Esperava um volume cheio de ação e conflito, mas não foi exatamente o que esse teve, ao menos não da forma que eu imaginava, mas isso foi bom, porque esse volume de transição para um arco maior e mais importante foi satisfatório no que tece a construção dos personagens e das situações a serem exploradas. Depois de ler esse terceiro volume minha expectativa pelo quarto só aumentou. Voltemos a distopia?

Ler o artigo →

Budoukan é a minha paixão dessa temporada e para a surpresa de zero pessoas posso escrever que adorei seu segundo episódio cheio de comicidade, mas também com uma certa dose de seriedade no que se trata da comunicação entre idol e fã.

Será que um dia Eripiyo conseguirá receber a resposta pela qual tanto anseia, mas não imagina ser o que sua adorada Maina quer dizer? Se duvidar é mais fácil a garota chegar ao Budoukan primeiro… Sem mais delongas, é hora de Budoukan no Anime21!

Ler o artigo →

22/7 é originalmente um grupo virtual de idols que já existe há alguns anos. Tive o prazer de acompanhar suas primeiras músicas no youtube e posso dizer que sempre me interessei pelo projeto, mas até o Mexicano-sama, senhor Todo Poderoso deste blog, me contar que é do mesmo idealizador por trás do AKB48 estava entregue a ignorância.

E por que isso faz toda a diferença? Porque o AKB48 começou se propondo a revolucionar o mercado de idols e o 22/7 parece ter o mesmo objetivo, até aí tudo bem, cada projeto se propõe ao que quiser, o problema é fazer isso em cima de uma crítica que, sejamos honestos, deve ser mais verdadeira que nota de 3 reais.

É do idealizador do grupo que está no topo da indústria idol que estamos falando, o Todo Poderoso AKB48 com suas cinco milhões de unidades e popularidade megalomaníaca dentro do Japão. Enfim, 22/7 começa como um projeto bem mais modesto, como deve ter sido o início do AKB48, e nos entrega uma estreia interessante em sua animação.

Só o tempo dirá se a crítica pode ser levada a sério ou não, o importante é nos atentarmos ao que temos em mãos. 22/7 ≅ π, você sabia?

Ler o artigo →

Budoukan, vou abreviar porque o nome é grande, é originalmente um mangá que ganhou anime nessa temporada de inverno de 2020. Uma paródia do universo das idols? Não exatamente, pois a obra mostra toda a paixão de uma fã obcecada de maneira até bem séria, apesar da comédia de alto nível que é entregue.

Budoukan tem tudo para ser uma das melhores comédia da temporada e talvez do ano, mas também um dos melhores anime de idols, então se gosta de um desses elementos ou dos dois sugiro que embarque no meu artigo de primeiras impressões e venha para o lado idol da força você também!

Ler o artigo →

Esse episódio não foi muito diferente da estreia em qualidade, então por que estou aqui? Falta de opção? Não, pois, ainda que não seja o poço de assuntos interessantes que gostaria, sinto que o anime pode render. Isso ainda não rolou, mas o próximo episódio promete? É hora de Darwin’s Game no Anime21!

Ler o artigo →

Isekai Quartet começa sua segunda temporada introduzindo ao público o novo grupo que se junta ao elenco de estrelas do isekai contemporâneo, o grupo do herói do escudo de Tate no Yuusha no Nariagari.

Tenho que confessar que não gosto muito de seu anime, mas isso aqui pouco importa, visto que o ticket para entrar nesse crossover vem do sucesso que a obra faz aos olhos do público e do bolso da produtora Kadokawa.

Aliás, novos personagens secundários dos isekais cativos também apareceram, e por que não personagens de novos isekais? Por ora, só há o herói do escudo e sua party, mas o futuro promete em Isekai Quartet!

Ler o artigo →

Hatena Illusion é originalmente uma novel do já falecido Tomohiro Matsu, autor de Papa no Iukoto wo Kikinasai! e Märchen Mädchen, que foi concluída em quatro volumes. Não acompanhei o primeiro anime citado e do segundo eu gostava, apesar das críticas, nada infundadas, a produção terem sido sua marca maior.

Quanto a Hatena, “aparentemente” a obra mexe de novo com magia, mas de uma forma bem diferente de Märchen, e a produção também parece mais acertada. Meu medo mesmo é como a trama sera desenvolvida, pois a primeira impressão deixada pela protagonista foi uma das piores possíveis…

Então, sem mais delongas, deixe-se iludir, ou não, pelas minhas palavras!

Ler o artigo →