pessoas traiam suas expectativas às vezes? Sendo assim, não me desanimo, mas fico receoso de manter esse discurso por mais tempo, de seguir reclamando que falta “ação” no anime. Sem mais delongas, vamos de Haru mamãe noel?

Ler o artigo →

Há um bom tempo venho enveredando nos caminhos dos animes chineses e apesar de toda a questão com o idioma – pois o som é bem complicado de se ouvir e compreender -, existem algumas pérolas que merecem mais amor da comunidade otaku. Considerando que poucos conhecem dessa vertente, venho aqui defender essa divertida adaptação, sendo ela a primeira de muitas da leva que pretendo trazer aqui.

Ler o artigo →

Achei esse episódio bem fraquinho e meio confuso, referências não o salvam, não que tenham salvado nada nesse anime. Menos mal que as boas ideias continuam mais ou menos no lugar, e que, apesar de não ter curtido, o “rompimento” entre Echo e Mu pode se mostrar uma coisa boa dependendo de como for o final do anime. Eu esperava saber mais sobre o passado da heroína, mas é, não dá para ter tudo. Agora é hora de queimar Listeners!

Ler o artigo →

Ao contrário do episódio passado onde tivemos uma grande demonstração da genialidade de Kuhn, dessa vez, a ingenuidade de Bam se sobressaiu junto de alguns outros detalhes bem interessantes. Dentre muitas coisas, o episódio mostrou que Bam ainda tem um longo caminho para percorrer enquanto vai passando pelas provas e pelas provações. Hoje, a traição não foi algo que o afetou profundamente, mas quem sabe o que vai ocorrer amanhã?

Ler o artigo →

Um episódio sem programa de rádio, mas com direito a ponto de virada proporcionado pela percepção de mundo bastante característica da Minare, uma mulher que, como qualquer outra. tem pontos fracos, e um desses é justamente ter uma quedinha por caras de boa lábia que parecem precisar dela. O problema é quando o cara é um cafajeste, aí ela precisa estar “vacinada” e foi mais ou menos o que vimos em sua vingança de Schrödinger!

Ler o artigo →

Antes de partir para a resenha em si, já agora levanto um questionamento. Não sei se esse filme é um filme, no sentido cinematográfico, ou uma animação propriamente dita. A pergunta é válida, uma vez que o filme em questão se utiliza da técnica da rotoscopia. Pessoalmente não sei, mas desenvolvo no corpo do texto a apresentação dessa história.

Ler o artigo →

Realidade aumentada é um tema bem interessante de explorar, ainda mais em Sword Art Online, série multimídia que começou nos livros e ganhou o mundo com a realidade virtual “extrema” do jogo de imersão completa que dá título a franquia.

Se dá dinheiro é quase certa a produção de material original, sendo assim, Ordinal Scale (primeiro filme de fato da série) faz a ponte entre o arco Mother’s Rosario e Alicization. Vamos ver o que achei do filme?

Ler o artigo →

Parece que o plano de Akito de desgraçar a vida de todos, uma por vez, não vai ser totalmente concretizado. O macaco, o serpente e a javali não foram à viagem. Kaguya já recebeu a notícia de que o deus dos doze estava lá a convite do cão, e Isuzu (Rin) foi para lá de teimosia.

A pessoa que mais está se divertindo com tudo o que está acontecendo, além de Akito, é Shigure. Parece que ele quer que as cartas sejam postas na mesa para que haja a queda do “rei”. A falsidade do cão está mais que óbvia, embora Hatori esteja fingindo que nada está acontecendo para se livrar de um desgaste.

Ler o artigo →