Esse anime não foi maravilhoso quanto a tudo, mas entregou o que o público queria, e pelas mãos da personagem que fez por merecer esse momento, sem esquecer de dar um bom fechamento para as outras. Sofri junto com essas garotas, ri, chorei, me diverti; e agora vou guardar essa saudade com carinho, até por ter compreendido a mensagem: depois da escuridão a luz só virá com a sua escolha!

Ler o artigo →

Às vezes a palavra “decepção” pode resumir muito em uma avaliação sobre qualquer que seja o assunto discutido. O problema é quando somente essa palavra não pode resumir o sentimento, fica apenas um vazio, uma sensação de que depois de tudo que se viu… nada, digo absolutamente nada, será lembrado dessa obra, algo apenas fadado ao esquecimento. Vamos a análise do episódio final de Saredo Tsubimito Wa Ryu To Oduru.

Ler o artigo →

O episódio 12 é concentrado em Kaos-chan e em seu bloqueio criativo para dar sequência a Comic Girls. Com a boa recepção à primeira parte, a solicitação de sua continuação deixa a menina em pânico. Falar em Kaos, é falar em ansiedade crônica. Um tipo de personagem complexo (em seus nuances, em sua correspondência com o público) que necessita da empatia dos telespectadores. Em ficção, identificação e projeção em relação às personagens fazem parte da equação. Caso não haja o mínimo de interesse por aquelas vidas retratadas, é complicado o embarque satisfatório em seu enredo. O autodesprezo e o humor autodepreciativo de Kaos são as suas marcas, com a tensão e a pressão que as atinge. Em Kaos, há muito dos receios de um artista, de quem não é um astro natural ou um competente artesão, um talento em sua essência ou a soma de todos os esforços e sacrifícios. Kaos carrega um pouco de cada um que admira o palco, mas teme os holofotes, que precisa superar suas dúvidas, entraves e fragilidades (na verdade, é sempre acompanhado por elas).

Ler o artigo →

Ok, eu me sinto enganado! Claro que o anime em si não tem culpa alguma pelas expectativas que criamos, ainda mais quando ele não tem o dever de entregar o que imaginamos que pode acontecer, mas se for para falar daquela cena inicial do anime, eu sinceramente achei que em algum ponto aquilo culminaria em algo realmente sério envolvendo as duas garotas que conhecemos ao longo deste tempo – Hina e Anzu.

Ler o artigo →

Hiro estava perdido. Todos estavam perdidos. A situação pós guerra era ruim e as esperanças de um futuro melhor estavam cada vez mais fracas e distantes. E isso tudo era o esperado de certa forma, afinal, o planeta já estava prejudicado a muito tempo e sem o VIRM e até mesmo sem o conhecimento necessário, tudo se tornava pior. Como se não fosse o bastante, havia certos problemas que precisavam ser resolvidos em relação às crianças e por isso, a preocupação só aumentava.

Ler o artigo →

E quem diria que o Daru teria um trabalho de meio-período como hacker em uma loja de material para cosplay em Akiba? Na verdade, é do Daru que estamos falando, né. Sendo assim, faz sentido ele se envolver dado seu talento como super hacka. Coincidências a parte, a revelação para a Maho, a perseguição e destruição do notebook, a reflexão da garota e a sua despedida foram trechos que tornaram esse um ótimo episódio ao serem bem alocados ao longo dele. Que se abra o Steins Gate!

Ler o artigo →

Bom dia!

E bem-vindo ao Café com Anime! O projeto no qual eu, Gato de Ulthar do Dissidência Pop,o Diego do É Só Um Desenho, e o Vinícius Marino do Finisgeekis conversamos sobre os episódios de alguns animes e publicamos artigos transcrevendo nossos bate-papos.

Nessa temporada, o Dissidência Pop está publicando nossos bate-papos sobre Mahou Shoujo Site, o Finisgeekis continua publicando os bate-papos de Sakura Cardcaptor: Clear Card, o É Só Um Desenho publica os bate-papos de Sword Art Online Alternative: Gun Gale Online e Legend of The Galactic Heroes: Die Neue These, e o Anime21 publica os bate-papos de Hisone to Masotan!

Nessa edição conversamos sobre dois episódios: o 9 e o 10.

Ler o artigo →

Como já sabemos, Tsutsui muitas vezes foi um poço de vacilo ambulante. Cometia erros básicos que por muitas vezes prejudicou sua relação com Iroha e até mesmo seu melhor amigo Ito. Mas sempre conseguia consertar suas falhas e no fim, tudo dava certo. Agora, ele finalmente encontrou um desafio que talvez nunca consiga vencer e o bom de tudo isso é que sua vitória nem é necessária.

Ler o artigo →

Mais uma semana em que, Kakuriyo no Yadomeshi entrega um ótimo trabalho, entregando algo bem característico da obra que é a sensação agradável transmitida por cada episódio. Aoi novamente se metendo em uma situação complicada em busca de ajudar aqueles ao seu redor. Além disso, tivemos mais alguns pontos de desenvolvimento do relacionamento de nossa protagonista e o Rei Tenji, e para deixar aquele pé atrás talvez mais um pretendente tenha surgido para Aoi no reino oculto. Hoje marca o ultimo episódio da primeira metade da obra, ao final do artigo irei dar minhas expectativas para a próxima metade. Vamos à análise.

Ler o artigo →

Finalmente começaram as batalhas desse maldito Rating Game que parecia que não ia acontecer. Tivemos cinco batalhas que apesar de curtas, trouxeram uma boa dose de emoção e até mesmo um pouco de tensão. Houveram “mortes” dos dois lados e no fim das contas, será que no próximo episódio podemos esperar uma conclusão/luta final?

Ler o artigo →