Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

O episódio de Garo: Vanishing Line dessa semana é aquele episódio de chegada e reconhecimento, que é útil e extremamente necessário quando se trata de lugares desconhecidos como de fato é El Dorado. No entanto, apesar de ter sido um bom episódio, é muito mais de ver e absorver do que de fato avançar, digo, o plot avança para os protagonistas, mas não tanto para os espectadores – exceto por uma coisa, agora sabemos quem o irmão da Sophie realmente é. Claro, levando em consideração que nós já sabemos como a cidade funciona, o que é mostrado aqui é apenas complemento.

Ler o artigo →

Eu costumo gostar de animes estranhos. Alguns talvez tenham visto este, mas provavelmente o alto nível de esquisitices que foram colocadas diante de seus olhos talvez não tenham agradado. Este anime não me agradou apenas pelo fato de não ser algo convencional, mas também por seu enredo misturar diversos tipos de sentimentos ocultos em pessoas que vão aparecendo a cada episódio (que são homens em sua maioria, mas há uma razão para isso).

Este é um anime adaptado de um livro, este dividido em três partes: In the Pool, Kuuchuu Buranko (Trapézio) e Chou Chou Senkyou (seleção das melhores histórias). Na verdade, a obra fez tanto sucesso que, além do anime, também foram feitos dois filmes Live-action e um dorama. O anime em si é de 2009, foi produzido pela Toei Animation e passou na sessão NoitaminA.

Mas sobre o que diabos é a história, não é mesmo? Bom, este anime conta com algo que não é muito comum em toda a sua esfera. O personagem principal é um psicólogo chamado Doutor Ichirou Irabu, cujo qual possui 3 facetas, e as 3 aparecem de acordo com a situação em que os seus pacientes passam. A primeira é dele adulto (um urso), a segunda é mais jovem (com óculos e orelhas de urso), e a terceira é ele criança (apenas com orelhas de urso), mas mesmo que tenha aparência de alguém mais velho, suas peripécias infantis nunca se esvaem. Além disso, parece que ele tem um fetiche inexplicável por injeções, e faz com que a sua assistente, Mayumi, as aplique nos pacientes, as quais possuem um efeito colateral um pouco peculiar…

Ler o artigo →

Devido a alguns intempéries envolvendo a equipe do blog, Mahou Tsukai no Yome quase ficava sem redator para o seu segundo cour, mas graças à colaboração do Flávio – que vai assumir Ryuuou no Oshigoto! para que eu possa comentar este anime – foi possível dar continuidade a prazerosa tarefa que será comentar uma obra de tamanha qualidade. Seja bem-vinda de volta noiva do velho mago!

Ler o artigo →

Bom dia!

Nessa semana em Toji no Miko a party contra o Rei Demônio Yukari Origami finalmente se completou. Tudo porque a Sayaka gostou muito dos cookies e do band-aid fofinho da Mai e do abraço da Kanami e não quis, para espanto da diretora da Renpu, se tornar uma máquina de combate sem sentimentos.

Essa Yukina está sendo um personagem terrível, ela faz sentido na proporção inversa ao tempo de tela que tem – e ela tem muito tempo de tela. A Mai, por outro lado, é super boazinha e grande amiga da Kanami, a protagonista, mas não foi por causa dela que finalmente se uniu à causa. Foi porque aquela menininha franzina, que fala pouco e baixo e que amou seus cookies, lhe pediu ajuda. E mesmo assim ela não parecia ter noção de em quê estava se metendo. Mas está tudo bem quando acaba bem, não é?

Ler o artigo →

Esse episódio foi um mix de emoções. Tivemos uma batalha que durou o episódio inteiro praticamente e que nos trouxe detalhes interessantes. Vi muita gente por aí falando sobre um suposto protagonismo do Hiro e sinceramente eu discordo disso. De qualquer forma parece que o anime se “livrou” de alguns mistérios e colocou novos.

Ler o artigo →