Existem diversos jogos de Visual Novel.

Mas afinal, o que é isso?

São jogos focados no enredo, onde a história é guiada por textos, imagens e/ou músicas. A maioria é feita com personagens fictícios, apenas alguns são gravados com atores reais. Eles são divididos por rotas, ou seja, você escolhe as falas que acha compatíveis com determinadas falas e vai seguindo um determinado caminho até um final, sendo ele ruim ou bom, ou ainda neutro. Para mais detalhes, clique aqui.

Mas por que estou falando disso? Porque Kitarou recebeu um treinamento sobre romance a partir de um jogo Visual Novel, protagonizado por uma personagem parecida com a Nekomusume, que o Nezumi Otoko cedeu. O aparelho, parecido com um Game Boy Advance, estava com a tela trincada, marcando o jeito descuidado do Homem Rato. Claro que nada escaparia de sua imundice, certo?

Ler o artigo →

Ano Novo, época de passar pelo menos parte de um dia com a família. Ver os fogos, comer comida gostosa, olhar para o rosto de quem a gente nem sempre gosta. Para os japoneses, esta época quer dizer ir ao templo desejar por coisas melhores, seja para você ou para o próximo, tirar a sorte, comer comidas típicas, morrer de frio e nem sempre sair com a família. Parece que lá o povo não é tão unido quanto aqui.

Enfim, são coisas boas(ou não) que acontecem no final/começo do ano. Mas em um anime sobre youkais, talvez não seja uma boa ideia. Vai que tenha algum que arraste o corpo de alguém já morto e tente comê-lo apareça, não é mesmo?

Ler o artigo →

A segunda temporada de Sangatsu no Lion é repleta de informações adicionais sobre personagens secundários. Assim como ele terminou a segunda temporada com partidas emocionantes de Shimada, agora temos como início o enfrentamento de uma parte importante na vida de qualquer adolescente: o bullying.

Não podemos nos esquecer que Kiriyama Rei, o protagonista, passou e passa pelos mesmos problemas de Kawamoto Hinata, porém em níveis astronomicamente diferentes. Atualmente, Rei tem dificuldades de socialização com os seus companheiros de turma por dois motivos: o primeiro é que eles têm preconceito por conta de sua profissão, que é ser jogador profissional de Shogi, e isso se dá pelo fato dele ter que precisar faltar diversas aulas e provas por causa de “um jogo”.

O segundo problema vem desde a infância, não apenas por conta de seus meio-irmãos, os quais o tratavam da forma que queriam e perderam boa parte da vontade de viver porque o pai deles dava mais atenção às habilidades do filho adotivo em Shogi que dos filhos de sangue, como também por causa dos companheiros de turma, os quais faziam questão de excluí-lo de suas atividades.

Ler o artigo →

Algo animado sobre células não é algo tão novo assim. Temos Il était une fois… la vie (Era Uma Vez… a Vida), um desenho francês de 1987, também retratando histórias que se passam dentro do corpo humano. Também temos Osmosis Jones (Osmose Jones), tanto o filme, quanto uma adaptação para desenho (Ozzy & Drix, 2002). O filme tem uma hora e trinta e cinco minutos de duração e é de uma produção americana, lançado em 2001.

Mas indo para o lado asiático agora, temos um anime adaptado de uma webtoon coreana sobre tipagens sanguíneas (Katsuekigata-kun) e um anime sobre um garoto que fala com microrganismos presentes no corpo dos animais, que trabalha em sua faculdade de Agricultura (Moyasimon: Tales of Agriculture).

No ano de 2018, houve a adaptação de um mangá sobre células, chamado Hataraku Saibou (Cells at Work!, ou Células ao Trabalho!), que inclusive tive o prazer de cobri-lo na temporada de julho e com certeza me arrependeria amargamente se não o fizesse.

Ler o artigo →

Primeiramente, eu gostaria de desejar um Feliz Ano Novo atrasado. Muitas realizações e paz na vida de vocês!

