Mais uma semana lendo mangás!

Boa parte deles são os mesmos, principalmente porque estou relendo vários aos poucos. Um dos casos é Hananoi-kun, que só consegui reler um capítulo e meio de 21 que já havia lido, mas lembrava de poucas coisas.

Falta uma galera ainda para reler, mas os que estou em dia vou atualizando aqui. Sempre tem uns mensais e, no meio do caminho, alguns deles foram licenciados, então não saírão mais nesta coluna, que é o caso de “Sangatsu no Lion”, “Blue Period” e “Sasaki to Miyano”.

Sem mais delongas! Espero que estejam acompanhando!

Ler o artigo →

Olá! Já chegarei com alguns adendos sobre os mangás que faço artigo e que estou lendo atualmente:

Como “Kieta Hatsukoi” finalizou este mês, não faz sentido colocar na lista, já que esta é apenas dos mangás que ainda estão lançando;

Como “Sangatsu no Lion” foi licenciado pela JBC, não vou mais fazer publicações semanais sobre ele.

Enfim, vamos seguindo com o artigo. Primeiro, comentarei sobre o mangá que comecei a ler, e depois sobre os outros, como de praxe.

Ler o artigo →

Até mesmo em pleno feriado sai coisas sobre os mangás que estou lendo!

Acredito que dê para fazer um artigo sobre os que já terminaram e que estou lendo para poder incentivar ainda mais a leitura.

Há apenas poucos mangás em lançamento que estou em dia, mas vou alcançar!

Enfim, seguem os mangás da semana.

Ler o artigo →

Estou sempre atualizando dos mangás que acompanho! Resolvi incluir o mangá do autor de Kaguya-sama, “Oshi no Ko”, à minha lista de leituras e devo dizer que é igualmente louco!

Além disso, resolvi mudar um pouco a capa dos artigos, já que, muitas vezes, as capas se repetem, e não é legal utilizar algo repetido.

Sem mais delongas, farei uma pequena apresentação sobre o mangá “Oshi no Ko” e resumos sobre os capítulos que li com as minhas opiniões.

Ler o artigo →

E segue mais um artigo sobre mangás em lançamento. Esta semana, fiquei vidrada em Skip to Loafer e consegui colocar em dia. Também teve mais um episódio atualizado de Ao no Hako e Ao no Orchestra.

Ao no Orchestra está um pouco atrasado, e demorou uns dois meses para lançar o capítulo 39, ao contrário dos outros dois, que estão em dia com os lançamentos no Japão.

Espero que, quem acompanha estes mangás, se divirta, e também que esta série de artigos atraia novos leitores!

Ler o artigo →

Olá!

Resolvi fazer uma atualização semanal dos mangás que estou lendo, idependentemente se estou no capítulo lançado no mês/semana, ou não. Alguns eu ainda estou atrasada, mas o mangá ainda está em lançamento.

Espero que esta série de artigos perdure por bastante tempo. Isso ajuda a refletir pontos importantes das histórias, além de refrescar os detalhes para os próximos capítulos.

Estão prontos para acompanhar? Será que algum desses mangás é lido por vocês?

Ler o artigo →

Aqui vem a terceira e última lista de mangás que estou lendo e que estão em publicação.

Apenas a segunda parte não são de mangás aleatórios, já que se focam apenas em mangás BL. Estou adorando fazer esse tipo de artigo, e todo apoio é muito importante para continuar.

A partir de semana que vem, virão artigos focados em outros assuntos, mas também são correlacionados a mangás.

Ler o artigo →

Esta é a segunda parte da série de artigos que eu, Tamao-chan, estou fazendo com base nos mangás em lançamento.

Ainda tem alguns que estou atrasada, mas calma, farei algo a respeito disso! Mas vamos em frente!

Ler o artigo →

Este será um quadro novo que eu, Tamao-chan, começarei a fazer a partir desta semana. Mas como funcionará, não é mesmo?

Cada vez que eu ler um capítulo novo de um mangá que estou lendo, farei um artigo novo, contendo a minha opinião sobre ele. Como sei que, às vezes, a tradução de novos capítulos demora mais que o esperado, esperar terá que ser uma opção.

Também farei uma série de artigos sobre mangás que já estão completos. Querem saber quais mangás estou acompanhando no momento? Segue a lista!

Ler o artigo →

É interessante como esta obra usa um termo tão comum em jogos de Badminton como título. O termo “Love all, play” (ou tudo junto, como mostra no título) é para mostrar que um jogo está começando. É assim também em jogos de tênis. O “Love” se refere ao número zero, ao início do jogo. Como está dos dois lados, é “Love All”. É simples, é proveitoso e é fofo, assim como o primeiro episódio.

O anime é a adaptação de uma Novel de mesmo nome, e conta a história de Mizushima Ryou, um garoto que tem dificuldade de se espressar, e que acaba parando no badminton por “incentivo” de dois amigos. Só que ele está no terceiro ano do ginasial e precisa escolher um colégio, até que o técnico de badminton do Yokohama Minato o recomenda para jogar com o seu time.

Ler o artigo →