Nesse ano de 2019, o blog terá algumas colunas semanais feitas pelos nossos redatores. Esse aqui é o primeiro artigo da coluna Mangá vs Anime, onde eu comentarei sobre as diferenças entre as mídias (Mangá e/ou Light Novel para o Anime) e um pouco sobre o que acontece depois do anime com alguns spoilers. Como você, caro(a) leitor(a) pode ver, a primeira obra a ser tratada é Made in Abyss. A obra é publicada desde 2012 na revista Web Comic Ganma e escrita por Akihito Tsukushi. Teve sua adaptação para anime em 2017 contendo 13 episódios (o último episódio tem 50 minutos) e possui uma segunda temporada confirmada (sem data) e dois filmes com data de lançamento para 2019.

Ler o artigo →

Exibido na temporada de Abril em 2017, Kabukibu é um anime de comédia escolar baseado no mangá curto (2 volumes) de Yuuri Eda. Produzido pelo Studio Deen e dirigido por Kazuhiro Yoneda (Akatsuki no Yona e Hoozuki no Reitetsu 2). A série se dedica a nos mostrar o que é o kabuki, e o desempenho de jovens pra levar o valor dessa arte secular ao público, crescendo como artistas e pessoas no processo.

Ler o artigo →

A segunda temporada de Sangatsu no Lion é repleta de informações adicionais sobre personagens secundários. Assim como ele terminou a segunda temporada com partidas emocionantes de Shimada, agora temos como início o enfrentamento de uma parte importante na vida de qualquer adolescente: o bullying.

Não podemos nos esquecer que Kiriyama Rei, o protagonista, passou e passa pelos mesmos problemas de Kawamoto Hinata, porém em níveis astronomicamente diferentes. Atualmente, Rei tem dificuldades de socialização com os seus companheiros de turma por dois motivos: o primeiro é que eles têm preconceito por conta de sua profissão, que é ser jogador profissional de Shogi, e isso se dá pelo fato dele ter que precisar faltar diversas aulas e provas por causa de “um jogo”.

O segundo problema vem desde a infância, não apenas por conta de seus meio-irmãos, os quais o tratavam da forma que queriam e perderam boa parte da vontade de viver porque o pai deles dava mais atenção às habilidades do filho adotivo em Shogi que dos filhos de sangue, como também por causa dos companheiros de turma, os quais faziam questão de excluí-lo de suas atividades.

Ler o artigo →

Hanebado! é um anime de esporte produzido pelo estúdio LidenFilms e possui 13 episódios. A obra trata sobre um esporte pouco conhecido em nosso país, o badminton. Com um show de imagens bem animadas, dramas e uma bela apresentação sobre o esporte, Hanebado se mostrou uma ótima opção de anime para acompanhar na temporada passada. Vale destacar que a obra possui um realismo em relação ao esporte e as partidas, um ponto de destaque muito positivo da obra.

Ler o artigo →

Eu dei nota máxima para todos os outros episódios de High Score Girl, simplesmente por eles merecerem uma nota 5/5! O anime é extremamente divertido e é sobre um tema que eu sempre vivi e respirei sobre, então ver coisas que eu já conheço acontecerem com outras pessoas, ou jogos que eu gosto aparecendo, realmente me deixam muito contente em relação aos episódios de HSG.

Claro, esse episódio não poderia ser diferente disso!

Ler o artigo →

Por uma questão cultural, as mulheres tendem a idealizar o casamento mais do que os homens. Aliás, uma das brincadeiras mais comuns entre meninas na infância é brincar de casamento. Mesmo quando menino já brinquei de casamento com uma prima (eu era o noivo). Enfim, mais cedo ou mais tarde a ideia de se casar surge nas pessoas, e com as personagens desse anime não é diferente.

Ler o artigo →

Desde a infância são atribuídos papeis sociais para as pessoas, ou seja, existem comportamentos que meninas e meninos devem seguir na sociedade. Geralmente meninos são estimulados a brincarem e, consequentemente, conviverem mais com outros meninos. Igualmente, meninas são estimuladas a brincarem e, consequentemente, conviverem mais com outras meninas. Á partir da adolescência o quadro começa a mudar devido à produção hormonal, levando ao interesse no sexo oposto.

Ler o artigo →

Ayano e Connie tinham muito mais em comum do que se imaginava. Treinadas pela mesma pessoa, amam o mesmo esporte e por fim, desejavam fazer parte de algo, coisas diferentes mas que eram extremamente importantes para cada uma. Ayano sempre esteve sozinha e deseja fazer parte de um time enquanto sua adversária também sempre esteve sozinha mas deseja ser única para sua “mãe”/treinadora. Felizmente o choque em Ayano foi mínimo (inicialmente) e até então não há muito com o que se preocupar mas aparentemente ainda há coisas a serem resolvidas.

Ler o artigo →

O esquecimento é realmente algo muito triste. Imagine que você convive com uma pessoa que tem Alzheimer, imagine que ela é um amigo ou familiar bem próximo, por mais seja ruim esquecer das coisas, quem sofre de verdade parece ser as pessoas que estão ao redor, pois elas sim lembram do que aconteceu. Imagine agora como foi para o Luke, Gina e principalmente para o Sword lembrar da Sophie por um ano e não a ter ao lado. Bom, que tenso, não?

Ler o artigo →

Tudo bem… Tudo bem… Estou me acalmando. Tenho o hábito de escrever o artigo do episódio logo que acabo de ver para que os acontecimentos fiquem mornos na minha cabeça, mas desta vez, não tem nada morno, está tudo queimando. Que episódio sensacional!

O episódio dessa semana foi com toda certeza, o melhor episódio de anime que eu assisti no ano de 2018 e provavelmente é o melhor de Garo: Vanishing Line! – é evidente que isso é só a minha opinião.

Ler o artigo →