Segundo, gostaria de dizer que a Mana sempre se mete em umas enrascadas meio esquisitas. No episódio 36, ela achou que seria uma excelente ideia colocar o Anel de Arcana no dedo. Mesmo que já tenha visto que, mesmo que o anel pare no estômago, ele some por forças sobrenaturais, quando colocado em um dos dedos, fica grudado até que uma bruxa o tire.

Mas o fato de Mana fazer essas esquisitices faz com que o anime ande para frente, principalmente porque ela ajuda a todos (ou tenta ajudar), e mais uma maldição vindo parar no seu corpo explica isso.

Ler o artigo →

Primeiramente, eu gostaria de desejar Feliz Natal a todos que acompanharam os artigos de Gurazeni até aqui. Mentira, também desejo a mesma coisa para todos que acompanham boa parte dos nossos artigos aqui no Anime21!

Segundo, acredito que este episódio tenha sido o suficiente para fechar o anime com chave de ouro. Não foi fácil Bonda conseguir um aumento, e com seus argumentos, ele teve que insistir bastante para aumentarem um milhão em seu total.

A história poderia ser convincente, mas os superiores blefaram, dizendo que consideraram toda a ajuda do protagonista em jogo só para não aumentarem o salário do homem. Mas foi um desenvolver muito interessante.

Ler o artigo →

O anime está correndo. Ele não está de todo ruim, mas está correndo demais. Acredito que até quem não lê/leu o mangá está sentindo isso. Todo artigo de episódio de Karakuri Circus escreverei isto sem cansar: “ele está correndo demais”.

Mas por outro lado, se não estivesse correndo tanto, não chegaríamos à parte em que os shiroganes encontram o local dos automatas tão cedo. Então posso chegar à conclusão de que descartaram muitas partes que não tinham muita importância, sendo estas contadas de outra forma para ninguém ficar boiando.

Não apenas isso, mas a corrida está sendo importante para chegarmos rapidamente ao clímax da obra. Por isso que estou escrevendo tanto sobre isto: às vezes, cortar é mais interessante que insistir e tornar a obra longa e enfadonha.

Ler o artigo →

Natsunosuke Bonda, arremessador canhoto substituto da Jingu Spiders, e também protagonista deste anime tão diferente de várias obras de beisebol. Ele é ótimo em adivinhar ou saber quantos milhões cada jogador ganhará/ganha por ano.

O que o ajuda também foi seu ponto fraco ao longo do anime. Na primeira temporada, foram mostradas várias vezes em que ele errava muitos arremessos por causa do valor intimidador de diversos contratos. Alguns ele conseguiu se virar, mas outros lhe davam arrepios.

Na verdade, esta é a primeira vez que ele aparece como adivinho de aumento de valor de contrato, e incrivelmente, Bonda acertou todos os valores, sendo eles aproximados ou certeiros.

Ler o artigo →

Olá, pessoal! Aqui estou eu outra vez, Tamao-chan, trazendo mais uma resenha. Desta vez é de um mangá que veio ao Brasil pela NewPOP, uma editora que comercializa mangás bem… alternativos. Entre os BLs, GLs, Hentais, também temos algumas obras de comédia, drama, história, etc… E uma das obras de comédia que a empresa nos trouxe em 2014, que é Azumanga Daioh, será citada neste post.

Ler o artigo →

Há muitos anos, havia dois irmãos chineses: Yin e Jin. Jin, o irmão mais novo, estava com uma inveja tão profunda do irmão, que conseguiu noivar com a mulher que ele mais amava: Francine. Esta, por sua vez, seria devota a quem lhe amasse. Estava se doando de todo o coração para Yin, e se doaria para Jin, caso este percebesse.

A inveja de Jin era tanta que os sete pecados tomaram conta de seu ser. Não é à toa que ele decidiu raptar Francine e trancafiá-la em um muquifo. Ela já era doente por não comer o suficiente, e ficando presa, comeu menos ainda, resistindo por longos nove anos. Acredito que era para esperar por seu verdadeiro amor, Yin, que sobreviveu por tanto tempo. A situação estava tão miserável, que nem conseguia ficar em pé…

Ler o artigo →