The Sky Crawlers tanto conta, como é, a história das peças do tabuleiro, e para quem entende de guerra, ou mesmo da natureza humana, pode usar esse filme para atualizar o significado do que significa doentio. Acho importante pontuar que o filme retrata fidedignamente uma faceta da essência da história da humanidade, no seu mais alto e no seu mais baixo significado. A história humana não passa de um palito de fósforo usado e partido ao meio junto ao chão da existência. Mas vamos ao filme.

Ler o artigo →

Hero Mask é um original Netflix que teve sua primeira temporada lançada em dezembro de 2018 e uma sequência em agosto de 2019. Quando a obra foi lançada eu fiz um artigo de primeiras impressões e por um bom tempo deixei a obra de lado. Não tinha achado grande coisa e agora que terminei tudo, posso “dizer” que não estava tão errado assim, pois ainda que seja interessante e legal, a obra peca em alguns aspectos que são simples, mas relevantes. Enfim, vamos lá!

Ler o artigo →

Esta é uma das partes da saga de East Blue que carrega um significado muito importante. Algumas coisas que se entende de One Piece logo em seu início são: não negue ajuda a ninguém, não se entende o que o próximo passa até que passemos pelo mesmo sofrimento, não desista, mesmo que o que você quer dependa de sua vida.

Loguetown tem apenas cinco capítulos, mas são carregadas de história, mesmo sendo distribuído em 20 páginas cada. É super importante perceber que Luffy, mesmo sendo o inconsequente que é, sabe o quão grandioso era Gol D. Roger, o pirata que iniciou a era dos piratas, que nasceu e morreu nessa cidade.

Ler o artigo →

A importância do estúdio Ghibli e o seu significado para a animação contemporânea é algo indescritível, a força de seus filmes, as mensagens que eles transmitem, são lápides eternas na história da arte cinematográfica. Isao Takahata, Hayao Miyazaki e Toshio Suzuki fizeram história ao materializar no mundo o quão longe a delicadeza e a fantasia podem nos levar, sem nunca abandonar a seriedade e a maturidade frente aos temas humanos, as tragédias, tristezas, reflexões e a magia onírica que compõem o que entendemos por alma humana.

Ler o artigo →

One Piece sempre vai e volta naquele conflito básico: “quem é bonzinho e quem é mauzinho: os piratas ou a Marinha?”.  Em se considerando que grande parte dos piratas existem para fazer maldades para conseguir riquezas e manter o seu orgulho, que é o caso do Buggy, Don Krieg e mais uma boa quantidade de gente má por aí, também tem uma parte do povo da Marinha que gosta de confiscar dinheiro para proveito próprio.

Não é à toa que Nezumi, que faz parte de Marinha, fez uma espécie de acordo com Arlong, que quer construir um império só dele. Em se tratando de alguém forte, o pirata tubarão carrega essa característica com orgulho. Além de poder ameaçar quem quiser, também pode fazer com que pessoas trabalhem para ele feito escravas, como foi o caso da Nami por muitos anos.

Ler o artigo →

Millenium Actress é um anime que eu amo, uma obra-prima que tem por natureza ser uma montanha-russa de emoções. Escolhi esse anime como objeto de análise e fonte inspiradora para uma apresentação em uma das mesas de um evento que participarei. Deixo os detalhes desse evento, linkados aqui. No momento em que esse artigo tiver sido publicado, o evento já terá transcorrido, mas se tudo der certo, haverá gravações dessa mesa, à qual, se houver, disponibilizarei também junto a outro hyperlink pertinente no corpo do artigo.

Ler o artigo →

Este arco é o que posso descrever como “em coração de mãe, sempre cabe mais um”. Baratie não é qualquer navio restaurante: nele tem comidas muito boas que todos os cozinheiros ficam brincando, dizendo que uma é pior que a outra, e que falam tão sério que parece que estão brigando, e, como bônus, uma luta aqui e ali.

Nem mesmo a marinha conseguiu fugir de um ataque traiçoeiro de um dos cozinheiros, e é justamente dele que Luffy mais colocou na cabeça que precisa. Seu nome: Sanji, o homem que usa as pernas para lutar e se defender, assim como o chefe do restaurante, Zeff, que antigamente era conhecido como Zeff da perna vermelha.

Ler o artigo →

O mundo é injusto, o sol não brilha para todos. Esse é um fato conhecido. Mas na verdade, o real problema é o sol brilhar para todos sim, devido a isso parcelas expressivas da população morrem, literalmente ou metaforicamente. A água evapora, plantações definham, a sede prospera, queimaduras e câncer de pele despontam. A luz nos propicia estar sob a sombra, ao mesmo tempo que germina a escuridão no coração do homem. Ela nos concede a vida, e nos arrasta para a morte. A justiça é apenas o desespero ao se rebelar contra o absurdo da existência.

Ler o artigo →

Recentemente vi Ultraman, um dos novos originais da Netflix. Nunca tive contato com o tokusatsu e nem li o mangá publicado pela JBC pouco tempo atrás. Mesmo assim me interessei em ver essa nova obra de um personagem tão relevante nesse cenário da cultura pop japonesa. De cara devo “dizer” que foi uma experiência bem interessante, ainda que tenha sido um Ultraman diferente daquilo que eu esperava.

Ler o artigo →