“O menino e o lobo” é o título de uma fábula muito famosa, a qual conta a história de um pastor de ovelhas que cuidava de um pequeno rebanho de ovelhas, e recebeu um apito, que servia para avisar sobre todo e qualquer perigo iminente. Claro que, toda vez que ele tocava o bendito apito, todos os aldeões saiam correndo de suas casas para prestar socorro, e o pastor morria de rir.

Até que, um dia, um lobo apareceu de verdade e o pastor apitou com todo seu afinco. Depois de tantas mentiras, ninguém mais acreditou quando o menino finalmente aconteceu um perigo de verdade. Usopp, o mentiroso da Vila Syrup, vivia gritando que os piratas estavam chegando. Acabou que isso se tornou um despertador e tanto, mas quando os piratas realmente fizeram menção de chegar, quando Usopp avisou, ninguém acreditou.

Apesar do início das mentiras de Usopp começarem por causa de uma dor pessoal, causada pela morte de sua mãe e pela despedida de seu pai por causa de um “chamado de uma bandeira pirata”, a parte de ninguém acreditar quando finalmente disse a verdade nas duas histórias foi muito semelhante.

Ler o artigo →

A segunda temporada de DanMachi foi uma verdadeira montanha-russa. Não estou falando no sentido das emoções, fazendo o público rir e chorar, mas sim dos altos e baixos da trama. Tiveram arcos interessantes, mudanças drásticas na dinâmica do anime e personagens com potencial desperdiçado. Analisando como um todo será que valeu a pena? Foi melhor que a primeira? Vamos discutir isso abaixo.

Ler o artigo →

5 centímetros por segundo é um anime que corta a alma mais do que o coração, ele me marca de forma intensa, como uma cicatriz que nunca se fecha. A ferida que esse anime abriu ainda sangra.

Makoto Shinkai, em seu auge, nos conta a história de Akari e Takaki, dois jovens que se conhecem com cerca de 11 anos de idade, despertaram o primeiro amor um no outro, mas devido a circunstâncias familiares, tiveram que se separar. Akari muda para uma cidade distante, mas mantém contato com Takaki, um dolorido amor à distância que melancolicamente consome a ambos. Takaki também é surpreendido por sua família, e terá que se mudar de Tokyo para um lugar ainda mais distante de Akari.

Ler o artigo →

Sim, essa resenha demorou para sair, mas eu infelizmente só terminei Date a Live hoje, depois de 7 meses do término do anime que fez parte da temporada de janeiro deste ano. Após essa terceira temporada eu gostaria de “dizer” duas coisas sobre essa última lançada: a parte técnica me pareceu inferior às outras e o nosso querido protagonista, Shidou, nunca teve tantos problemas para enfrentar. Aliás, também temos a ótima notícia sobre uma nova adaptação da obra foi anunciada e para fechar o pacote só faltou a light novel ser publicada aqui no Brasil (alô New Pop).

Ler o artigo →

Blade – A Lâmina do Imortal ou Mugen no Juunin, é uma história de samurais cheia de ação, filosofia, vingança e honra.

A obra de Samura Hiroaki foi originalmente publicada na revista “Afternoon” da editora Kodansha e durou de 1994 à 2012. Chegou a ter um anime baseado nas primeiras edições do mangá que não vingou (animação, traço e enredo muito fracos se comparados ao mangá) e um filme live-action muito bom (lançado em 2017 no Japão, mas que apresenta um final diferente para a saga) e recentemente uma nova incursão nos animes que será lançada pela Amazon Prime e promete traços e enredo fiéis ao mangá.

Ler o artigo →

Steins;Gate: Youen no Valhalla é uma curta light novel escrita por Naotaka Hayashi, um dos escritores da visual novel original, e ilustrada por Juu Ayakura, um fã, como eu e talvez você. A obra funciona como um spin-off que cobre uma linha do tempo, a 0.334581%, dentro do campo de atração alfa. Para entender melhor o que isso significa, além de saber minhas impressões sobre a novel, indico continuar comigo no texto abaixo. Que se abra o Steins Gate!

Ler o artigo →

Orange Town é o segundo arco de East Blue, no qual Luffy e Zoro encontram a navegadora, Nami. Como o protagonista sempre vagou a esmo, nunca sentiu necessidade de alguém que lhe auxiliasse nesse assunto. Ele só colocou na cabeça que precisava ir para Grand Line para ser o Rei dos Piratas e pronto, acabou.

Zoro também tem um problema sério com direções e conhecimentos de mapa em si, então se perde com incrível naturalidade, e isso é mostrado nos capítulos do mangá logo adiante. Contudo, ele tem ciência de que, para se localizar os melhores caminhos para seguir em frente, precisam de um navegador urgentemente.

Ler o artigo →

O mundo não é preto ou branco, mas sim, cinza. Ninguém é totalmente bom ou totalmente mal, portanto, existe uma linha tênue que separa esses lados antagônicos. Aonde quero chegar com essa breve introdução? A resposta é bem simples e obvia. Heróis e vilões são faces da mesma moeda, portanto, um não existe sem o outro e, também, nem sempre são como água e óleo.

Ler o artigo →