Evil or Live é um caso não tão incomum de anime que se paga na execução, não na proposta; apesar de interessante. Na sociedade contemporânea na qual vivemos o vício em internet, em estar sempre conectado, pode muito bem ser caracterizado como uma enfermidade e é exatamente o tratamento dela que a obra aborda.

Não de um modo saudável, mas em uma escola que mais parece uma prisão da qual os internos, adolescentes levados a reabilitação pelos pais, buscam fugir a todo custo, tendo em vista seus próprios interesses. Na obra acompanhamos Hibiki, um jovem que chegou a vislumbrar o fundo do poço com seu vício, mas nessa “prisão” se vê envolvido em mais do que poderia imaginar.

Ler o artigo →

A segunda temporada de Sangatsu no Lion é repleta de informações adicionais sobre personagens secundários. Assim como ele terminou a segunda temporada com partidas emocionantes de Shimada, agora temos como início o enfrentamento de uma parte importante na vida de qualquer adolescente: o bullying.

Não podemos nos esquecer que Kiriyama Rei, o protagonista, passou e passa pelos mesmos problemas de Kawamoto Hinata, porém em níveis astronomicamente diferentes. Atualmente, Rei tem dificuldades de socialização com os seus companheiros de turma por dois motivos: o primeiro é que eles têm preconceito por conta de sua profissão, que é ser jogador profissional de Shogi, e isso se dá pelo fato dele ter que precisar faltar diversas aulas e provas por causa de “um jogo”.

O segundo problema vem desde a infância, não apenas por conta de seus meio-irmãos, os quais o tratavam da forma que queriam e perderam boa parte da vontade de viver porque o pai deles dava mais atenção às habilidades do filho adotivo em Shogi que dos filhos de sangue, como também por causa dos companheiros de turma, os quais faziam questão de excluí-lo de suas atividades.

Ler o artigo →

O esquecimento é realmente algo muito triste. Imagine que você convive com uma pessoa que tem Alzheimer, imagine que ela é um amigo ou familiar bem próximo, por mais seja ruim esquecer das coisas, quem sofre de verdade parece ser as pessoas que estão ao redor, pois elas sim lembram do que aconteceu. Imagine agora como foi para o Luke, Gina e principalmente para o Sword lembrar da Sophie por um ano e não a ter ao lado. Bom, que tenso, não?

Ler o artigo →

Tudo bem… Tudo bem… Estou me acalmando. Tenho o hábito de escrever o artigo do episódio logo que acabo de ver para que os acontecimentos fiquem mornos na minha cabeça, mas desta vez, não tem nada morno, está tudo queimando. Que episódio sensacional!

O episódio dessa semana foi com toda certeza, o melhor episódio de anime que eu assisti no ano de 2018 e provavelmente é o melhor de Garo: Vanishing Line! – é evidente que isso é só a minha opinião.

Ler o artigo →

O episódio de Garo: Vanishing Line dessa semana é aquele episódio de chegada e reconhecimento, que é útil e extremamente necessário quando se trata de lugares desconhecidos como de fato é El Dorado. No entanto, apesar de ter sido um bom episódio, é muito mais de ver e absorver do que de fato avançar. Digo, o plot avança para os protagonistas, mas não tanto para os espectadores – exceto por uma coisa, agora sabemos quem o irmão da Sophie realmente é. Claro, levando em consideração que nós já sabemos como a cidade funciona, o que é mostrado aqui é apenas complemento.

Ler o artigo →

Olá, tudo bem?

Wooooooooooooooow, que episódio sensacional! Não tenho nem palavras apropriadas para descrever como esse episódio foi bom. O episódio dezessete de Garo: Honoo no Kokuin foi muito bom também, mas esse de Garo: Vanishing Line para mim, foi melhor ainda!

O episódio passado já terminou com um bom gancho, e neste, já no início há sequências lindas de luta com uma animação muito boa e, claro, uma trilha sonora SENSACIONAL! Talvez as maiores qualidades desta temporada de Garo sejam a trilha sonora e o character design, que são muito bem feitos. Honoo no Kokuin só não tem minha nota 10 por um motivo: não gostei do character design! E Vanishing Line superou isso.

Ler o artigo →

Você já viu animes com garotas mágicas? E Yuuki Yuuna? Devo dizer que se a sua resposta foi negativa para ambas as perguntas (principalmente a primeira) talvez seja hora de mudanças. A minha intenção não é te obrigar a assistir esse anime e sua franquia (nem se eu quisesse iria conseguir), mas eu gostaria de te introduzir a um anime que vale a pena assistir. A franquia não é impecável ou perfeita, mas pode ser uma boa pedida em vários aspectos. E aí, está pronto para ler e conhecer um pouco mais sobre?

Lembrando que esse artigo é uma introdução sem spoilers!

Ler o artigo →

Estou com o artigo aberto para começar a escrever enquanto assisto o episódio, e eu tenho certeza que o Hiro vai se matar para salvar a terra (isso é quase um react). Esse Hanako não teve papel de nada no anime. EU ESTOU RINDO MUITO DESSE BUCHO DELE CHEIO D’ÁGUA. KKKKKKKKKKKKKK, RIR DO CACHORRO CAINDO DA ESCADA É ERRADO? Olha o Hiro aí… com papo de se detonar… Sério que o Inu vai se detonar também? Ok, acabou, vamos lá!

Ler o artigo →