O ursinho destruído por Ai após ter sua infância destruída por um pedófilo que sua mãe trouxe para dentro de casa

Bom dia!

Desculpe pelo atraso. Entre o final da temporada passada, a gravação dos dois programas ao vivo sobre primeiras impressões dessa temporada, a publicação de um podcast sobre Shoujo Kageki Revue Starlight (esse até tem algo a ver com Kageki Shoujo!!) e a gravação de um podcast de Kaiba (que ainda não foi ao ar), além do meu trabalho cotidiano, fiquei absurdamente saturado e não consegui escrever nada.

Ainda devo artigos da temporada passada.

Peço desculpa pelo título também. Chamativo, talvez apelativo, mas eu acho que tem muito a ver com esse arco do anime. Descreve exatamente o que se passa com a deuteragonista Narata Ai, afinal.

E descreve a realidade. Sabia que no Brasil, entre 2011 e 2017, quase 70% dos abusos sexuais contra crianças foram cometidos dentro de casa? Não sei os números no Japão, mas pela dinâmica desse tipo de crime não tenho motivos para acreditar que seja muito diferente.

Mas não se preocupe que esse é um artigo sobre a Ai, não sobre estatísticas.

Ler o artigo →

Primeira transformação com a equipe completa no anime final

Bom dia!

Todos os personagens estavam já bem encaminhados. Não estava tudo resolvido ainda, mas o que faltava era só uma ação simples da parte de cada um deles. Nada heroico. Por isso mesmo, tão difícil.

E tinha o dragãozão em que o Shizumu se transformou para derrotar. Fora isso, o anime já estava acabado no episódio onze.

Eu não esperava muito mais do que uma luta apoteótica e depois cada um sair para tocar sua vida.

Mas eu esperava que alguma coisa sobre o Gauma e sua princesa tivesse algum tipo de desenvolvimento, qualquer um. Não teve.

Como? Por quê?

Logo o anúncio de continuação da franquia deu a resposta.

Ler o artigo →

Kaiju Shimizu versus Super Dragão Rei Kaiser Gridknight

Bom dia!

Não tem mais kaijus!

Se isso pegou todo mundo no anime de surpresa, mocinhos e eugenistas, que dirá eu!

Parece que acabaram as tais “sementes de kaiju” que vimos soltar no primeiro episódio e parece que não vamos descobrir quem jogou. Ou vamos?

Bom, o tema do episódio é como eles ficaram perdidos agora que acabaram as batalhas contra os kaijus.

Ler o artigo →

Shino olha ameaçadora para Mio

Bom dia!

Os episódios 8 e 9 foram dois engodos.

Quero dizer, ok, um episódio só para mostrar o desespero da Hiori fazia sentido, então você está perdoado, episódio 8, mesmo não sendo assim tão bom.

O problema é que daí o 9 foi de novo quase inteiro só isso. E no final, finalmente, descobrimos alguma coisa nova! Aleluia!

Todo mundo morreu (antes elas do que eu), por algum motivo voltaram no tempo e só a Mio se lembra.

Isso não explica o desespero dela na luta em que supostamente todo mundo morre – a não ser que o “todo mundo morre” tenha se repetido mais de uma vez, mas não foi o que pareceu.

Enquanto isso a Miyako tem a teoria de que na verdade a Mio veio de outra dimensão, mas ninguém leva ela a sério e a coisa é ignorada. E já estou falando do episódio 10 também.

Ler o artigo →

Vivy canta na abertura do anime

Vivy: Fluorite Eye’s Song é a história de como Diva, uma androide com inteligência artificial, também chamada de Vivy, trava uma luta de cem anos para evitar a rebelião dos robôs contra a humanidade no futuro.

Ela faz isso com a ajuda de Matsumoto, um robô não androide com inteligência artificial, cuja consciência em forma de dados foi enviada para o passado para alertar sobre esse futuro terrível e recrutar a primeira robô com inteligência artificial “autônoma”, como o anime chama (e que só significa que ela está ligada a uma torre central de dados, chamada de Arquivo).

Para além de ser uma história de ação e drama (e, frequentemente, tragédia) do mesmo autor de Re: Zero e Warlords of Sigrdrifa, Vivy é um anime bem informado sobre questões envolvendo a tecnologia da inteligência artificial. Pretendo escrever três artigos sobre isso.

Neste ensaio, trato dos conceito de Inteligência Artificial e Singularidade Tecnológica, explicando do que se tratam e como são retratados em Vivy: Fluorite Eye’s Song.

Ler o artigo →

Yume quando criança e Kano ainda estava viva

Bom dia!

Você já quis voltar ao passado? Acho que todo mundo já quis pelo menos uma vez. Voltar para uma época que era melhor, voltar a tempo de tomar uma decisão diferente e mudar sua vida.

Felizmente, em Dynazenon isso é possível!

Infelizmente, é uma ilusão na barriga de um kaiju.

Yomogi salvou o dia dessa vez.

Ler o artigo →

Yuugiri, a Oiran Lendária

Bom dia!

Finalmente Zombieland revela a história da Yuugiri. Agora só falta a Tae!

Eu gostei, foram bons episódios, mas ao mesmo tempo não gostei porque enquanto todas as garotas até agora tinham conflitos, a Yuugiri é tão dona de si, tão confiante, que eu nem sei o que escrever sobre ela.

Ler o artigo →

O festival que arde em seus corações

Bom dia!

Ficar emocionado em episódios tristes ou dramáticos é normal, e esse episódio teve generosas porções de tristeza e drama.

E essas emoções se acumularam. Mas ao final, o que realmente me fez chorar de emoção, a catarse do episódio, foi a transformação e combinação do Dynazenon, Gridknight e Goldburn para formar o Super Dragão Rei Kaiser Gridknight.

Ler o artigo →

O kaiju "fofo" e ainda incompleto do episódio oito

Bom dia!

Eu não devia nem queria ter deixado acumular episódios, mas não pude evitar.

Aconteceu tanta coisa em dois episódios com tão pouco em comum que é difícil organizar um artigo coerente sobre tudo.

Vou então escrever por personagens ou grupo de personagens, sempre sobre como evoluíram ou como se saíram ou que importância ou papel tiveram nos dois episódios.

Vamos lá.

Ler o artigo →

As heroínas em seu pior momento

Bom dia!

Hiori finalmente reencontrou sua irmã, Mio. Tentou falar com ela, mas não recebeu nem um aceno de cabeça ou um olhar como resposta.

Isso só não foi mais triste do que descobrir que a Mio era uma das refletoras antagonistas.

Se a Momo tivesse contado a ela antes o choque teria sido menor, embora não dê para saber como a Hiori teria reagido.

Até a Ruka ficou sabendo antes dela, ainda que por acidente.

E o mistério sobre a Momo e a Mio foi esclarecido: ela havia perdido suas memórias.

Ler o artigo →