Bem vindos a mais uma review dos filmes de One Piece, o filme analisado desse lindo final de semana, lindo para quem não é humano e não partilha da iluminação cega da vida consciente, é Strong World. Na verdade, esse é o décimo filme da franquia, mas o título oficial que pegou é esse mesmo, o qual podemos traduzir para Mundo da Força, Mundo dos Fortes, etc.

Ler o artigo →

Tenkuu Shinpan (High-Rise Invasion) é um anime original Netflix baseado no mangá escrito por Tsuina Miura e ilustrado por Takahiro Oba concluído em 21 volumes. A adaptação tem 12 episódios e é produzida pelo estúdio Zero-G (Grand Blue, Tsugumomo).

Na história acompanhamos Yuri Honjou, uma colegial que acaba presa em um mundo para lá de estranho no qual de cima de prédios pessoas mascaradas atacam seres humanos a fim de levá-los ao desespero e ao suicídio. Pouco depois, Yuri descobre que seu irmão, Rika, se encontra no mesmo mundo e seu objetivo passa a ser encontrá-lo, além de achar uma forma de escapar. Para tanto, ela traça um plano de fuga no qual precisará de aliados, entre eles um sniper mascarado misterioso.

Ler o artigo →

Porventura de um acaso, chegamos ao nono filme da franquia One Piece, sobrevivendo a uma situação catastrófica que se propaga no mundo real ao nosso redor, encontramos refúgio na distração agridoce que dissemina a felicidade mínima para que a sanidade prevaleça.

Ler o artigo →

Otome no Itari é um one-shot de Io Sakisaka (Ao Haru Ride, Strobe Edge e Omoi, Omoware, Furi, Furare) lançado na revista Bessatsu Margaret.

Desde que entrou no colegial Kohane presta atenção no solitário Kiryu que não conversa com ninguém da sala e sempre se isola. Um dia ela o segue e vai parar na biblioteca, passando a conhecer mais o garoto a partir daquele ponto.

Ler o artigo →

Começo mais um artigo de mais um anime em mais um belo domingo da seção especial. O Filme em destaque responde pelo nome de Hirune Hime Shiranai Watashi no Monogatari e fortemente recomendo que é um filme tanto faz, bonitinho, mas tanto faz. Vamos a uma conversa sobre a obra.

Ler o artigo →

O deserto toma o lugar de destaque, a saga de hoje é nada mais nada menos do que Alabasta. Estranho começar o artigo com essa introdução, mas é exatamente isso. O oitavo filme de One Piece é uma compilação dos melhores momentos da saga de Alabasta! Uma boa ou uma má ideia? Sendo sincero, nem sei, mas vou comentar o que o filme apresenta, se é que posso chamar de filme algo que não tem qualquer intenção de ser um filme.

Ler o artigo →

Dentre os destroços os tesouros surgem, bem, ao menos essa é a ideia inicial desse sétimo filme de One Piece. O cemitério de uma batalha é o cenário ideal para arrematar tesouros, mesmo que seja um pouco mórbido, nada mais rico do que um cadáver que abandona as suas poses.

Ler o artigo →