Eu fico pensando: como é difícil permanecer em dia com alguns mangás. PPPPPP é um mangá que gosto, porém leio a passos de tartaruga. Ainda estou 20 capítulos atrasada, mas gosto do ritmo que estou lendo. “Oshi no Ko” é outro que estou super atrás, mas também gosto. Já os mangás que estou em dia, sinto um alívio por ter conseguido chegar, já que tanta água correu, tanta coisa aconteceu…

Gosto muito de ler mangás, e poder descrever isso aqui me deixa muito feliz! Vamos para a lista de mangás e capítulos que li esta semana!

Ler o artigo →

Desta vez eu li muito pouco mangá em continuação e fiquei focada em mangás que já terminaram.

É aquilo, temos que variar um pouco, para o que gostamos não virar uma obrigação. Falando nisso, vocês já leram o capítulo 28 de “PPPPPP”?

Ler o artigo →

Alguns mangás eu sempre paro um pouco de ler e volto depois. Tem alguns que demoro tanto para voltar a ler (anos mesmo), que tenho que recomeçar do zero. Apenas alguns estou em dia.

A lista atual conta com 3 que estou em dia e dois que estou lendo que nem uma lesma, mesmo gostando tanto. Acompanhem para saber quais, e espero que alguém também esteja lendo os mesmos mangás para comentarmos!

Ler o artigo →

Estou sempre atualizando dos mangás que acompanho! Resolvi incluir o mangá do autor de Kaguya-sama, “Oshi no Ko”, à minha lista de leituras e devo dizer que é igualmente louco!

Além disso, resolvi mudar um pouco a capa dos artigos, já que, muitas vezes, as capas se repetem, e não é legal utilizar algo repetido.

Sem mais delongas, farei uma pequena apresentação sobre o mangá “Oshi no Ko” e resumos sobre os capítulos que li com as minhas opiniões.

Ler o artigo →

Aqui vem a terceira e última lista de mangás que estou lendo e que estão em publicação.

Apenas a segunda parte não são de mangás aleatórios, já que se focam apenas em mangás BL. Estou adorando fazer esse tipo de artigo, e todo apoio é muito importante para continuar.

A partir de semana que vem, virão artigos focados em outros assuntos, mas também são correlacionados a mangás.

Ler o artigo →